A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Cuida Barão Reunião para discutir: •O progresso do Plano Diretor; •Críticas e novos riscos; •Necessidade de atualização; •Vínculo com a Agenda 21; •Atuação.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Cuida Barão Reunião para discutir: •O progresso do Plano Diretor; •Críticas e novos riscos; •Necessidade de atualização; •Vínculo com a Agenda 21; •Atuação."— Transcrição da apresentação:

1

2 Cuida Barão Reunião para discutir: •O progresso do Plano Diretor; •Críticas e novos riscos; •Necessidade de atualização; •Vínculo com a Agenda 21; •Atuação dos movimentos sociais; •Interações com outras Entidades. Enrique Ortega FEA-Unicamp Barão Geraldo, 14 de dezembro de 2005 •Vínculo com a Agenda 21;

3 Agenda 21 de Barão Geraldo 1.Antecedentes históricos da ocupação humana da região; Estruturas sócio-políticas regionais, nacionais, internacionais O local O global 3.Necessidade de auto-organização e estudo sobre Ecologia de Sistemas; 2.Novos riscos e opções; 5.Em aberto: interações com outras ações públicas, movimentos e entidades. 4.Proposta para elaboração da Agenda 21;

4 (b) 1500 a 1800 (c) 1800 a 1930 (e) 1965 até hoje (d) 1930 a 1965 Barão Geraldo (a) Até 1500

5

6 Bioma = chuva + temperatura + solo + vento A temperatura depende da latitude, altura e vegetação A chuva e o vento de correntes de ar, orografia e cobertura vegetal. O solo depende da rocha mãe. A ocupação predatória destrói o ecossistema Cada bioma tem uma produtividade e capacidade de suporte diferente. BG ainda tem bom clima, boa chuva, bom solo.

7 Fluxos de Energia Produtor Fonte de energia externa ilimitada Deposito ou estoque interno (limitado) Transação preço Sumidouro de Energia Fonte de energia externa limitada Consumidor Interação Sistema ou subsistema Interruptor de fluxo Cultura Representação da história da ocupação humana de Barão Geraldo (BG) usando diagramas de sistemas

8 Antes de 1500: Mata Atlântica, povos indígenas

9 Barão Geraldo até 1500 Água, solo Mine- rais Ocas, Valores culturais Biomassa Biodiver- sidade Índios Fauna Gases Agricultura ecológica Mata nativa Rios Brejo ER

10 De 1500 a 1800: Engenhos de cana-de-açúcar, escravidão

11 Barão Geraldo Água, solo Solo Mine- rais Ocas, Valores culturais Biomassa Biodiver- sidade Mate- riais Índios Fauna Engenho Casa Grande Senzala Senhor ideologia Escravos Gases Monocultura da cana Pessoas Lavoura marginal Vendas Alimentos Gado Agricultor livre $ Agricultura ecológica Mata nativa Açúcar preço Rios Brejo ER de 1500 a 1800

12 De 1800 a 1930: Café, imigração, industrialização incipiente

13 Barão Geraldo de 1800 a 1930 Água, solo Solo Mine- rais Biomassa Biodiver- sidade Mate- riais Fauna Engenho Casa Grande Senzala Senhor Escravos Gases Monoculturas da cana e café Pessoas Agricultor sitiante Vendas $ Mata nativa Açúcar Café preço Alimentos Gado Comercio Serviços Vilas preço Algodão Serviços $ Lavoura marginal Quilombos Agricultor livre Rios Brejo Rios Colonos

14 1965 a a 1965 Pequena agricultura, grandes fazendas e loteamentos, industrias, universidades, poluição, novos assentamentos

15 Barão Geraldo de 1930 a 1965 Água, solo Solo Mine- rais Biomassa Biodiver- sidade Mate- riais Fauna Infra- estrutura Donos Trabalha- dores Gases Monoculturas cana,algodão,gado Pessoas Sítios Chácaras $ Mata nativa Cana Gado Algodão preço Agricultor Vegetais Animais Comercio Serviços públicos $ Rios Brejo Rios Casas Parques Pessoas Indústrias Bancos Frutas Serviços Produtos industriais

16 Barão Geraldo de 1965 a 1995 Água, solo Solo Mine- rais Biomassa Biodiver- sidade Mate- riais Fauna Infra- estrutura Donos Trabalha- dores Gases Monoculturas cana,algodão,gado Pessoas Sítios Chácaras $ Mata nativa Cana Gado Algodão preço Agricultor Vegetais Animais Comércio Serviços públicos e privados $ Rios Brejo Rios Casas, Parques Loteamentos, Favelas Pessoas Indústrias Universi- dades Frutas Serviços Produtos industriais

17 Barão Geraldo de 1995 a 2005 Água, solo Solo Mine- rais Biomassa Biodiver- sidade Mate- riais Fauna Infra- estrutura Donos Trabalha- dores Gases Monoculturas: cana, algodão, gado, eucalipto Pessoas Sítios e chácaras $ Mata nativa Cana Gado Algodão preço Agricultor Vegetais Animais Comércio Serviços públicos e privados $ Rios Brejo Rios Casas, Parques Loteamentos Favelas Pessoas Indústrias Universi- dades Frutas Serviços Produtos industriais

18 ? Pequena agricultura; Grandes fazendas; Pequena reserva floresta; Loteamentos; Industrias, universidades, poluição; Plano Diretor; Agenda 21; Sonha Barão; Prefeitura; Governo Federal; Outras ONGs; Universidades? Novos assentamentos; Novos impactos ambientais externos; Pressões do planejamento externo; Novas problemas e demandas sociais; Mudanças climáticas globais.

19 Tempo De seres anaeróbicos à aeróbicos, atmosfera termo- regulada com O Desenvolvimento Sustentável De 0 até 4 bilhões de anos da Terra Mudanças nos estoques da Biosfera Biodiversidade, imobilização do Carbono Transição Recuperação dos ecossistemas naturais O crescimento humano desloca outras espécies mesmo sem o uso de energia fóssil Crescimento industrial Ajuste da população e mudança dos sistemas de produção e consumo Opções Crescimento forçado Estagnação Ajuste ecológico

20 Ações adequadas (3R+3I): Repor (restaurar) Retribuir (ressarcir) Reconhecer (resgatar) Imaginar cenários futuros: estudar, diagramar, modelar, equacionar, comparar e diagnosticar sistemas (convencionais e novos). Petróleo, gás, madeira Biodiversidade Qualidade da atmosfera Recursos hídricos Qualidade de vida Número de habitantes humanos Impulsionar os sistemas adequados e refutar os sistemas inconvenientes HojeAmanha Interagir (abrir espaços)

21 Ecossistema danificado Alunos com motivações limitadas* Indústria limitada Processos educacionais com motivações limitadas Profissionais limitados Sociedade limitada Maturidade Estética do drama Amor a verdade Perseverança Criatividade Coragem Governo limitado Motivação pessoal e coletiva Política Ética Alunos com formação limitada Professores com motivações limitadas Ações de Qualidade * Motivações sociais e ambientais limitadas, porém ainda com euforia econômica artificial Abertura à crítica para reconhecer limitações Valores!!! Informações de qualidade e mais amplas Reconhecimento de novos potencias! As universidades

22 Coletivo atuante: abertura para a transformação cultural e a recuperação do ambiente Individualismo: fechamento, imobilismo, desastre sócio- ambiental ABERTURA AUTO- TRASCENDÊNCIA AUTO- PROMOÇÃO CONSERVAÇÃO + +

23 Sub-sistemas O futuro! NR R O presente ! Agenda 21 Fórum Social Mundial Inteligência Coletiva Países produtores de petróleo Países industrializados Produtores de matérias primas Sistema Econômico Global Sistema Ecológico Mundial R

24 A informação e as conexões entre a cidade e o espaço rural Espaços Verdes Área rural que da suporte à cidade Cidade Energias renováveis Comercio & Industria Pessoas Gov. Univ. Infra- Estrutura Resíduos $ Agricultura Ecossistemas Naturais

25 Idéias: •Analisar energeticamente os subsistemas de Barão Geraldo: áreas de preservação e áreas que por lei devem ser recuperadas, áreas rurais dedicadas a agricultura, pecuária e silvicultura, áreas urbanas para moradia, industria e serviços. •Utilizar esses dados para calcular índices de desempenho dos subsistemas, entre eles o índice de sustentabilidade e fazer diagnóstico regional. •Utilizar o diagnóstico e informações de outros sistemas e do Plano Diretor para imaginar cenários e discutir alternativas, prioridades e políticas para a transição ao Desenvolvimento Sustentável

26 Sugestões: Estudar o tema “Transição ao Desenvolvimento Sustentável” para incorporar a visão global de longo prazo da Agenda 21 ao Plano Diretor de Barão Geraldo. Maiores informações: Oferecimento, aos moradores interessados, de uma disciplina de extensão (ou um curso) sobre alternativas para o Desenvolvimento Sustentável. Agenda 21 = opções para o futuro Crescimento inercial e colapso: competição excludente Estagnação e crise social Ajuste ecológico Auto-organização O projeto final da disciplina seria a Agenda 21 de Barão Geraldo. Existem trabalhos preliminares. = conhecimento sistêmico + auto-organização


Carregar ppt "Cuida Barão Reunião para discutir: •O progresso do Plano Diretor; •Críticas e novos riscos; •Necessidade de atualização; •Vínculo com a Agenda 21; •Atuação."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google