A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Fundamentos de Lógica e Lógica de Programação Renato Tadeu Campioni.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Fundamentos de Lógica e Lógica de Programação Renato Tadeu Campioni."— Transcrição da apresentação:

1

2 Fundamentos de Lógica e Lógica de Programação Renato Tadeu Campioni

3 Ementa: Conjuntos e Álgebra dos Conjuntos. Operações Lógicas. Relações de implicação e de equivalência. Argumento válido. Técnicas dedutivas. Quantificadores. Fluxograma. Álgebra de BOOLE. Programação em lógica. Conceitos fundamentais para construção de algoritmos estruturados. Tabela “Verdade”. Representação binária, decimal e bases mais utilizadas. Metodologia: Aulas teóricas onde o assunto é abordado em sala de aula de forma expositiva e dialogadas. Aplicação e resolução de exercícios.

4 CONTRATO DIDÁTICO-PEDAGÓGICO: SemanaAulasProgramação 1 4Apresentação da disciplina - Conteúdo programado, bibliografia, metodologia de ensino, critério de avaliação. Importância da disciplina. Conceitos de Lógica. 2 4Proposições. Conceitos. Valores lógicos. 3 4Princípios da Lógica Matemática. Proposições simples. Proposições compostas. Conectivos. 4 4Tabela-verdade. 5 4Operações lógicas sobre proposições. Negação. Conjunção. 6 4Operações lógicas sobre proposições. Disjunção. Condicional. Bi-condicional. 7 4Revisão e exercícios. 8 4Primeira Prova.

5 9 4Devolução da Primeira Prova e Esclarecimento de Dúvidas. Bases numéricas. 10 4Conceitos fundamentais para a construção de algoritmos. Fluxogramas. Exercícios de fluxograma com os operadores lógicos. 11 4Introdução dos Algoritmos. Algoritmos Estruturados. 12 4Operadores. Comandos de Desvios. Condicionais. 13 4Laços determinados e indeterminados. 14 4Comando “Para” e comando “Enquanto”. 15 4Exercícios e Revisão. 16 4Segunda Prova. 17 4Devolução da Segunda Prova e Esclarecimento de Dúvidas. 18 4Avaliação Complementar. 19 4Devolução da Avaliação Complementar e esclarecimento de dúvidas. 20 4Entrega final das notas e último dia para recursos. Encerramento.

6 Bibliografia Básica: DAGHLIAN, Jacob. Lógica e Álgebra de Boole. 4ª ed. Atlas, ALENCAR, Edgard. Iniciação à Lógica Matemática. Nobel, H. M. Deitel e P. J. Deitel, “Como Programar em C”. LTC Editora, Rio de Janeiro, Herbert Schildt, “C – Completo e Total”. Osborne/Makron Books do Brasil Editora Ltda., São Paulo, Brian W. Kernighan e Dennis M. Ritchie, “A Linguagem C”. Editora Campus. Bibliografia Complementar: KELLER, Vicente; BASTOS, Cleverson L. Aprendendo Lógica. 13ª ed.Vozes, 2000 “Introdução à Linguagem C” – DSC – Centro de Computação. UNICAMP, Campinas. Site: Obs.: Todo material aplicado em sala de aula estará disponível no site.

7 AVALIAÇÃO: InstrumentosPeso / PonderaçãoData Primeira Prova40%31/03/2008 Segunda Prova40%02/06/2008 Primeiro exercício em aula10% Segundo exercício em aula10% A avaliação será continua visando aferir o aproveitamento do estudante na disciplina. Serão feitos duas avaliações teóricas individuais e exercícios ou trabalhos em sala de aula.

8 Formação Acadêmica Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) – Campinas/SP(2007) Mestrado em Matemática Aplicada Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) – Campinas/SP( ) Graduação em Matemática – Modalidade Licenciatura Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) – Campinas/SP( ) Graduação em Física Aplicada– Modalidade Bacharelado Teoria dos Números. Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil Introdução ao Mercado Financeiro. Bolsa de Valores de São Paulo, BOVESPA, Brasil Matemática Financeira. Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil Formação complementar

9 Experiência Profissional Academia de Ensino Superior – Objetivo – Sorocaba, SP03/2007 – Atual Como professor de Cálculo I e Lógica Matemática, leciono para turmas de graduação do curso de Sistemas de Informação – Modalidade Bacharelado. Leciono Física II, Laboratório de Física II e Informática Aplicada na Matemática para turmas de graduação em Licenciatura em Matemática. Academia de Ensino Superior – Objetivo – São Roque, SP Teoria e Metodologia do Ensino da Matemática para turmas de graduação em Pedagogia. CEDET – Centro de Desenvolvimento Profissional e Tecnológico - Campinas 02/2006 – 12/2006 Analista de Redes Sênior e Consultor, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva. Projeto: BRASILTELECOM - Ministrava cursos de tecnologia para profissionais das áreas de Engenharia, Administração, Economia, Técnicas e Consultorias. Responsável por 11 estados e DF. Tecnologias: SLM, SLA, TCP/IP, MPLS, CARD/TEF, VoIP, xDSL, ATM, Frame Relay, NGN, Modelo OSI, QoS/CoS, VPN e Protocolos. Analista de Redes em Centrais de Telefonia Celular Comutada da VIVO, operações em 14 Centrais Telefônicas – Sul, Centro Oeste e Bahia. Serviço de terceirização da Motorola. Programa: TeraTerm – Linux.

10 A idéia de consistência: Paradoxo do mentiroso (Creta): Considere a sentença (A) Eu estou mentindo. A sentença (A) é verdadeira (V) ou falsa (F). Se V, a pessoa está mentindo, portanto (A) é F! Se F, a pessoa está dizendo a verdade, portanto (A) é V! Paradoxo do cartão (Jourdain) Um lado do cartão tem a frase: (A)A sentença do outro lado do cartão é verdadeira; No outro lado do cartão, a frase: (B) A sentença do outro lado do cartão é falsa. Implicações: (A) é V implica (B) é V, portanto, (A) é F (A) é F implica (B) é F, portanto, (A) é V! Sentenças (A), (B) são ao mesmo tempo, V e F.

11 Objetivo da Disciplina • Desenvolver o raciocínio lógico-matemático. • Proporcionar ao aluno situações de aprendizagem onde possa analisar interpretar, resolver e validar soluções para problemas através do uso de metodologias e técnicas que envolvam elementos básicos de lógica. • Interpretar o enunciado de um problema lógico e representá-lo na forma simbólica. • Desenvolver conhecimentos básicos de lógica matemática que possibilitem a verificação da validade de argumentos. • Orientar o aluno quanto à necessidade da utilização do pensamento lógico no processo de criação de programas e nas diversas áreas da informática.

12 Lógica “A lógica é a disciplina que trata das formas de pensamento, da linguagem descritiva do pensamento, das leis de argumentação e raciocínio corretos, dos métodos e dos princípios que regem o pensamento humano. Portanto, não se trata somente de uma arte, mas também de um ciência”. (Keller e Bastos, 2004)

13 É preciso desenvolver a lógica... • “...criar uma coerência e disciplina mental, indispensáveis para qualquer trabalho...” • “A lógica formal é uma ciência que determina as formas corretas (ou válidas) do raciocínio” (Joseph Dropp). • A lógica e a ciência do raciocínio, pode ser encontrada em todas as ciências e no dia-a-dia. • Na informática ela tem aplicações, por exemplo, – arquitetura de computadores - circuitos digitais – em linguagens de programação – semântica e lógica de programação – engenharia de software – especificação e verificação – na inteligência artificial – em bancos de dados – álgebra relacional e SQL – algoritmo – complexidade e expressões

14 Continuação... Próxima aula! Obrigado

15


Carregar ppt "Fundamentos de Lógica e Lógica de Programação Renato Tadeu Campioni."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google