A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Centro de Informática - UFPE Computação Musical

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Centro de Informática - UFPE Computação Musical"— Transcrição da apresentação:

1 Centro de Informática - UFPE Computação Musical
Time Stretching Centro de Informática - UFPE Computação Musical Tempo: 1 min. Equipe 0: Igor Ramos João Paulo Magalhães Luiz Fernando Clapis Márcio Eduardo Leal Thiago Figueredo Cardoso

2 Roteiro Introdução Tecnicas Utilizadas Referências Exemplos Aplicações
Domínio do tempo Domínio da frequência Abordagens atuais Referências API´s Tempo: 2 min.

3 Introdução O que é Time Stretching?
Modificação da duração de exibição de um objeto de mídia – fator de ajuste f ! Time pitch Outros nomes: Ajuste Elástico, timescale, time compression/expansion, time sketching

4 Aplicações Estudo de línguas, música Síntese de voz
Pronuncia dos vocábulos, “ tirar ” musicas Síntese de voz De acordo com a prosódia inerente ao texto Fluxo distribuído contendo áudio e vídeo Fluxo de vídeo prejudicado >> sincronização Entender a sequencia rítmica ou ou melódica de uma música. Na leitura de textos, duração de segmentos. a exibição de um fluxo contendo vídeo e áudio em ambientes distribuídos pode ser prejudicada por atrasos na rede durante a transmissão. Se a transmissão do fluxo de vídeo sofrer retardo maior do que o fluxo de áudio, pode-se modificar a taxa de reprodução de uma das mídias para que a sincronização com os movimentos labiais (lip-sync) não seja comprometida.

5 Aplicações Emissoras de rádio e TV
Acelerar ou retardar programação Video-on-Demand p/ múltiplos usuários Transmitir em diferentes velocidades >> mesmo trecho no mesmo instante permitir que emissoras de rádio e TV acelerem ou retardem a sua programação. Supondo que um determinado comercial precisa ser exibido em um horário fixo, pode ser preciso aplicar ajuste elástico em programas que antecedem a exibição do comercial a fim de compensar possíveis atrasos da programação a transmissão de servidores de vídeo sob demanda (Vídeo-On-Demand ou VOD) para múltiplos usuários. Existem várias técnicas de otimizar a alocação de fluxos de transmissão para usuários. Uma possibilidade é transmitir a informação audiovisual com diferentes velocidades até que os fluxos estejam transmitindo o mesmo trecho de informação em um dado instante. Nesse momento, diferentes fluxos podem ser unificados numa mesma transmissão multicast. É importante que a variação de velocidade seja pequena, tipicamente 5% no máximo, para não degradar a qualidade da informação recebida 

6 Técnicas Utilizadas Reprodução rápida/lenta
Modifica taxa de amostragem durante reprodução Altera frequência das componentes ~ alteração da velocidade em fitas e LP´s Os algoritmos dessa categoria modificam a taxa de amostragem do áudio durante sua reprodução, o que ocasiona a modificação do tempo necessário à sua exibição. modificação do sinal representado no domínio do tempo quando a taxa de amostragem foi reduzida pela metade dobrando seu tempo de exibição. análogo ao áudio resultante da alteração de velocidade de reprodução em fitas e LPs.

7 Técnicas Utilizadas Ajuste Regular Dividido em pequenos quadros.
Essa classe de algoritmos processa o áudio no domínio do tempo. O áudio é divido em pequenos quadros e o ajuste é realizado manipulando-os pequenos quadros do sinal foram removidos, acelerando a reprodução sem perder altas freqüências, mas degradando a qualidade do sinal

8 Técnicas Utilizadas Características Degrada qualidade do sinal
Boa qualidade com fator de ajuste ±20% Não leva em consideração o conteúdo Baixo custo

9 Técnicas Utilizadas Melhorias.. Perda para ajustes < 0,5
Remoção segundo características do sinal 50% do silêncio entre palavras e sentenças.

10 Técnicas Utilizadas Phase Vocoder
Alteração realizada no domínio da frequência Alterar o numero de ciclos de frequências componentes do sinal Dividir em quadros e alterar o tamanho dos quadros

11 Técnicas Utilizadas Características
Extremidades introduzem altas frequências Reverberação quando o sinal é composto por mais de uma freqüência, o algoritmo trata cada freqüência independentemente, o que causa reverberação no sinal processado.

12 Técnicas Utilizadas Baseados em Análise Detalhada
Ajuste após análise detalhada do sinal Alta qualidade Alto custo computacional / n aplicáveis em tempo de exibição Ex: MPEX Simula pecepção humana atrvés de redes neurais Vantagem: não é baseados em modelos matemáticos rígidos.

13 Tecnicas Utilizadas Time Domain Harmonic Scaling (TDHS)

14 Técnicas Utilizadas Abordagens atuais..

15 API’s e Ferramentas Disponíveis
Sound Forge Windows Media Player 10 Amazing Slower Downer, Enounce 2xAV DIRAC - Biblioteca C/C++ Fast MPEG

16 Dúvidas...

17 Fontes Wikipedia: DSPdimension.com:
DSPdimension.com:

18 Centro de Informática - UFPE Computação Musical
Time Scretching Centro de Informática - UFPE Computação Musical Equipe 0: Igor Ramos. João Paulo Magalhães. Luiz Fernando Clapis. Márcio Eduardo Leal. Tempo: 1 min.


Carregar ppt "Centro de Informática - UFPE Computação Musical"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google