A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Medidas de freqüência e de risco 4. Mede a proporção de indivíduos que é afetada por uma condição (casos existentes) num dado ponto do tempo. PREVALÊNCIA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Medidas de freqüência e de risco 4. Mede a proporção de indivíduos que é afetada por uma condição (casos existentes) num dado ponto do tempo. PREVALÊNCIA."— Transcrição da apresentação:

1 Medidas de freqüência e de risco 4

2 Mede a proporção de indivíduos que é afetada por uma condição (casos existentes) num dado ponto do tempo. PREVALÊNCIA

3 SET 11 TER 120 mulheres

4 SET 11 TER 12 doentes

5 Existem 12 doentes em 120 mulheres examinadas. 12 Prevalência = ——— = 0,1 ou 10% 120

6 INCIDÊNCIA Mede quantos indivíduos passam a ser afetados por uma condição (casos novos) num período de tempo.

7 SET 11 TER 108 mulheres

8 2006

9 2007

10

11 2008

12

13 2009

14

15 6 casos novos em 3 anos

16 Em 108 mulheres, sem o evento no início do tempo de observação de 3 anos, o número acumulado de casos novos foi 6. Incidência 6 acumulada = ——— = 0,055 ou 5,5% em 3 anos 108 Risco (ou probabilidade) de evento em 3 anos = 5,5%

17

18 Falta alguma coisa nessa medida de incidência...

19 Mortalidade em 5 anos (60 meses) em pessoas com 85 anos de idade. 50 homens50 mulheres 40 óbitos acumulados em 60 meses

20 Incidência acumulada (ou risco) de óbito em 60 meses Em homens:Em mulheres: 40 / 50 = 0,8 ou 80% 40 / 50 = 0,8 ou 80%

21 Outra maneira de medir incidência

22 Tempo em meses

23 Tempo em meses

24 Tempo em meses

25 Tempo em meses

26

27 Morreu já no 1o. mês. Contribuiu com 1 mês de observação. Morreu no 2o. mês. Contribuiu com 2 meses de observação. Morreu no 3o. mês: 3 meses de observação 4 meses 5 meses Tempo em meses

28 HOMENSMULHERES meses2.472 meseshomens-mesesmulheres-meses

29 O denominador de uma taxa é tempo só que não é tempo corrido é tempo SOMADO

30 Entre os homens houve 40 óbitos em meses (somados) de observação Entre as mulheres houve 40 óbitos em meses (somados) de observação Taxa de incidência = = 40 / = 0,0355 óbitos / homem-mês ou 3,55 óbitos / 100 homens-meses Taxa de incidência = = 40 / = 0,0162 óbitos / mulher-mês ou 1,62 óbitos / 100 mulheres-meses

31 Taxa de incidência em homens = 3,55 óbitos / 100 homens-meses 7,09 óbitos / 100 homens-bimestres 10,64 óbitos / 100 homens-trimestres 21,28 óbitos / 100 homens-semestres Taxa de incidência em mulheres = 1,62 óbitos / 100 mulheres-meses 3,24 óbitos / 100 mulheres-bimestres 4,85 óbitos / 100 mulheres-trimestres 9,71 óbitos / 100 mulheres-semestres

32 x x ____________ x ________________ x tempo x x x x x x A B

33 x x ____________ x ________________ x anos x A 5 pessoas com “x” 1 pessoa (5 anos) + 1 pess (1,8 a) + 1 pess (1,2 a) + 1 pess (5 a) + 1 pess (3,8 a) + 1 pess (5 a) + 1 pess (5 a) + 1 pess (5 a) + 1 pess (5 a) + 1 pess (1,5 a) + 1 pess (0,7 a) + 1 pess (5 a) 5 pessoas com ”x” 5 pess 5 = 1 pessoa (44 anos) 44 pess x anos 44 anos = = 0,1136 ano -1 CÁLCULO DA DENSIDADE DE INCIDÊNCIA DE “X” =

34 5 pessoas com “x” 1 pessoa (5 anos) + 1 pess (3,8 a) + 1 pess (4,4 a) + 1 pess (5 a) + 1 pess (3,8 a) + 1 pess (5 a) + 1 pess (5 a) + 1 pess (5 a) + 1 pess (5 a) + 1 pess (3,4 a) + 1 pess (2,2 a) + 1 pess (5 a) 5 pessoas com ”x” 5 pess 5 = 1 pessoa (52,6 anos) 52,6 pess x anos 52,6 anos = = 0,0951 ano -1 CÁLCULO DA DENSIDADE DE INCIDÊNCIA DE “X” = x x x x x B anos 0

35 PÁGINA A (livro: pg 77) Association between depressive symptoms and mortality in older women

36

37 Uso de prevalência e incidência Para entender a dinâmica de uma doença ou agravo à saúde num grupo de estudo: basta a incidência em doenças de curta duração; em doenças crônicas são necessárias as duas medidas, prevalência e incidência.

38 Exemplo usando o Estudo de Framingham

39 Sexo Masculino Feminino Número com DIC Número examinado / 1083 x 1000 = 5 Prevalência (% o ) 6 / 1317 x 1000 = 5 Prevalência de doença isquêmica do coração (DIC) em pessoas de anos de idade em Framingham, antes do início do estudo de incidência, de acordo com o sexo homens e mulheres iniciaram o acompanhamento

40 Casos novos de DIC em 8 anos Pessoas com anos no início do estudo Incidência acumulada (% o ) em 8 anosSexo Masculino / 1078 x 1000 = 24,1 Feminino / 1311 x 1000 = 1,5 Incidência acumulada (risco) de DIC em oito anos no estudo de Framingham, em pessoas com anos de idade no início do tempo de observação, por sexo. A incidência acumulada (risco) de DIC em homens foi 16,1 vezes (24,1 / 1,5) aquela das mulheres.

41 Essa medida relativa, muito utilizada em Epidemiologia, Risco em 8 anos, em homens de anos  Risco em 8 anos, em mulheres de anos é conhecida como RISCO RELATIVO (RR)

42 Se a incidência (casos novos) em homens foi 16 vezes a das mulheres, como explicar prevalências (casos existentes) iguais ?

43 01jan jan jan jan jan jan1955             Casos em cada pessoas

44

45 Na vida real... ocorrem desistências de participantes e perdas no seguimento

46 Uma maneira de lidar com isso é a Análise de “Sobrevida” Tábua de vida (life-table) Kaplan-Meier

47 100% - 50% - No início do estudo todos são “sobreviventes” Tempo % de “sobre- viventes” Mesmo risco ao final do período |  Diferença  |

48 Figura - Casos de AIDS-doença de transmissão materno-infantil em crianças de 0-12 anos de idade, notificados ao sistema oficial do Estado de São Paulo no período de 1987 a 1994: probabilidade de sobrevivência nos 18 meses após a data de diagnóstico, de acordo com três categorias de idade à data do diagnóstico. PÁGINA 20  9 m 6 |— 9 m < 6 m Idade de manifestação da doença

49 PÁGINA 21 Tabela - Casos de AIDS-doença de transmissão materno-infantil em crianças de 0-12 anos de idade, notificados ao sistema oficial do Estado de São Paulo no período de 1987 a 1994: probabilidade de sobrevivência nos 18 meses após a data de diagnóstico, de acordo com três categorias de idade à data do diagnóstico. Log-rank test:  2 2gl = 238,80p < 0,001 meses)

50

51

52

53

54


Carregar ppt "Medidas de freqüência e de risco 4. Mede a proporção de indivíduos que é afetada por uma condição (casos existentes) num dado ponto do tempo. PREVALÊNCIA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google