A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE MÉTODOS E TÉCNICAS DE ENSINO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE MÉTODOS E TÉCNICAS DE ENSINO."— Transcrição da apresentação:

1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE MÉTODOS E TÉCNICAS DE ENSINO

2 Prof. Dr. Armstrong M. Evangelista Estagiário: Igor Bahury Ramos OFICINA II O PAPEL DA TELEVISÃO NA SALA DE AULA

3 OBJETIVOS  Analisar criticamente o uso da televisão na sala de aula.  Propor procedimentos básicos para a utilização deste instrumento como recurso didático importante para auxiliar no processo de ensino- aprendizagem.

4 METODOLOGIA  Foi realizada um revisão bibliográfica sobre o uso da televisão em sala de aula, bem como a criação de exemplos metodológicos para o uso da televisão como recurso de ensino, visando auxiliar na exposição dos conteúdos e como apoio ao livro didático.

5 A Tv No Mundo  1927 : Philo T. Farnsworth foi o primeiro a transmitir o sinal de tv com sucesso.  1929 : Ocorrem as primeiras transmissões do sistema de televisão de Baird de 30 linhas.  Nas décadas de 40 á 50: Popularização da televisão (Marshall Macluhan);  1952: Surgiu na Alemanha o sistema NTSC, colorido.  1998: Foi a primeira transmissão HDTV no mundo.

6 A Tv no Brasil  1950: A TV Tupi, a primeira emissora da televisão no Brasil, é inaugurada em São Paulo;  1965: A Rede Globo é fundada no Rio de Janeiro;  1970: A primeira transmissão de TV em cores no Brasil;  1998: A Rede Globo faz a primeira transmissão digital no país de alta definição ao vivo.

7 Televisão No Dia-a-dia

8 A TV Como Instrumento Massificado  A linguagem da televisão rompe as barreiras de tempo e espaço existenciais;  Fatores: - Produção em grande escala; -Baixo custo; -Padronização -Comunicação de massas.

9 Televisão No Dia-a-dia Da Escola  Incorporar a TV na ação docente;  Decodificação da linguagem televisiva;  Análise do discurso midiático da TV como fonte de debates;  Reconhecer a importância da cultura midiática, inserindo-a no conteúdo escolar.

10  O vídeo está ligado à televisão e ao lazer; Hora de dormir! Expectativa do aluno em relação a TV. Vídeo significa “ matar aula" A oportunidade de terminar o meu trabalho. Hora de jogar no celular!

11 USOS INADEQUADOS  Vídeo-tapa buraco;  Vídeo-enrolação;  Só vídeo.

12  Antes da exibição: -O aluno já deve ter conhecimento prévio dos assuntos abordados futuramente; -Informar somente aspectos gerais do vídeo; -Não pré-julgar.

13  Depois da exibição - Voltar ao começo; - Rever as cenas mais importantes; - Propor alguns caminhos para a análise;

14  Durante a exibição: -Pausas curtas -Anotar as cenas mais importantes -Observar as reações

15 Processo Erosivo

16 Televisão como ferramenta didática  Qual o tema central do vídeo?  Quais assuntos podem ser abordados na aula?  Como começa o processo erosivo?  Quando ocorre o splash?  Quando se forma as “poças de água”?  O que é escoamento superficial?

17 Carros pipas não chegaram no interior do Piauí

18 Televisão como ferramenta didática  Qual o tema central do vídeo?  Quais assuntos podem ser abordados na aula?  Porque esse problema é recorrente?  Como o clima interfere nesse problema?  Como reverter essa questão?

19 Coordenadas Geográficas

20 Televisão como ferramenta didática  Qual o tema central do vídeo?  Quais assuntos podem ser abordados na aula?  O que é Coordenadas Geográficas?  O que são longitudes e latitudes?

21 Televisão Como Recurso de Ensino 1. Incentivo a pesquisa 2.Etapa exploratória 3. Exibição do vídeo 4.Desenvolvimento das atividades

22 Sugestões  A instalação do raciocínio reflexivo;  O desenvolvimento da atitude crítica transformadora;  A superação da cotidianidade;  A superação do livro como único instrumento informativo;

23 Atividade  Objetivo: pautar e criticar os interesses do emissor;  Roteiro: - Selecionar noticias ou programas de tv; -Estimular a percepção do aluno de como o conteúdo do programa articula a “informação” e a “opinião”; -Produzir uma síntese do material e propor uma pesquisa; -Promover um debate;

24 Conclusões  Os vídeos facilitam muito a compreensão do aluno;  O professor deve se preparar previamente traçando objetivos e cumprindo metas;  Tem um importante papel como apoio ao livro didático.

25 Onde encontrar os vídeos  Blogs,  Paginas das universidades,  No Youtub.

26

27

28

29

30

31

32

33

34

35

36

37

38

39

40

41 OBRIGADO!!!!


Carregar ppt "MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE MÉTODOS E TÉCNICAS DE ENSINO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google