A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

27/6/2014 1 Ginástica Artística www.luisapwww.luisaparente.com.br.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "27/6/2014 1 Ginástica Artística www.luisapwww.luisaparente.com.br."— Transcrição da apresentação:

1 27/6/2014 1 Ginástica Artística www.luisapwww.luisaparente.com.br

2 27/6/2014 2 Programa – Carga horária: 3h  Teórico – 1h30m Perfil do ginasta- Testes de Performance- Princípios Mecânicos da Ginástica- Princípios do Treinamento da Ginástica- Características do Treinamento: menarca, distúrbios, lesões, estratégias - Atualização de Regras – Código 2009 Intervalo – 15m  Prático – 1h15m  3 elementos para a excelência: Parada de mãos, Ponte (arco das costas) e spacat- Trave: Solo em 10 cm- Condicionamento Específico da GA

3 27/6/2014 3 Objetivos Reforçar conteúdos da GA Evidenciar curiosidades do treinamento Ressaltar princípios  e elementos  básicos Estimular a atualização dos conhecimentos equipe Família cobranças Técnico lesões motivação Ginasta Inteligências biotipo

4 27/6/2014 4 Perfil do Ginasta  Físico  Intelectual  Psicológico  Emocional

5 27/6/2014 5 Talento inato ou construído? (Sandra J. Hartley-O´Brien)  Estatura  Largura dos ombros  Peso (absoluto/relativo) (influenciará na mecânica otimizada)  Puberdade e Menarca  Força  Flexibilidade  Resistência  Agilidade  Pressões sociais  Coragem x medo  Grau de desejo (prazer + paixão = MOTIVAÇÃO)  Grau de disciplina  Habilidades pessoais  Vivência pregressa  Superação  Tolerância a dor

6 27/6/2014 6

7 7 Herbert Alexander Simon  A maioria dos indícios psicológicos aponta que a destreza não é inata, mas adquirida.  A regra dos 10 anos afirma que é preciso cerca de uma década de trabalho duro para dominar qualquer campo.  Conclui que a motivação e o treino podem superar a falta de habilidades inatas.

8 27/6/2014 8 Curiosidades Qual a idade ideal ? * Existe limite máximo? Os calos somem... Os flertes acontecem... A dor incomoda.

9 27/6/2014 9 Lesões  2 fraturas na base do quinto metatarso  Fragmento do talus  “Osgushlater”dor de crescimento  bolhas de sangue e calos nas mãos  Tendinites nos punhos e tornozelos  Trauma na Costelas  Luxação com líquido sinovial - joelho  Luxação de último grau – cotovelo  Esporte (de rendimento) é saúde?

10 27/6/2014 10  Início 6 anosTérmino 22

11 27/6/2014 11 Sistema da Pirâmide  Elite 3  Esporte de participação500  Competição 15 3

12 27/6/2014 12 MITO do Crescimento  Seleção Natural da Modalidade  Fator Genético

13 27/6/2014 13 Ginasta Ano Id. Alt. Peso Caslavska 68 22 160 55 Comaneci 76 14 154 39 Shapo 79 17 147 36 Parente 88 15 148 48 Parente 92 19 158 56 Dos Santos 08 25 146 41 Hipólito 08 23 146 46 Barbosa 08 17 151 46  40 - 60 kg  140 – 158/168 kg

14 27/6/2014 14 Doping: Uso de substâncias ou métodos proibidos para alcançar de forma injusta (ilegal) melhor performance em seus resultados  Sanção da FIG  Desqualificação do resultado durante o evento onde tenha ocorrido a violação à regra anti-doping  2 anos de suspensão  glucocorticosteroid  pseudophedrine diuretic  http://quiz.wada-ama.org/index.htm

15 27/6/2014 15 Testes de performance Algumas medidas relevantes  > corrida  + rápida  Melhor a performance competitiva  http://video.aol.com/video-detail/us-womens-gymnastics-vault-tryouts-day-2-08/288230388586682844/?icid=VIDURVSPR03 http://video.aol.com/video-detail/us-womens-gymnastics-vault-tryouts-day-2-08/288230388586682844/?icid=VIDURVSPR03

16 27/6/2014 16 Relação de performance: ↑ musc. torax ( top 10 = 25cm)+ ↓ % de gordura (6.4mm) melhor a pontuação

17 27/6/2014 17 Sem relação: Força da tomada (hand grip) + Altura do salto vert.

18 27/6/2014 18 Testes do Programa de Elite da Equipe Feminina do Canadá - Boris Bajin – 3 Níveis Habilidades Físicas Movimentos padrões = elementos técnicos (v.tb. protocolo Ucraniano)  12 kipes / 10 lançamentos x12s / 20m x 3s x 24,5m / 6 flexões + oitava / subida corda 6,5m x 6,5s etc.

19 27/6/2014 19 Bateria de testes – iniciantes fem. Descoberta de “talentos” TesteId. 6 a 89 ou + M. Sup. 10 flexões s/ tempomax. Flexões em 15 seg. Força e potência M. Inf. max. saltos /15 seg.max.saltos / 20 seg. Força e potência 30,5 cm alt.45,7 cm alt Abdominais max. 15 seg.max. 15 seg. Força e potência posição: tradicional inclinadoposição: pendurada de joelhos curvar grupado com mãos atrás da cabeça tronco Quadril flex. Quadril (grup.) em susp. Flex. Q. est.(carp.) em susp. Força e potência max. 15 seg. max. 15 seg. Costais Arco da pos. pronadaArco da pos. pronada Força e potênciaaltura do arcoaltura do arco Resist. Aerob. 400 m corrida800 m corrida endurance

20 27/6/2014 20 Bateria de testes – iniciantes fem. Troncomanter flexão em susp.manter flexão em susp. endurance 1 pt a cd 6 seg./1 min 1 pt a cd 6 seg./90 seg M. Inf. e sup.50 Pulos corda Pulos corda coordenação 3 simples 1 duplo 30seg Circundução braços na vertical coordenação rep. suficiente Rítmobater palma no ritmo coordenação valsa e marcha. Ombros e costas ponte Flexibilidade passivaobservar ângulos Quadris Flexibilidade passiva 3 spacats observar

21 27/6/2014 21 Bateria de testes – iniciantes fem. Ombros da posição pronada elevar braços arqueando a coluna até o máximo Flexibilidade ativaMedir a distância do punho ao solo Quadris Elevação da perna grupada e depois Flexibilidade ativa estendendo-a sustentar o máximo e mais alto Controle corporal parada de mãosparada de mãos Contração com ajudac/ queda horizontal “Dead man lift”“ horizontalizar”na parada de mãos Decúbitosventral e dorsal

22 27/6/2014 22 Aspectos Psicossociais  Primeiras filhas  Autonomia e independência Necessidade de desafio Auto-estima Apoio e suporte familiar Outros Quesitos a serem observados Facilidade na aprendizagem Inteligência e raciocínio Metas pessoais (paixão + noção dos sacrifícios) Trabalho duro: “O treinamento supera o talento”

23 27/6/2014 23 Doutora Laurita M. Schiavon Unicamp  Primeira mulher Tatiana  Luisa  Daniele Laís Caroline Molinari  É irmã mais nova  Claudia  Soraya  Daiane

24 27/6/2014 24 Princípios Mecânicos

25 27/6/2014 25 Princípios Mecânicos  F = m x a  Alavancas: Força ou velocidade do movimento  Segurança (auxílio do treinador)

26 27/6/2014 26 Parábola: é o nome que recebe a forma da trajetória do CG da ginasta durante os vôos. Relação da resultante: direção + velocidade (antes da impulsão

27 27/6/2014 27 Flic Flac

28 27/6/2014 28

29 27/6/2014 29 Treinamento : Princípios Força efetiva aplicada x ineficiência da força muscular Controle corporal durante a execução (estabilidade=equilíbrio) Força efetiva de absorção

30 27/6/2014 30 Empenho isonômico da força

31 27/6/2014 31 Efetiva Força de absorção

32 27/6/2014 32 Princípios Estéticos / Harmoniosos

33 27/6/2014 33 Treinamento = Preparação  *Artística e coreográfica  **Preparação de condicionamento geral  ***Preparação técnica específica de cada aparelho

34 27/6/2014 34 Treinador = Formador

35 27/6/2014 35 3 elementos para excelência  Parada de mãos  Ponte  Spacat

36 27/6/2014 36 Parada de Mãos  Fundamento do apoio invertido  Elemento de equilíbrio (ex. parada na trave)  Posição dinâmica (ex. Acrobacia, salto e barras)

37 27/6/2014 37 Parada de Mãos - Progressão  Parada grupadinha  Cavalinho (meia parada)  Parada na parede (da lagartixa ao apoio invertido total)

38 27/6/2014 38 Ponte  Elemento de flexibilidade  Ombros  Peso do corpo vai se concentrar em cima do apoio das mãos, estendendo as pernas naturalmente

39 27/6/2014 39

40 27/6/2014 40 Ponte - Progressão  Flexão de ombros (aquecimento e alongamento “L”)  Balanceamento na ponte

41 27/6/2014 41  Técnica: pernas estendidas*, **  Quadril “encaixado” ***  Lateral D/E: perna traseira alinhada  Frontal: joelhos apontam pra cima e pra fora (rotação a partir do quadril) Spacat  3 posições: frontal, lateral D, lateral E *  Spacat = 180° ou + hiper spacat  Amplitude e estética  Qualidade variável

42 27/6/2014 42 Spacat - Progressão  Lançamentos  Afundo à frente  Afundo Lateral  Spacat  Plano alto

43 27/6/2014 43 Princípios Norteadores  Ética: “ A Ética nos faz mais livres, mais fortes e mais humanos” (Casa de Saúde São José)  Carisma: “ Carisma é ser verdadeiro, é saber se doar para grandes causas. Usar o carisma é perseguir o bem e a verdade” (Casa de Saúde São José) Qualidade: “ Qualidade não é trabalhar muito é trabalhar direito” (Casa de Saúde São José) Inovação: “ Inovar é estudar, pesquisar, trabalhar duro, olhar para o passado, buscar o novo, perseverar. Inovar é não desistir nunca” (Casa de Saúde São José)

44 27/6/2014 44 Fontes  Coaching the female gymast. O´Brien, Sandra. Charles C Thomas Publisher.  Compreendendo a Ginástica Artística. Vilma Piccolo e Myrian Nunomura  http://lgs6632.com http://lgs6632.com  www.fig-gymastic.com www.fig-gymastic.com

45 27/6/2014 45 Sua opinião é muito importante Avalie o curso ministrado  1. Contato  2. Sobre a apresentação  3. sobre o conteúdo  4. sobre a parte prática  5. comentários  6. Sugestões

46 27/6/2014 46Prática  Aquecimento Articular  Posturas básicas (alinhada + apresentação + aterrissagem + pose + ponta dos pés + meia ponta + alinhada no salto + prancha + “L” )  Flexibilidade (xita + lotus + ½ lotus ½ spacat +peito no chão (passivo) + sapinho +spacat de cima + spacat com contenção (aux. ou colchão/parede) + afastado c/ pernas no p.a + spacat no p.a. + sapacat c/ mãos no joelho (passivo e ativa) + spacat na susp.  Parada de mãos: punhos, bate paradinha, cavalinho, vai e vem, vai junta e vem, vai fica, andar na parada, câmbio...  Ponte: forçar ombros primeiro, cestinha, super homem, subir, descer, na parede, para parede...  Trave: chão, linha, trave  Condicionamento: canivete rolo c/ impulsão, parada de força, parada pendular, pliometria, rondada/rondada


Carregar ppt "27/6/2014 1 Ginástica Artística www.luisapwww.luisaparente.com.br."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google