A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

R EDES S OCIAIS NA I NTERNET Negócios On-Line. R OTEIRO Introdução Redes Sociais(Comunidades Virtuais) Por que dão certo? Exemplos que vem dando certo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "R EDES S OCIAIS NA I NTERNET Negócios On-Line. R OTEIRO Introdução Redes Sociais(Comunidades Virtuais) Por que dão certo? Exemplos que vem dando certo."— Transcrição da apresentação:

1 R EDES S OCIAIS NA I NTERNET Negócios On-Line

2 R OTEIRO Introdução Redes Sociais(Comunidades Virtuais) Por que dão certo? Exemplos que vem dando certo Comunidade Desenvolvedora Oportunidades de negócio

3 INTRODUÇÃO

4 R EDES S OCIAIS (C OMUNIDADES V IRTUAIS ) Grupos de discussão com interesses comuns Busca por vencer barreiras geográficas e de comunicação

5 POR QUE DÃO CERTO? “A inteligência é construída socialmente, somos humanos porque somos sociáveis” Fernando Savater, filósofo e escritor basco

6 S OCIEDADE X T ECNOLOGIA A tecnologia aumenta a velocidade da mudança – Hardware e software mais baratos alcançam as massas A sociedade molda o desenvolvimento de aplicações – Consumidores procuram tecnologia para suportar famílias e comunidades Web 2.0: aplicações desenvolvidas na web que promovem a participação dos usuários – Wikis, blogs, fóruns, comunidades virtuais, RSS Fonte: Fabio Cipriani

7 C ARACTERÍSTICAS DAS R EDES S OCIAIS Inteligência Democracia Segmentação Velocidade

8 INTELIGÊNCIA O grupo encontra soluções ótimas ou de acordo com o desejo do mercado O grupo se aproxima da empresa discutindo sobre ela ou o mercado A empresa se adapta e aproveita a informação vinda das comunidades A empresa fornece ferramentas para estimular a criação e a fidelização dos clientes Inteligência do grupo Estratégia da empresa

9 D EMOCRACIA Liberdade para participar e participar à vontade Qualquer pessoa com acesso à Internet pode participar de fóruns, comentar em blogs e dar opiniões sobre produtos. Com menos barreiras. Empresas querem anunciar em comunidades e blogs famosos. A comunidade virtual altera as ações das companhias

10 SEGMENTAÇÃO Sem distâncias ou barreiras (graças à Internet), produtos e serviços muito específicos e voltados para uma audiência específica ganham visibilidade e novas oportunidades de negócio.

11 V ELOCIDADE Propagação de idéias e marketing viral

12 E XEMPLOS QUE VEM DANDO CERTO

13

14

15 Aplicação baixada para o celular Valor atribuído pela operadora Serviços: Blogging, Messaging, Social Networking, Community, Search, Share Pictures, Find Places, Web Integration.

16 DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES OpenSocial Plataforma Facebook Plataforma móvel: Nokia Server

17 O PEN S OCIAL Conjunto comum de APIs Construção de aplicações sociais para múltiplos sites Usando JavaScript e HTML

18 O PEN S OCIAL API JavaScript API – Pessoas – informações sobre as pessoas e seus relacionamentos – Atividades – postar e visualizar atualizações sobre o que as pessoas estão fazendo – Persistência – armazenamento de dados via chave-valor para permitir aplicações livres de servidores OpenSocial Data APIs – People and Friends data API People and Friends data API – Activities data API Activities data API – Persistence data API Persistence data API

19 EXEMPLOS DE APLICAÇÕES FotoFlexerFotoFlexer: Permite importar imagens de álbuns de fotos populares e editar figuras. Where I've VisitedWhere I've Visited: Compartilhar onde você esteve, aonde você vai e suas cidades favoritas no mapa. ShelfariShelfari: Compartilhar livros com seus amigos. My NYTMy NYT: Ler as últimas notícias e compartilhar artigos com os amigos.

20 P LATAFORMA F ACEBOOK Interface (API) Chamadas de métodos feitas pela internet através de requisições HTTP GET ou POST ao servidor REST. Contexto social é adicionado usando perfil, amigo, fotos e eventos. Query (FQL) Permite usar uma interface tipo SQL para acessar os mesmos métodos da API. Markup (FBML) Permite vários pontos de integração: Perfil, Ações, Canvas, Feeds de notícias.

21 EXEMPLOS DE APLICAÇÕES Your True SelfYour True Self: Analisa as visões políticas, filmes favoritos, músicas, livros para adivinhar as coisas de que você deve gostar. Friend AnalyzerFriend Analyzer: Mostra quais dos seus amigos são mais parecidos com você em várias categorias. RendezbookRendezbook – identifica amigos como quem a) você quer ser bastante amigo ou b) gostaria de namorar. Suas preferências não anônimas até que a pessoa que você deseja tenha o mesmo sentimento.

22 P LATAFORMA M ÓVEL : N OKIA S ERVER A Nokia portou o servidor Apache para o Symbian, a fim de habilitar celulares a proverem conteúdo na Web Com o objetivo de habilitar o acesso ao telefone da rede de celular. Isso é desafiante devido a firewalls explicitamente estabelecidos pelas operadoras para prevenir tais acessos.

23 P LATAFORMA M ÓVEL : N OKIA S ERVER A Nokia entende que websites hospedados em celulares possibilitam seus donos a participarem ativamente da geração de conteúdo A quantidade de informações pessoais armazenadas nos celulares torna fácil a geração semi-automática de páginas pessoais

24 P LATAFORMA M ÓVEL : N OKIA S ERVER Aplicações conceito incluem: Conteúdo interativo, contextual e dependente de localização – Usar o telefone como webcam – Encontrar outros sites móveis nas proximidades – Encontrar a localização de um website móvel Habilitação de novos meios de comunicação sem envolvimento da operadora – Enviar mensagem instantânea – Deixar mensagem instantânea na caixa de entrada – Deixar uma nota em um weblog móvel

25 P LATAFORMA M ÓVEL : N OKIA S ERVER Acesso a dados Acessar favoritos, contatos, calendário, logs, mensagens Baixar imagens Montar uma visão de leitura-escrita do diretório raiz do webserver e editar páginas diretamente usando WebDAV A Internet constituída de servidores em telefones pode desafiar engenhos de busca a acompanhar o dinamismo de uma Internet onde o conteúdo de sites pode mudar a cada minuto.

26 O PORTUNIDADES DE NEGÓCIO Inteligência : Criação de novos produtos aproveitando a criatividade e dinâmica das multidões. Aperfeiçoar produtos usando o espírito participativo das multidões Segmentação : Com a Internet quebrando as barreiras da comunicação, fica mais fácil explorar novos nichos e novos negócios.

27 O PORTUNIDADES DE NEGÓCIO Democracia : Como o consumidor tem o controle de acessar aquilo que deseja, ele está mais sensível a anúncios ou atenção dispensada a ele. O Blog Corporativo é um canal a ser explorado. Velocidade : Usar a exposição e o poder viral a seu favor para espalhar sua marca de forma criativa. O meio já existe, você só precisa da mensagem adequada.

28 GANHOS NOS NEGÓCIOS Vendas – identificação de clientes potenciais; Marketing – geração de boca-a-boca; Call center – customer self-service; Inteligência de mercado – inovação de produtos;

29 D ÚVIDAS ?

30 REFERÊNCIAS Raquel da Cunha Requero. Comunidades Virtuais em Redes Sociais na Internet: Uma proposta de estudo Fabio Cipriani. Redes Sociais e oportunidades de negócios para empresas, investidores e consultores empresariais sociais


Carregar ppt "R EDES S OCIAIS NA I NTERNET Negócios On-Line. R OTEIRO Introdução Redes Sociais(Comunidades Virtuais) Por que dão certo? Exemplos que vem dando certo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google