A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A natureza não perdoa Maria Aparecida Costa Teoro Alves Ângelo Li, esta semana, uma reportagem sobre o aquecimento da Terra. As geleiras dos pólos estão.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A natureza não perdoa Maria Aparecida Costa Teoro Alves Ângelo Li, esta semana, uma reportagem sobre o aquecimento da Terra. As geleiras dos pólos estão."— Transcrição da apresentação:

1

2 A natureza não perdoa Maria Aparecida Costa Teoro Alves Ângelo Li, esta semana, uma reportagem sobre o aquecimento da Terra. As geleiras dos pólos estão derretendo... Aos poucos, aos poucos, o que tranqüiliza os terráqueos. Vai dar tempo de sobra para viver o tempo de nossas vidas. Diz ainda a matéria que os furacões estão cada vez mais violentos,o clima oscila entre o muito quente e o muito frio, as estações do ano estão indefinidas, perturbadas, desequilibradas, desorientadas.

3 No Brasil nunca tivemos essa nitidez na mudança das estações porque é um país tropical, não passa pelo inverno abaixo de zero e nem pela neve. Mas garanto que há algum tempo, foi tudo mais organizado. No final de abril, a gente tirava do fundo do baú as peças de inverno e lá pelos meados de agosto já se podia ir deixando disponíveis as roupas mais leves. Agora, quando vamos viajar, a mala fica enorme. Medo de sentir frio, de sentir calor porque nunca se sabe... Chuvas, secas, incêndios, algas venenosas e ainda vai piorar. Ainda bem que, neste caso já acharam o culpado: o ser humano.

4 A destruição da camada de ozônio pelo desmatamento, emissão de poluentes e outros fatores sempre ligados às atividades humanas provocam o efeito estufa, que é o resultado do tal aquecimento da Terra. Dizem até que o Brasil pode ser atingido por furacões, não esses que estamos acostumados a ver e cuja fúria também deixa muita gente desabrigada, ao relento despida de sonhos e esperanças. Alguém, na TV, disse que os EUA estão sendo castigados porque não quiseram assinar o Tratado de Kioto, uma espécie de comprometimento que os países fizeram para não poluírem tanto.

5 Logo eles que são responsáveis por 36% da emissão dos poluentes! O Presidente Bush não acha prioritário. Custa caro, tão caro como fazer as guerras e procurar outros mundos. Acho bom eles procurarem mesmo, porque, no andar da carruagem, logo este mundo nosso estará agonizante. Não seria prioritário, pelo raciocínio mais simples, acudi- lo, enquanto há chances, com prioridade absoluta?

6 Tenho recebido fotos deslumbrantes dos cenários do nosso planeta. Quem possui também deve ter recebido. Seria uma grande pena se tudo acabasse. Tentando ser justa, acho que a culpa é de todos nós, que de alguma forma cometemos os pecados que não poderíamos cometer.

7 Não economizamos água, cortamos até as árvores de nosso quintal para que não sujem o chão de folhas, não separamos o lixo para reciclagem e vai por aí. Como fico prestando atenção às falas dos outros, repito a frase de um padre dita durante um sermão: "Deus perdoa sempre, o homem perdoa às vezes e a natureza não perdoa nunca!" Música : Bobby McFerrin & Vivaldi Double Cello Concerto Montagem : Slide Retirado do Site:


Carregar ppt "A natureza não perdoa Maria Aparecida Costa Teoro Alves Ângelo Li, esta semana, uma reportagem sobre o aquecimento da Terra. As geleiras dos pólos estão."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google