A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Introdução…………………………………………………………..3 ectoparasitísmo…………………………………………………. 4 exemplos do ectoparasitismo…………….…………….5 a 8 conclusão…………………………………………………………....9.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Introdução…………………………………………………………..3 ectoparasitísmo…………………………………………………. 4 exemplos do ectoparasitismo…………….…………….5 a 8 conclusão…………………………………………………………....9."— Transcrição da apresentação:

1

2 Introdução…………………………………………………………..3 ectoparasitísmo…………………………………………………. 4 exemplos do ectoparasitismo…………….…………….5 a 8 conclusão…………………………………………………………....9 bibliografia……………………………………………………..…..10

3  As relações bióticas são o relacionamento entre os seres vivos. Ao relacionamento entre seres vivos da mesma espécie dá-se o nome de relações intraespecíficas e o de espécies diferentes dá-se o nome de relações interespecíficas. Estas relações apresentam benefícios e prejuízos aos intervenientes.  Neste trabalho vamos falar sobre as relações interespecíficas, nomeadamente, o ectoparasitísmo. Também apresentamos alguns exemplos desta relação na natureza.

4 O parasitismo é uma relação interespecífica entre o parasita e o hospedeiro. Este vive à custa do hospedeiro prejudicando-o e fragilizando-o causando doenças. O parasita tira vantagens em relação ao hospedeiro. Normalmente o parasita é de menor dimensão alimentando-se no hospedeiro O ectoparasitísmo é constituído pelos parasitas externos. Estes fixam-se no corpo do hospedeiro e vivem à sua custa.

5 Carraças nos animais As carraças são parasitas que se instalam na superfície do corpo do hospedeiro e lhes sugam o sangue a vários animais. Estas causam irritações na pele dos hospedeiros e transmitem- lhes doenças. Elas deixam a pele do hospedeiro vermelha e com marcas. Parasita: carraça Hospedeiro: animais (como por exemplo: o homem ou outros animais)

6 Os pulgões e as Plantas Os pulgões são parasitas que sugam a seiva das plantas, os seus hospedeiros, da qual se alimentam, prejudicando-a. Parasita: pulgões Hospedeiro: planta

7 Piolhos - Homem Os piolhos instalam-se na cabeça do homem, o hospedeiro, sugando-lhe o sangue e comem as partes gordurosas da cabeça e por vezes, também a pele. Parasita: fungos Hospedeiro: homem

8 Cuscuta A cuscuta é uma planta parasita que se enrola nas plantas hospedeiras. Esta suga-lhes a seiva. Parasita: cuscuta Hospedeiro: plantas

9 Parasitismo é a associação entre seres vivos, na qual só existe benefícios num deles, sendo um dos associados prejudicado nessa relação. Desse modo, surge o parasita (o agente agressor) e o hospedeiro (o agente que abriga o parasita). O parasita por sua vez, retira os nutrientes do ser o qual está hospedado. Muita das vezes o parasita pode levar o hospedeiro à morte, sem essa intenção, pois se o hospedeiro morrer o parasita também morrerá.

10 Motta, Lucinda, Anjos Viana, Maria. Bioterra - Sustentabilidade na Terra. Porto Editora 2003 Antunes, Cristina, Bispo, Manuela, Guindeira, Paula Novo Descobrir a Terra 8 – Sustentabilidade na Terra. Areal 2007 Campos, Carlos, Delgado, Zélia. Sistema da Terra – Sustentabilidade na Terra. Texto Editores 2005 Dias da Silva, Amparo, et al. Planeta Vivo – Sustentabilidade da Terra

11 Inês Agostinho nº9 Beatriz Martins nº3 Bárbara nº2 Simão Correia nº26


Carregar ppt "Introdução…………………………………………………………..3 ectoparasitísmo…………………………………………………. 4 exemplos do ectoparasitismo…………….…………….5 a 8 conclusão…………………………………………………………....9."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google