A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Nanotecnologia – FIESP T. Canova 02/12/2010 Nanotecnologia e as fibras químicas T. Canova FIESP, 02 de dezembro de 2010.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Nanotecnologia – FIESP T. Canova 02/12/2010 Nanotecnologia e as fibras químicas T. Canova FIESP, 02 de dezembro de 2010."— Transcrição da apresentação:

1 1 Nanotecnologia – FIESP T. Canova 02/12/2010 Nanotecnologia e as fibras químicas T. Canova FIESP, 02 de dezembro de 2010

2 2 Nanotecnologia – FIESP T. Canova 02/12/2010 Produtos têxteis altamente tecnológicos, desafiando a função primária de proteção e proporcionando leveza, desempenho, conectividade e bem-estar às pessoas, através de interações cada vez mais complexas com o corpo humano. Evolução das fibras têxteis químicas

3 3 Nanotecnologia – FIESP T. Canova 02/12/2010 Grau de incerteza Impacto baixo alto baixo alto Análise das macrotendências que condicionarão as inovações tecnológicas nas próximas décadas Geração do milênio Megacidades Demografia África Civilização pós-ocidental Melhoria humana Energia Mudança climática Mudança social Fonte: base Forces of the future – GBN (2006) / análise Rhodia Nanotecnologia no centro de grandes mudanças Tecnologias BANG Bits Atomos Neurônios Genes

4 4 Nanotecnologia – FIESP T. Canova 02/12/2010 Nanociências emergindo como uma das mais profícuas áreas de pesquisa da atualidade Fonte: “Measuring Innovation” – relatório OECD, 2010

5 5 Nanotecnologia – FIESP T. Canova 02/12/2010 Nanociências se desenvolvendo sobretudo nas interfaces da química, engenharia e novos materiais Fonte: “Measuring Innovation” – relatório OECD, 2010 Mesmas interfaces que estão nas origens dos desenvolvimentos no campo das fibras químicas

6 6 Nanotecnologia – FIESP T. Canova 02/12/2010 A nanotecnologia como ponte para a expansão das competências na área têxtil Eletrônica Química Biologia Física Competência atual Por seu caráter multidisciplinar, a nanotecnologia promove a expansão de competências e desenvolvimento de novas plataformas de desenvolvimento para fibras têxteis bio-sensores físico- química de superfícies bio-química conectividad e Plataforma B Plataforma C Plataforma A Plataforma G Plataforma nano tecnológica Plataforma D Plataforma E

7 7 Nanotecnologia – FIESP T. Canova 02/12/2010 A nanotecnologia aplicada às fibras químicas Funcionalidades de superfície Funcionalidades permanentes Nano-engenharia

8 8 Nanotecnologia – FIESP T. Canova 02/12/2010 Nanotecnologia no reforço de fibras têxteis Nanocompósito PA6 quimicamente modificado Fonte: Thuringisches Institut für Textil und Kunststoff Forschung Aumento do módulo (> 100%) Aumento da tensão de ruptura (>100%)

9 9 Nanotecnologia – FIESP T. Canova 02/12/2010 Nanotecnologia e superfície específica Fonte: EMPA (presentation in Dornbirn )

10 10 Nanotecnologia – FIESP T. Canova 02/12/2010 Deposição de camadas de espessura nanométrica em têxteis por plasma Fonte: Lestat Presentation / Dornbirn 2007

11 11 Nanotecnologia – FIESP T. Canova 02/12/2010 Nanotubos de carbono e estruturas correlatas SWNT MWNT Nanoestruturas de Carbono Alta resistência mecânica Alta condutividade Baixa densidade materiais extremamente resistentes fibras condutoras de eletricidade armazenamento de moléculas emissores de campo eletromagnético sensores catalisadores nanocápsulas para medicamentos fulereno

12 12 Nanotecnologia – FIESP T. Canova 02/12/2010 Nanoarquiteturas têxteis Proteção balística e à explosão Nanoarquiteturas leves para materiais absorvedores de energia ultraresistentes Materiais e estruturas para proteção à explosões Fibras de ligas nanocristalinas leves para proteção à explosões Fibras e polímeros de cadeia rígida Nanocompósitos: alta dureza resistência leveza Ligas metálicas de baixa densidade e alta resistências

13 13 Nanotecnologia – FIESP T. Canova 02/12/2010 Nanosensores integrados aos têxteis Detecção e proteção biológica/química Nanocoatings funcionais, microbiocidas Detectores químicos ultrasensíveis Dispositivos leves nanoestruturados para sensores hibrídos (químico, biológico, elétrico, ótico) Biosensor de nanotubo e nano coating polimérico para detecção de toxinas patogênicas Controle da hidrofilidade/hidrofobicidade da superfície têxtil para reduzir as ameaças químicas/biológicas

14 14 Nanotecnologia – FIESP T. Canova 02/12/2010 Fibras e materiais nanoestruturados multifuncionais Superfícies têxteis funcionais para proteção biológica e química Superfícies têxteis para controle da temperatura e umidade.

15 15 Nanotecnologia – FIESP T. Canova 02/12/2010 Não-tecidos PA66 nanométricos por eletrofiação Fonte: patente Rhodia em colaboração com a Universidade Federal de São Carlos / DEMa

16 16 Nanotecnologia – FIESP T. Canova 02/12/2010 Impacto do desenvolvimento da nanociência e nanotecnologia sobre as fibras químicas nos próximos anos Um brutal movimento da fronteira da nanociência nos próximos 20 anos, com um gradual movimento da nanotecnologia A oportunidade de trabalhar antigas necessidades (de maneira mais original e eficiente), assim como desejos atualmente inexistentes ou embrionários O estabelecimento de plataformas híbridas de desenvolvimento, estabelecendo sinergias entre diferentes áreas do conhecimento através da criação de « pontes » entre plataformas distintas Uma mudança nas modalidades de colaboração entre a academia e a indústria, assim como no próprio seio da indústria Integração da sustentabilidade como força-motriz do desenvolvimento da nanociência e nanotecnologia, integrada à concepção dos projetos de P&D


Carregar ppt "1 Nanotecnologia – FIESP T. Canova 02/12/2010 Nanotecnologia e as fibras químicas T. Canova FIESP, 02 de dezembro de 2010."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google