A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ESCULTURA DA GRÉCIA ANTIGA Trabalho realizado por: João Gonçalo No âmbito da disciplina de: História da Cultura e das Artes.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ESCULTURA DA GRÉCIA ANTIGA Trabalho realizado por: João Gonçalo No âmbito da disciplina de: História da Cultura e das Artes."— Transcrição da apresentação:

1 ESCULTURA DA GRÉCIA ANTIGA Trabalho realizado por: João Gonçalo No âmbito da disciplina de: História da Cultura e das Artes

2 ÍNDICE  Escultura Grega Escultura Grega  Os Perdidos Estilísticos da Arte Grega Os Perdidos Estilísticos da Arte Grega Período Geométrico ( a.c.) Período Dedálico ( a.c.) Período Arcaico ( a.C.) Período Severo ( a.c.) Período Clássico ( a.C.) Período Helenístico ( a.C.)  Os Materiais Utilizados Os Materiais Utilizados

3 A Escultura da Grécia Antiga é uma matéria muito vasta que, se fossemos rigorosos podia-mos verificar que a “produção” de esculturas começou desde a Pré-história até à Idade Média mas usualmente fala-se da arte grega a partir do período Dedálico (c a.C.) até ao período Helenístico a cerca de 100 a.C. (quando o país já estava sob domínio romano) porque foi espaço de tempo em que a arte grega começou a ganhar e a definir um estilo próprio. Mais tarde a arte grega teve grande influência na arte romana, em Culturas do Norte de África e alastrou-se à Índia (durante a época de Alexandre, o Grande), definiu muitos dos principais parâmetros de arte da Renascença e do Neoclassicismo e ainda hoje mantém a sua relevância ao nível de toda a cultura do Ocidente.

4

5 PERÍODO GEOMÉTRICO ( A.C.) Os primórdios da escultura grega pode ser estabelecida pelo Período Geométrico (c a.C.), quando aconteceram importantes transformações sociais que conduziram á formação das cidade-estado e do núcleo social urbano de onde apareceu a maior parte das obras de arte posteriores a esta época.a Estatueta de guerreiro do século VIII a.C., Staatliche Antikensammlungen, Munique.

6 Nesta época, são desenvolvidas muitas coisas entre as quais, o alfabeto árabe, a intensificação do comércio e a Ásia Menor juntamente com o sul da Itália, fundaram muitos templos. A herança que nos foi deixada por este período foram objectos como armas, cerâmicas e estatuetas mas ainda não há vestígios de estatuária de grande porte.

7 PERÍODO DEDÁLICO ( A.C.) Nesta época houve uma evolução em relação ao tamanho das estátuas, vindo provavelmente de uma influência Síria que, naquela época mantinha algum contacto com a grécia e fez notórios desenvolvimentos na estatuáriaficando assim como um referências para as regiões asiáticas romanas. Kore dedálica chamada de Dama de Auxerre, c. 635 a.C., Louvre

8 O Egito é apontado como outra influência. Registros informam que escultores de Samos aprenderam a sua arte em oficinas egípcias. O estilo hierático, impessoal e frontal dos egípcios tem semelhanças com as primeiras estátuas de grande porte concebidas pelos gregos durante este período, já com um estilo caracteristicamente grego(xorpo modelado achatado e o desenho simplificado da anatomia), o que reforça a suposição. Mesmo com estas influências prováveis, a escultura grega é em boa parte uma criação original.

9 PERÍODO ARCAICO ( A.C.) No Período Arcaico os gregos começaram a esculpir, em mármores, grandes figuras de homens. Primeiramente aparecem esculturas simétricas, em rigorosa posição frontal, com o peso do corpo igualmente distribuído sobre as duas pernas. Esse tipo de estátua é chamado Kouros (palavra grega: homem). Kouros Anavyssos, c. 530 a.C., Museu Arqueológico Nacional de Atenas

10 PRÍODO SEVERO ( A.C.) Os braços fanham liberdade e o torço flexibiliza-se em forma de “s” invertido e aparece um melhor detalhe da anatomia. O peso do corpo repousa sob a perna esquerda e a direita mantém o equilibrio. O sorriso é substituido por uma expressão séria nos lábios e aparece a representação da velhice. Cópia moderna do Apolo do Templo de Zeus emOlímpia. O original está noMuseu Arqueológico de Olímpia

11 PERÍODO CLÁSSICO ( A.C.) No Período Clássico começou-se a procurar movimento nas estátuas, para isto, começou-se a usar o bronze que era mais resistente do que o mármore para poder fixar o movimento sem se partir. Surge o nudes feminina, pois no período arcaico, as figuras de mulher eram esculpidas sempre vestidas. Leocarés: Apolo Belvedere, c a.C.

12 PERÍODO HELENÍSTICO ( A.C.) No Período Helenístico podemos observar crescente aproximação ao natural: os seres humanos não eram representados apenas de acordo com a idade e a personalidade, mas também segundo as emoções e o estado de espírito de um determinado momento. A grande conquista da escultura do período helenístico foi a representação não de uma figura apenas, mas de grupos de figuras que detenham nelas a sugestão de mobilidade e fossem bonitos de todos os ângulos que pudessem ser observados.. Laocoonte e seus filhos, c. 200 a.C., Museus Vaticanos

13 OS MATERIAIS UTILIZADOS Ao longo dos tempos os materiais de “construção” da escultura grega foi evoluindo, conforme as suas nessecidades. Começõu-se, no inicio, por utilizar a Madeira o marfim e metais preciosos evoluido para a terracota, de seguida para o bronze, o mármore e na fase final desta evolução dá-se tambem a utilização das pedras raras como elementos decorativos da escultura.

14


Carregar ppt "ESCULTURA DA GRÉCIA ANTIGA Trabalho realizado por: João Gonçalo No âmbito da disciplina de: História da Cultura e das Artes."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google