A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Clarice Jordão Erica Paulina de Barros Beatriz Moritz Trope Sarcoma de Kaposi disseminado associado ao HIV HIV Serviço de Dermatologia, Curso de Graduação.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Clarice Jordão Erica Paulina de Barros Beatriz Moritz Trope Sarcoma de Kaposi disseminado associado ao HIV HIV Serviço de Dermatologia, Curso de Graduação."— Transcrição da apresentação:

1 Clarice Jordão Erica Paulina de Barros Beatriz Moritz Trope Sarcoma de Kaposi disseminado associado ao HIV HIV Serviço de Dermatologia, Curso de Graduação e Pós-Graduação HUCFF-UFRJ, Faculdade de Medicina - Universidade Federal do Rio de Janeiro

2 Sarcoma de Kaposi disseminado associado ao HIV INTRODUÇÃO •O Sarcoma de Kaposi (SK) associado ao HIV é uma doença bem descrita na literatura, porém são raros casos com a exuberância clinica apresentada. •Trata-se de uma forma rara de apresentação, com escassez de casos publicados nos últimos 10 anos.

3 Sarcoma de Kaposi disseminado associado ao HIV RELATO DE CASO •Paciente masculino, 26 anos, internado na enfermaria de clinica médica de nosso hospital, para investigação de síndrome consuptiva e linfadenomegalia cervical. •Ao exame clínico apresentava lesões penianas em corpo e glande de limites mal definidos violáceas, edema facial exuberante associado à linfonodomegalias difusas. Observamos também lesões violáceas em palato duro, mucosa jugal, pálpebra superior e conjuntiva. •Exames Complementares demonstraram se tratar de paciente HIV positivo e biópsia de gânglio cervical confirmou SK. –Tomografias revelaram linfonodomegalias viscerais difusas e lesões em trato digestivo. –Biopsia de pele não realizada (plaquetopenia).

4

5

6

7

8

9 Sarcoma de Kaposi disseminado associado ao HIV DISCUSSÃO •SK é uma desordem angioproliferativa multicêntrica de células tumorais de origem endotelial. •Clinicamente observamos placas assintomáticas vinhosas ou purpúricas, porém nódulos e ulcerações podem estar presentes. Em 30% dos casos há envolvimento mucoso. •A histopatologia revela células fusiformes e proliferação de células endoteliais. •No SK associado ao HIV a introdução dos antiretrovirais é mandatória, sendo a melhora da imunidade acompanhada da remissão das lesões. •A terapia sistêmica com quimioterapia (Doxorrubicina ou Paclitaxel) está indicada para lesões disseminadas, principalmente faciais, palmoplantares e no envolvimento visceral.

10 Sarcoma de Kaposi disseminado associado ao HIV REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 1.Uldrick TS, Whitby D. Update on KSHV epidemiology, Kaposi Sarcoma pathogenesis, and treatment of Kaposi Sarcoma. Cancer Lett Jun 28;305(2): Antman K, Chang Y. Kaposi's sarcoma. N Engl J Med Apr 6;342(14): Chang Y, Cesarman E, Pessin MS, Lee F, Culpepper J, Knowles DM, Moore PS. Identification of herpesvirus-like DNA sequences in AIDS-associated Kaposi's sarcoma. Science Dec 16;266(5192): El Amari EB, Toutous-Trellu L, Gayet-Ageron A, et al. Predicting the evolution of Kaposi sarcoma, in the highly active antiretroviral therapy era. AIDS May 31;22(9):


Carregar ppt "Clarice Jordão Erica Paulina de Barros Beatriz Moritz Trope Sarcoma de Kaposi disseminado associado ao HIV HIV Serviço de Dermatologia, Curso de Graduação."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google