A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Geografia do Brasil Movimentos Migratórios Prof. Bruno Batista.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Geografia do Brasil Movimentos Migratórios Prof. Bruno Batista."— Transcrição da apresentação:

1 Geografia do Brasil Movimentos Migratórios Prof. Bruno Batista.

2 Introdução O aumento da população ficará na história da Humanidade como o fato mais extraordinário do século XX. Há cinquenta anos estimava-se a população em cerca de 3 bilhões de pessoas. Daí em diante já duplicou e hoje cresce à média de duas pessoas por segundo, resultado dos cinco nascimentos e três óbitos registados no mesmo tempo.

3 Evolução da população mundial A população mundial em 1950 era de 2,5 bilhões de pessoas. Em 2000 já havia mais de 6 bilhões de humanos no planeta. Agora que estamos proximos dos 7 bilhões, é hora de fazer um balanço. Nas próximas décadas, mesmo com o declínio nas taxas de natalidade, a população vai continuar a crescer – sobretudo nos países pobres.

4 População mundial: já somos 7 bilhões? A população mundial pode chegar à marca dos 9 bilhões até O planeta vai conseguir sustentar tanta gente?

5 Londres tornou-se a maior cidade do planeta durante a revolução industrial, ponto crucial no qual a população mundial passou a crescer aceleradamente.

6

7

8 Com as ruas lotadas de vendedores, pedestres e táxis, Calcutá pulsa com cerca de 16 milhões de habitantes - e todos os dias chega mais gente vinda de vilarejos rurais.

9

10

11 A favelização das grandes cidades é hoje um dos grandes problemas urbanos no mundo, sobretudo nos países subdesenvolvidos.

12 Falta de saneamento básico: coleta de esgoto, coleta de lixo, ruas pavimentadas, praças públicas e água encanada.

13 Em 2004, a cada 20 minutos era erguida uma nova casa durante o surto de construção civil que tomou conta de Las Vegas e seus subúrbios, como o de Henderson.

14 Como se estuda a População Recenseamento ou Censo: conjunto de questionarios elaborados com o objetivo de conhecer o número total de indivíduos numa determinada área e de caracterizar a população nos aspectos demográfico, econômico e social.

15

16

17 • Estreitamento da base devido à redução da taxa de fecundidade • Aumento do número de adultos • Aumento do número de idosos Alterações: na piramide etária – Transição demográfica. Quanto maior n° de idosos, maior o n° de aposentados. O que exige reformas na previdência social.

18 Origem do povo brasileiro. • relações íntimas e do cruzamento das três raças: índios, africanos e portugueses. • Imigração histórica a partir do século XIX. " Todo brasileiro traz na alma e no corpo a sombra do indígena ou do negro." Gilberto Freyre - Casa-Grande & Senzala

19 Miscigenação

20 Em 2009, os brancos eram 49,4% no censo. Em comparação, o número de pardos cresceu de 38,5% para 42,3% e o de negros de 6,2% para 6,9%.

21 Devido ao largo fluxo de imigrantes europeus no Sul do Brasil no século XIX, a maior parte da população é branca: 79,6%. No Nordeste, em decorrência do grande número de africanos trabalhando nos engenhos de cana- de-açúcar, o número de pardos e negros forma a maioria, 62,5% e 7,8%,respectivamente. No Norte, largamente coberto pela Floresta Amazônica, a maior parte das pessoas é de cor parda (69,2%), devido ao importante componente indígena. No Sudeste e no Centro-Oeste as porcentagens dos diferentes grupos étnicos são bastante similares.

22 Imigração Histórica A partir do século XIX, devido ao fim da escravidão e a necessidade de mão-de-obra para a cafeicultura paulista. Tese racista: o governo federal ofereceu emprego na Europa para “branquear” a população brasileira, objetivando civilizar nosso país. Regiões que atraíram mais os imigrantes: sudeste e sul. A mão-de-obra italiana foi a mais usada durante o ciclo do café no Brasil e 1920

23

24 • Espanhóis, franceses, judeus • A entrada de estrangeiros no Brasil era proibida pela legislação portuguesa no período colonial, mas isso não impediu que chegassem espanhóis entre 1580 e 1640, quando as duas coroas estiveram unidas; judeus (originários, sobretudo da península ibérica), ingleses, franceses e holandeses.

25 Imigrantes Entrados no Brasil ( ) Por Nacionalidades

26 A imigração libanesa começou oficialmente no Brasil por volta de 1880, quatro anos após a visita do imperador Dom Pedro II ao Líbano. A maioria dos imigrantes veio ao país fugindo da falta de perspectiva econômica da região, então dominada pela política turco-otomana.

27 A partir de 1908, o governo brasileiro passou a aceitar a entrada de imigrantes japoneses. O navio Kasato Maru atracado no Porto de Santos, Vieram 165 famílias (781 pessoas) que foram trabalhar nos cafezais do oeste paulista.

28 Capa da revista "O Imigrante",1908.

29

30

31

32 A migração interna no Brasil acontece principalmente por motivos econômicos e desastres ecológicos. País em movimento.

33

34 Fenômeno já é sentido em São Paulo, que sofre com a escassez de mão de obra.


Carregar ppt "Geografia do Brasil Movimentos Migratórios Prof. Bruno Batista."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google