A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O PICO DO PETRÓLEO E O FUTURO DA HUMANIDADE Capítulo 2 - A Pergunta Importante: Quando será o Pico de Produção do Petróleo? Por Robert Bériault Tradução.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O PICO DO PETRÓLEO E O FUTURO DA HUMANIDADE Capítulo 2 - A Pergunta Importante: Quando será o Pico de Produção do Petróleo? Por Robert Bériault Tradução."— Transcrição da apresentação:

1 O PICO DO PETRÓLEO E O FUTURO DA HUMANIDADE Capítulo 2 - A Pergunta Importante: Quando será o Pico de Produção do Petróleo? Por Robert Bériault Tradução por Luís de Sousa O PICO DO PETRÓLEO E O FUTURO DA HUMANIDADE Capítulo 2 - A Pergunta Importante: Quando será o Pico de Produção do Petróleo? Por Robert Bériault Tradução por Luís de Sousa

2 Uau! Estou a ver que isto é mesmo importante! De onde vem?

3 O petróleo surgiu da decomposição de micro- organismos que foram enterrados sob formações geológicas no fundo do mar há milhões de anos atrás. Em alguns casos o mar retraiu, o que explica o petróleo existente em terra. home.att.net/ ~cat6a/fuels-IV.htmhome.att.net/ ~cat6a/fuels-IV.htm. Equipamento de perfuração Gás Natural Crusta terrestre Xisto Rocha impermeável Petróleo Água Rocha impermeável Diagrama que mostra a ocorrência de petróleo sob a superfície terestre

4 Queres dizer que não está continuamente a ser feito?

5 É verdade. A Mãe Natureza levou milhões de anos a fazer o petróleo. Ela fê-lo uma vez. Ela não vai fazer uma segunda porção.

6 Bom, quanto petróleo têm vocês aí em baixo?

7 Antes do primeiro poço de petróleo ser escavado na Pensilvânia em 1859 a Mãe Natureza tinha feito cerca de dois biliões de barris de petróleo espalhando-os desigualmente pela Terra. Em 2004 tinhamos usado cerca 0.9 biliões. Por outras palavras estamos próximos do ponto a meio-caminho. “Hubbert's Peak: The Impending World Oil Shortage”, Kenneth S. Deffeyes

8 Então quando pensas que vai acabar?

9 Um poço de petróleo não é como o depósito de um carro.  Num carro podes conduzir a qualquer velocidade e ficares sem gasolina de repente.  Isso acontece porque o depósito é uma cavidade ôca. A gasolina enche o fundo do depósito e nada a impede de ser bombeada.

10 Mas um poço de petróleo não é uma cavidade ôca.  É um enorme depósito de pedras ou areia encaixado entre duas camadas de rocha impermeável. Os espaços vazios entre as pedras ou a areia são preenchidos com petróleo grosso e viscoso.  É descido um tubo até à mistura de petróleo e pedras ou areia e o petróleo é lentamente bombeado para cima. Leva tempo para que o petróleo passe de zonas de alta concentração até à zona de baixa concentração perto do tubo. Clica

11 Para extraiar petróleo de um campo petrolífero, são perfurados um grande número de poços.

12 Num carro carrega-se simplesmente no acelarador para aumentar o afluxo de gasolina ao motor. Quando se tenta bombear o conteúdo de um campo petrolífero rápido de mais, pode-se impedir permanentemente a sua capacidade de produzir petróleo no futuro.

13 No início um campo petrolífero vaza rapidamente e produz muito petróleo. Depois a produção baixa gradualmente. No final o afluxo de petróleo muito pequeno. Um campo petrolífero produz cada vez mais lentamente ao longo dos anos, algo como isto.

14 Ponto do meio 2ª metade Quando se desenha um gráfico de produção agregada de petróleo de vários campos, obtem-se aproximadamente aquilo a que se chama um curva em forma de sino. Topo da curva 1ª metade

15 Respondendo à tua pergunta, nunca saberemos exactamente quando acabará o petróleo. Há-de haver sempre petróleo em algum sítio, onde nunca será económico extraí-lo. Click

16 Well, what’s the worry then? Então qual é o problema?

17 O problema é que dentro em pouco vamos atingir o ponto a partir do qual a produção vai começar a cair...

18 …é a isso o que os peritos chamam o Pico do Petróleo Lembra-te que já usamos quase metade do petróleo do mundo. Quando chegarmos ao ponto a meio-caminho da curva em forma de sino, entraremos em declínio. Pico do Petróleo Curva em forma de Sino

19 When will that be? Oh! E quando vai ser isso?

20 Não sabemos ao certo. Mas existem sete pistas que nos podem levar a acreditar que o pico do petróleo está perto de chegar.

21 Pista 1

22 O Pico de Hubbert Para prever o pico do petróleo para o mundo inteiro, Os peritos usam um método desenvolvido pelo géologo Dr. M. King Hubbert

23 O Pico de Hubbert Em 1956 Hubbert, usando modelos matemáticos, previu que os 48 estados continentais dos EUA iriam ter o seu pico em 1970

24 O Pico de Hubbert At that time the US was the world’s largest petroleum producer! Riram-se dele…

25 O Pico de Hubbert Mas acontece que ele tinha razão!!! Produção nos 48 estados continentais dos EUA Pico Giga-barris / ano

26 E agora há geólogos que pensam que estamos perto do Pico de Hubbert… Já usámos quase metade do petróleo mundial. Pico do petróleo Curva em forma de sino

27 Pista 2.

28 Before looking at predictions consideremos uma condição lógica… Antes de vermos as previsões para o mundo inteiro,

29 Se queremos extrair (produzir) petróleo, é preciso encontrá-lo (descobrir) primeiro, certo?

30 As descobertas nos EUA tiveram um pico - 42 anos depois a produção teve um pico Adaptado de Collin Campbell, Conferência da Universidade de Clausthal, Dezembro 2000 The US lower 48 states Pico de Descobertas Pico de Produção 48 estados continentais dos EUA Produção Gb/ano Descobertas Gb/ano

31 Se o mundo seguir o padrão dos EUA Adaptado de Richard C. Duncan e Walter Youngquist …o pico mundial vai acontecer rapidamente Pico de Descobertas Pico de Produção Produção Gb/ano Descobertas Gb/ano Mundo

32 É inevitável que mais cedo ou mais tarde o pico das descobertas seja seguido pelo pico da produção.

33 Pista 3.

34 Não Existem Mais Campos Petrolíferos Gigantes Por Descobrir Apesar dos avanços tecnológicos estamos a encontrar campos cada vez mais pequenos

35 Espera ai! O que queres dizer com campo petrolífero gigante?

36 Prudhoe Bay, central de produção, oleodutos, estradas e pontos de chama Todo o campo que tenha mais de 500 milhões de barris é designado por gigante.

37 Este gráfico de descobertas de campos gigantes mostra-o bem. Simmons Company International Desde 2003 não foi encontrado qualquer campo gigante

38 por cada barril de petróleo que é descoberto Estamos a consumir 4 barris… “The Party’s Over”, Richard Heinberg

39 Pois! •Se tirares 4€ da conta bancária, por cada € que lá pões, quanto tempo tens de esperar para ter os credores à perna?

40 Pista 4.

41 Energia Recuperada por Energia Investida É a relação entre: A quantidade de energia gasta para obter o combustível: exploração, perfuração, bombeamento, transporte e refinação A quantidade de energia no combustível Gasolina, gasóleo, querosene, etc. E (ERPEI) “The Party’s Over”, Richard Heinberg

42  Antes de 1950 era cerca de 100 para 1  Nos anos de 1970 já só era 30 para 1  Agora (2005) é cerca de 10 para 1  As areias betuminosas têm um ERPEI de cerca de 4 para 1 “The Party’s Over”, Richard Heinberg A Energia Recuperada por Energia Investida diminui quando recorremos ao petróleo mais difícil de obter:

43 Um EROEI a descer é certamente um sinal de um declínio próximo

44 Pista 5.

45 É Cada Vez Mais Caro Produzir Petróleo Adapted from “The Party’s Over” •É preciso perfurar mais fundo - quase 5 km de profundidade! •Estamos a explorar os cantos mais remotos da Terra para o encontrar

46 A exploração já não é rentável Em 2003 as companhias petrolíferas gastaram 8 mil milhões de dólares na exploração e descobriram reservas no valor de 4 mil milhões. Thomas Homer Dixon and Julio Friedmann, N.Y. Times, 25 Mar 2005

47 Pista 6.

48 Já não há capacidade extra na oferta mundial Adapted from “The Oil Age is Over”, Matt Savinar Capacidade extra = quanto petróleo a mais pode ser produzido com 30 dias de aviso e mantido por 90 dias CAPACIDADE EXTRA DE PRODUÇÃO PETROLÍFERA

49 Abrir mais a válvula não trás mais petróleo

50 Pista 7.

51 Os Campos Petrolíferos Estão a Ficar Velhos e Cansados A maior parte do nosso petróleo vem de campos com mais de 30 anos “The Party’s Over”, Richard Heinberg

52 Está bem, então quando vai ser o pico do petróleo?

53 É Difícil de Estimar Quando Começará o Declínio para o Mundo Inteiro Porque os dados das reservas da OPEC são defíceis de determinar (Organização dos Países Exportadores de Crude)

54 Production quotas are based on As quotas de produção são baseadas nas reservas de cada país, por isso há vantagens em exagerá-las

55 Em 1986 e 1987 houve países da OPEC que aumentaram marcadamente as suas reservas! O objectivo deste gráfico é que TODOS Eles aumentaram e TODOS na mesma altura. Revisões de reservas dúbias dos países da OPEC em 1986 e 1987, em giga-barris (Fonte: C. J. Campbell) Giga- barris

56 Os geólogos sabem que não podem fiar-se na exactidão destas reservas declaradas. Perdão se estou a levanter suspeitas!

57 O pico está mais próximo do que se julga:  Esta questão tem vindo a ser estudada por muitos geólogos   Não existe consenso, mas as previsões variam entre 2005 e 2015  Muitos têm a sensação de que já chegou

58 A China e outras economias emergentes estão a crescer muito. Isso vai piorar as coisas, certo?

59 Sim, a procura na China está a precipitar o pico do petróleo O consumo de petróleo na China tem vindo a aumentar 11% ao ano É o 2º utilizador mundial de petróleo, depois dos E.U.A. Relatório da Exxon-Mobil, Outubro de 2004

60 A sua sede de petróleo é exarcebada pelo seu novo amor, o automóvel Os consumidores Chineses compram 2 milhões de carros por ano. DOCUMENTARY "THE END OF SUBURBIA" SHOWING IN OTTAWA Relatório da Exxon-Mobil, Outubro de 2004

61 Toda a gente usa cada vez mais petróleo, vejamos a curva da procura neste gráfico. A parte vermelha representa a quantidade que temos de encontrar e explorar DOCUMENTARY "THE END OF SUBURBIA" SHOWING IN OTTAWA Relatório da Exxon-Mobil, Outubro de 2004 Equivalente a Milhões de Barris de Petróleo por Dia (MBDOE) Procura Mundial Declíno dos Campos Existentes ~ 4 - 6% Produção Adicional Necessária Investimento Necessário Produção Existente

62 Porque hei-de eu acreditar em ti? Tu não és um perito

63 O que digo não é lei. Aqui está o que dizem os peritos:

64 Matthew R. Simmons Matthew R. Simmons é o Presidente da maior companhia de investimento bancário do mundo a Simmons & Co. International. Passou a sua vida a estudar a indústria petrolífera. “Se se verificar que a Arábia Saudita atingiu o pico, então categoricamente, o mundo atingiu o pico.” Depois de expressar cepticismo acerca das promessas vazias dos Sauditas.

65 Les Magoon, geólogo e cientista emérito do United States Geological Survey JOAN LOWY, Scripps Howard News Service, 28 de Outubro, 2004 “A minha sensação é que isto é o início do pico do petróleo e a próxima administração, qualquer que ela seja, vai ter de lidar com isso. O petróleo não se vai acabar, só que diariamente a procura vai exceder a capacidade mundial de produção e o preço do petróleo vai ter que subir.”

66 Mike Bowlin, President executive da ARCO em 1999; Presidente do Instituto Americano do Petróleo: JOAN LOWY, Scripps Howard News Service, October 28, 2004 “Embarcámos no início dos últimos dias da idade do petróleo.”

67 Revista Estatística da Energia Mundial da British Petroleum: “18 dos maiores países produtores de petróleo já passaram o seu pico.”

68 Vice-Presidente Dick Cheney, quanto foi Presidente da Halliburton em 1999: “Partindo de algumas estimativas, os anos que se seguem vão registar um crescimento anual na ordem dos dois por cento na procura de petróleo, paralelamente a um declínio anual conservador de três por cento na produção das reservas existentes. Isto significa que em 2010 precisaremos na ordem de cinquenta milhões de barris adicionais por dia.”

69 O que representam 50 milhões de barris por dia?

70 Em 1999 o mundo gastou 70 milhões de barris por dia. Cheney disse que em 2010 temos de acrescentar a isso outros 50 milhões, para 120 milhões de barris por dia!!! … uma maneira indirecta de dizer que o pico do petróleo chegou. Barrels consumed per day Procura de petróleo em 1999 e 2010 Milhões de barris por dia

71 Ditado Saudita: “O meu pai andava de camelo. Eu conduzo um carro. O meu filho voa num avião a jacto. O seu filho andará de camelo.”

72 Já pensaste como sera o nosso mundo sem petróleo? Lê o Capítulo 3. Pagína de escolha de Capítulo


Carregar ppt "O PICO DO PETRÓLEO E O FUTURO DA HUMANIDADE Capítulo 2 - A Pergunta Importante: Quando será o Pico de Produção do Petróleo? Por Robert Bériault Tradução."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google