A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Bruno Ramos Gabriel de Oliveira Patrícia Ferreira Rodrigo de Oliveira Roger Gorni Victor S.Gondim.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Bruno Ramos Gabriel de Oliveira Patrícia Ferreira Rodrigo de Oliveira Roger Gorni Victor S.Gondim."— Transcrição da apresentação:

1 Bruno Ramos Gabriel de Oliveira Patrícia Ferreira Rodrigo de Oliveira Roger Gorni Victor S.Gondim

2  A ISO foi criada em 23 de Fevereiro, em Genebra na Suíça.  No início da década de 90, a ISO viu a necessidade de se desenvolverem normas que falassem da questão ambiental.

3  REUNIÃO DE DIVERSOS PROFISSIONAIS EM 1993  OBJETIVO: DESENVOLVER AS NORMAS (SÉRIE 14000)  DIVISÃO EM 9(Nove) SUBCOMITÊS

4  Subcomitê 1: Sistemas de gestão ambiental  Desenvolvimento da norma ISO 14001, é a mais conhecida entre as normas da série 14000, teve como objetivo o desenvolvimento de um sistema de gestão ambiental e como foco a proteção ao meio ambiente e a prevenção da poluição equilibrada com as necessidades sócio-econômicas do mundo atual.  Subcomitê 2: Auditorias na área de meio ambiente  Desenvolvimento das normas ISO 14010, 14011, 14012, e (substituiu as normas 14010, e 14012).  Diz respeito à execução de auditorias ambientais  Subcomitê 3: Rotulagem ambiental  Desenvolvimento das normas ISO 14020, 14021, e TR  Conhecida também como SELO VERDE, é a garantia de que um determinado produto é adequado ao uso que se propõe e apresenta menor impacto ambiental em relação aos produtos do concorrente disponíveis no mercado.  No ano de 2003, foi iniciada a criação da ISO relativa ao Selo Verde Tipo III que poderá ser usada como empecilho para às exportações dos produtos de países que não estejam adequados e preparados.

5  Subcomitê 4: Avaliação da performance ambiental  Desenvolvimento das normas ISO e  Estabelece as diretrizes para um processo de avaliação da performance ambiental em SGA.  Subcomitê 5: Análise durante a existência (análise do ciclo de vida)  Desenvolvimento das normas ISO 14040, 14041, 14042, 14043, 14048, TR e TR  É um processo criado com o intuito de avaliar os impactos ao meio ambiente e a saúde.  Subcomitê 6: Definições e conceitos  Desenvolvimento da ISO  É toda a terminologia utilizada em todas as normas citadas anteriormente, ou seja, é o conjunto de todos os termos citados anteriormente.  Subcomitê 7: Integração de aspectos ambientais no projeto e desenvolvimento de produtos  Desenvolvimento da norma ISO TR  Como o desenvolvimento de novos produtos interagem com o meio ambiente.  Nesta norma foi criada o conceito de eco design.

6  Subcomitê 8: Comunicação Ambiental  Desenvolvimento das normas ISO/TC 207/WG e ISO  As normas estabelecem diretrizes e exemplos para a comunicação ambiental e o que foi definido sobre a comunicação ambiental.  Subcomitê 9: Mudanças Climáticas  Desenvolvimento das normas ISO/TC 207/WG 5, 207/WG 6, ISO/TC (Parte 1, 2 e 3) e ISO  É o desenvolvimento das normas relativas as mudanças climáticas na Terra. Na maioria delas provocadas pela ação do homem.

7 É um sistema bastante abrangente, que é freqüentemente usado para designar ações ambientais em determinados espaços geográficos.

8 Cada país possui um órgão responsável por elaborar suas normas. No Brasil temos a ABNT, na Alemanha a DIN, no Japão o JIS, etc. A ISO é internacional e por, essa razão, o processo de elaboração das normas é muito lento, pois levam em consideração as características e as opiniões de vários países membros.

9 E ter uma maior da gestão ambiental é a busca permanente de melhoria da qualidade ambiental dos serviços, produtos e ambientes de trabalho de qualquer organização pública ou privada.

10 As maiorias dos autores pesquisados vêem a certificação ambiental como um diferencial de competitividade, que possibilitará a empresa reduzir seus custos de produção via racionalização dos processos produtivos e substituição de matérias- primas, reduzindo, com isso, o uso de recursos naturais. Além disso, possibilitará que a empresa crie uma imagem verde junto aos seus clientes, bem como não enfrente problemas quanto à exportação de seus produtos.

11  Planejamento;  Implementação;  Medição e avaliação;  Análise crítica e melhoria.

12 Política Ambiental  Definir o que se quer;  Comprometimento com a melhoria contínua e com as leis;  Revisão dos objetivos e metas ambientais;  Ser documentada, implementada e comunicada a todos os funcionários;  Estar disponível para o público em geral.

13 Planejamento  Determinação dos aspectos ambientais;  Levantamento dos requisitos legais e afins;  Definição dos objetivos e metas;  Elaboração de Programa(a) de gestão ambiental.

14 Implementação e Operação e Etapas de implementação e operação: • Estrutura e Responsabilidade; • Estabelecer os procedimentos para identificação dos aspectos ambientais; • Treinamento, conscientização e competência • Comunicação; • Documentação; • Controle de documentos; • Controle operacional; • Preparação e atendimento a emergências;

15 Verificação e Ação Corretiva: Objetivos :  Estabelecer Procedimentos e Programas para auditorias periódicas do SGA da Empresa de forma a:  Verificar se foi devidamente implantado e mantido;  Fornecer à administração os resultados das auditorias  A freqüência deve ser baseada na importância e riscos ambientais da atividade envolvida e nos resultados de auditorias.

16 Análise Crítica do SGA pela administração Baseado nos resultados da auditoria do SGA, a organização deve fazer uma análise crítica do Sistema de Gestão Ambiental e as devidas alterações, para que atenda as exigências do mercado, clientes, fornecedores e aspectos legais, na busca da melhoria contínua.

17 Certificação:  Pré Avaliação;  Avaliação ;  Pós Avaliação.

18 • Imagem; • Responsabilidade de Despoluição; • Habilidade na correção antes de causa e danos ambientais; • Aumento da Competitividade.

19 Aumento em investimento: Em tecnologias; Em processo; Nos custos Contratação; Treinamento;

20 Dana Albarus S/A – Indústria e Comércio.

21 Conclusão


Carregar ppt "Bruno Ramos Gabriel de Oliveira Patrícia Ferreira Rodrigo de Oliveira Roger Gorni Victor S.Gondim."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google