A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Projeto Família Presente 23 de outubro 2013 Família + Escola = Sucesso na vida!

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Projeto Família Presente 23 de outubro 2013 Família + Escola = Sucesso na vida!"— Transcrição da apresentação:

1

2 Projeto Família Presente 23 de outubro 2013 Família + Escola = Sucesso na vida!

3 Que bom que cada um veio ao nosso encontro! • Então você, que é pai, mãe, responsável, dirá o que seus filhos falam diariamente ao ouvirem a chamada: • Presente!

4 Vamos começar com a participação de alguns responsáveis! Qual a importância da escola para a vida de seu filho? De que maneira você demonstra a importância da escola?

5 Qual a sua importância na educação? • Como você pode contribuir para a educação de seu filho?

6 LEI Nº 8.069, DE 13 DE JULHO DE LEI Nº 8.069, DE 13 DE JULHO DE Dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente e dá outras providências. • Art. 4º É dever da família, da comunidade, da sociedade em geral e do poder público assegurar, com absoluta prioridade, a efetivação dos direitos referentes à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao esporte, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária. Fonte:http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8069.htmhttp://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8069.htm

7 Lei 9.394/96 Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional • Art. 2º. A educação, dever da família e do Estado, inspirada nos princípios de • liberdade e nos ideais de solidariedade humana, tem por finalidade o pleno desenvolvimento do educando, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho.

8 • Art. 12. Os estabelecimentos de ensino, respeitadas as normas comuns e as do seu sistema de ensino, terão a incumbência de: VI - articular-se com as famílias e a comunidade, criando processos de integração da sociedade com a escola. • Art. 13. Os docentes incumbir-se-ão de: VI - colaborar com as atividades de articulação da escola com as famílias e a comunidade.

9 Art. 14. Os sistemas de ensino definirão as normas da gestão democrática do ensino público na educação básica, de acordo com as suas peculiaridades e conforme os seguintes princípios: • II - participação das comunidades escolar e local em conselhos escolares ou equivalentes. •

10 Para refletir: “A cada geração o seu destino e as suas dores. Devemos armar os nossos filhos para a luta heróica e difícil que os espera e eles vencerão”. (CÉLESTIN FREINET)

11 Caro responsável, responda à seguinte questão: Por que tem de haver parceria família – escola?

12 Mas como os pais podem participar do contexto escolar?

13 Antes de chegarmos a conclusões, respondam às seguintes questões:

14 1- Havia leis que obrigassem pais a matricularem seus filhos em uma escola?

15 2- Eram dados uniforme e materiais - como livros e cadernos - para as crianças matriculadas na escola?

16 3- Qual a lembrança que tem da ida de seus pais à escola?

17 4- Como era o relacionamento entre sua família e seus professores?

18 5- Havia alguma atividade escolar onde os pais fossem inseridos?

19 6- Seus pais foram chamados para receberem elogios sobre você?

20 7- Seus pais conseguiam ir às reuniões? Por quê?

21 8- Seus pais se sentiam confortáveis e acolhidos pelos professores? Por quê?

22 Para refletirmos!

23 "É fundamental, contudo, partimos de que homem é um ser de relações e não só de contatos, não apenas está no mundo, mas com o mundo." Paulo Freire

24 O seguinte provérbio africano já dizia: “ É preciso toda uma aldeia para educar uma criança.”

25 No que se refere à legislação, a Constituição Federal, em seu artigo 205, afirma que “a educação é direito de todos e dever do Estado e da família”. No título II, do artigo 2° da LDB, a redação é alterada para “a educação é dever da família e do Estado”, mudando a ordem de propriedade em que o termo família aparece antes do termo Estado. A família passa a ter uma maior importância com relação a educação.

26 Vale ressaltar que a importância da família foi ficando mais evidente à medida que o país vem tomando as seguintes ações: superar os desafios de ter todas as crianças em idade escolar matriculadas e combater a evasão e o fracasso escolares. Por isso, a família tem o dever de matricular, de acompanhar a vida escolar do estudante e de garantir frequência de seus filhos.

27 Como o país tem tentado que a família entenda a sua importância na educação dos estudantes?

28 A obrigatoriedade da matrícula vem se estendendo com o passar dos anos: • 1934 – idade obrigatória de 7 a 10 anos (Primário); • 1967 – idade obrigatória de 7 a 14 anos (Ensino Fundamental); • 2006 – idade obrigatória de 6 a 14 anos (Ampliação do Ensino Fundamental)

29 Somente a obrigatoriedade não garantiu a matrícula de todas as crianças em idade escolar. Então, surgiram os benefícios sociais vinculados à matrícula e à frequência escolares.

30 Por que será tão difícil para algumas famílias compreenderem a importância da escolarização?

31 Vamos assistir ao vídeo “Vida Maria”

32 Dados importantes afirmam que há 53 anos, de 1000 crianças que ingressavam na 1ª série, 446 passavam para a série seguinte e apenas 96 chegavam ao Ensino Médio. A taxa de escolarização era de 33,37% das pessoas de 5 a 19 anos. Fonte: IBGE

33 A escola precisa conquistar a confiança dessas gerações que, ao passar pela escola, só conheceram o fracasso e entenderam que ali não era o seu lugar.

34 Por que é fundamental que a escola conquiste a família?

35 “ Por melhor que seja a Escola, ela nunca vai suprir a carência de uma família ausente. Portanto a família deve participar de verdade do processo educativo de seus filhos.” Gabriel Chalita

36 Segundo declaração do ex-Ministro da Educação Paulo Renato Souza, "quando os pais se envolvem na educação dos filhos, eles aprendem mais".

37 Cada ano a mais na escola faz subir o salário, em média, 15%. "Quanto mais educação, maior será o retorno", resume o economista Marcelo Neri, autor da pesquisa. É razão suficiente para que os pais brasileiros comecem a prestar mais atenção à rotina escolar.

38 Família e escola devem aliar-se no objetivo de formar um aluno capaz e “bem resolvido” afetivamente, porque é justamente neste fator em que estão as disposições em aprender e em conhecer mais e mais, construindo e firmando o conhecimento em apoios realmente sólidos.

39 Um estudo da Fundação Getúlio Vargas mostra que os efeitos da presença dos pais na vida escolar, ainda que mínima, se fazem notar por toda a vida adulta.

40 Na infância e na adolescência, a participação da família não está associada apenas às notas mais altas, mas também a uma considerável redução nos índices de evasão.

41 Para o autor, levar o aluno a querer aprender é função da escola e envolve diálogo entre a escola, os estudantes e suas famílias: Levar o aluno a querer aprender implica um acordo tanto com educandos, fazendo-os sujeitos, quanto com seus pais, trazendo-os para o convívio da escola, mostrando-lhes quão importante é a sua participação e fazendo uma escola pública de acordo com seus interesses de cidadãos. (2001, p. 98)

42 Agora que todos fizeram uma recordação dos tempos de aluno(a), vejamos as sugestões de respostas à pergunta Mas como os pais podem participar do contexto escolar?

43

44 Faça bilhetes, que demonstrem que você que é pai, mãe ou responsável deseja comparecer à escola para conversar, dar e receber informações de como anda seu(sua) filho(a).

45

46 Conte à professora qual a profissão que exerce. Isso será fundamental para um trabalho de parceria entre família e escola.

47

48 Demonstre a vontade de fazer um projeto com a escola com o objetivo de mostrar sua profissão aos alunos. Isso demonstrará a eficácia da educação para a emancipação desses alunos e a futura inserção destes no mercado de trabalho.

49

50 Não fique acanhado se você não tem uma educação formal; já que - com certeza - possui alguma habilidade que gera dinheiro para a sua família! Que tal oficinas de artesanato dadas por mães de alunos?

51

52 Colabore para que as reuniões sejam agradáveis e tranquilas. Caso exista alguma reclamação a ser feita, procure fazê-la sem criar confusão e preferencialmente em particular! Lembre-se de que sempre há duas versões! Que tal levar um prato para demonstrar suas habilidades culinárias?

53

54 Crie o hábito de escrever ou de falar com a professora qualquer situação que possa estar prejudicando ou alterando o comportamento de seu filho!

55 Vamos assistir à Pedagogia do Amor!

56

57 Acompanhe o dia a dia de seu filho! Olhe o caderno para verificar se há algo feito e se está tudo bem organizado! Caso tenha dúvida, vá à escola e pergunte! É seu direito e seu dever!

58

59 Participe de passeios culturais. Isso fortalece o vínculo família – escola e é marcante na vida de seu filho. Se souber de algum passeio, ofereça à escola, que ficará grata pela sua colaboração!

60 Lembre-se de que o contexto familiar influencia no desenvolvimento da autoconfiança do aluno, formando-o e constituindo-o, enquanto ser humano completo. Os anseios, os desejos e as expectativas familiares que envolvem esse aluno, promovem bem-estar e equilíbrio quando dosados e colocados à disposição de maneira correta.

61 Diversos educadores brasileiros defendem que a família realize um acompanhamento da escola, verificando se seus objetivos estão sendo devidamente alcançados. Infelizmente essa atuação dos pais ainda é bem rara, de acordo com os resultados de pesquisa realizada pelo Observatório do Universo Escolar.

62 Saiba que, segundo a mesma pesquisa, a origem de muitos problemas de disciplina é fruto do novo modelo familiar, no qual os adultos permanecem pouco tempo em casa, ou ainda aquele que apresenta uma organização diferente da tradicional.

63 Se a família souber as necessidades da criança e a maneira apropriada de lidar com certos questões, tudo irá melhorar! Fatores como motivação, formas de comunicação e estresse existentes no lar influenciam o desempenho da criança no processo de aprendizagem.

64 Conclusão...

65 É de grande importância uma relação cordial entre família e escola, ficando claro que ambas devem caminhar juntas! Então os pais devem colaborar diretamente com as propostas da escola.

66 Último lembrete: Mostre que a escola é também um local de trabalho. É preciso que seu filho tire o máximo de proveito do tempo que passa com os colegas e com os professores! Logo seu filho precisa ter responsabilidade e sentir que tem todo o apoio que você pode e deve lhe dar.

67 Textos e sites para consultar: processo-de-aprendizagem-da-crianca/ Site para baixar a cartilha completa da Turma da Mônica chega-ao-educar-para-crescer/ e-importante-os-pais-participarem-da-vida-escolar-dos-seus-filhos.html shtml MORAN, José Manuel. Novas tecnologias e mediação pedagógica / José Manuel Moran, Marcos T. Massetto, Marlida Aparecida Behrens. – Campinas. SP: Papirus, processo-de-aprendizagem-da-crianca/http://www.junior.te.pt/servlets/Gerais?P=Pais&ID=155 chega-ao-educar-para-crescer/http://www.clicrbs.com.br/especial/rs/precisamosderespostas/19,1430, ,Por-que- e-importante-os-pais-participarem-da-vida-escolar-dos-seus-filhos.htmlhttp://educarparacrescer.abril.com.br/comportamento/importancia-reuniao-pais-mestres shtml

68 Desejo que nossa Oficina tenha-lhe proporcionado dados importantes para a melhoria em sua árdua e constante tarefa de ser pai, mãe e responsável. Muito obrigada a todos pela fundamental presença! Para refletir: “Há quem passe pelo bosque e só veja lenha para a fogueira.” Lev Nikolaievitch Tolstoi ( ), escritor russo. Que bom que você não pertence a esse grupo! Profª Fernanda Lessa


Carregar ppt "Projeto Família Presente 23 de outubro 2013 Família + Escola = Sucesso na vida!"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google