A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PORQUE VOCÊ ESTÁ AQUI?. NC – Foi evidenciado que a organização não trata as não conformidades conforme procedimentos estabelecidos. Causa provável: A.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PORQUE VOCÊ ESTÁ AQUI?. NC – Foi evidenciado que a organização não trata as não conformidades conforme procedimentos estabelecidos. Causa provável: A."— Transcrição da apresentação:

1 PORQUE VOCÊ ESTÁ AQUI?

2 NC – Foi evidenciado que a organização não trata as não conformidades conforme procedimentos estabelecidos. Causa provável: A ferramenta RNC não é eficaz na solução dos problemas, devido: 1.Alto índice de reincidência, por não haver estudo de causas prováveis; 2.Difícil preenchimento do formulário, difícil de enquadrar os requisitos do SGQ; 3.Falta de acompanhamento on-line do status dos formulários; 4.Falta de disciplina, entre outros.

3 TREINAMENTO Tratativa de NãoConformidades

4 Requisitos:MSQIPROCEDIMENTOSPR’S INSTRUÇÃO DE TRABALHO IT’S REGISTROS - ESPECIFICAÇÕES EN ISO 9001: EN ISO 13485:2003 Diretiva 43/92 (CE) RDC Nº59 (ANVISA) Entre outros

5 Trabalho em Equipe: De ‘eu’ para ‘nós’ Acordar e documentar definições. Definir Equipe; Definir metas e objetivos; Definir papeis/funções; Definir regras básicas de relacionamento;

6 NÃO CONFORMIDADE Definição NBR ISO 9000:2005 “Não atendimento a um requisito” Requisito: necessidade ou expectativa, geralmente, de forma implícita ou obrigatória. Nota: Defeito é o não atendimento a um requisito relacionado a um uso pretendido ou especificado.

7 Evidências: Definição NBR ISO 9000:2005 “Dados que apóiam a existência ou a veracidade de alguma coisa” Nota: A evidência objetiva pode ser obtida através de observação, medição, ensaio ou outros meios.

8 Avaliação da Não Conformidade Procedente ou improcedente? A não conformidade foi evidenciada? Houve documentação das evidências? O requisito não atendido foi determinado? A não conformidade foi s ss sistêmica? A não conformidade afeta o SGQ? Para respostas “não” a NC é Improcedente.

9 Evidências: Auditoria Interna (1ª Parte); Auditoria Externa (2ª e 3ª parte); Auditoria de Processo (1ª Parte); Liberação de Produto; Indicadores (estratificação); Relatório de Reclamação; Análise de Produto Devolvido; 5W2H O que? Quando? Onde? Quem? Porque? Como? Quanto?

10 Contenção – Conter: Reprimir, refrear, manter em certos limites Disposição – Dispor: arrumar, organizar, propósito, uso... de forma metódica Disposição e Ação de Contenção: Reclamação pós venda Disposição: Enviar produto ao cliente e investigar causas da não conformidade, Contenção: Verificar produto em estoque. Máquina parada por falta de matéria prima: Contenção: mudar o produto planejado, Disposição: solicitar compra de matéria-prima. Ação de Contenção e Disposição não corrige a não conformidade

11 Investigação da Causa Raiz: Brainstorming Diagrama de Causa e Efeito 5Porquês Diagrama de pareto Estratificação Fluxograma Check List Cartas de Controle “Eu ouvi e esqueci, eu li e lembrei, eu fiz e aprendi”. Confúcio

12 BRAINSTORMING – CHUVA DE IDÉIAS Tem como objetivo estabelecer um método comum para um grupo gerar com criatividade e eficácia, um alto volume de idéias em qualquer tópico, através de um processo livre de críticas e julgamento; Exercício Entrega fora do prazo; Furo de Estoque; Alto índice de ajuste de máquina; Intoxicação Alimentar

13 DIAGRAMA DE CAUSA E EFEITO Tem como objetivo permitir que um grupo identifique, explore, e exiba graficamente, em detalhes cada vez maiores, todas as causas possíveis em um problema ou condição, para descobrir a sua verdadeira raiz ou raízes.

14 6 M’s - Bolo Matéria Prima Máquina Mão de Obra Método Meio de Controle Meio Ambiente

15 DIAGRAMA DE CAUSA E EFEITO Método M. Controle Máquina M.Ambiente Mão ObraM. Prima EFEITO

16 DIAGRAMA DE PARETO Tem como objetivo concentrar esforços nos problemas que apresentam as maiores possibilidades de melhora, mostrando a sua freqüência ou tamanho relativos em um gráfico de barras descendentes Exercício Motivos de Reclamação x Mês; Motivos de Não Conformidade de produto x Mês; Ocorrência de Pragas x Locais; Ajuste de Máquina x Máquina

17 Fluxograma Permite a identificação e o fluxo seqüencial real dos eventos de um processo seguido por cada produto ou serviço. Entrada Saída Ação Atividades Decisão Direção Coleta de Dados Inspeção

18 Cartas de Controle O processo é tido como “fora de controle” se: 1.Um ou mais pontos caem fora dos limites de controle; 2.Dois pontos, em três consecutivos, do mesmo lado da linha média, superior ou inferior; 3.Nove pontos consecutivos de um mesmo lado da linha média; 4.Seis pontos consecutivos ascendentes ou descendentes;

19 Cartas de Controle - Exercício

20 Fluxograma Exercício Atendimento de solicitação de produto para pesquisa; Monitoramento de Indicador; Troca de Ferramenta; Atendimento a solicitação de treinamento

21 Definição NBR ISO 9000:2005 “Ação para eliminar a causa de uma não conformidade identificada ou outra situação indesejável” Ação Corretiva: Nota1: Pode existir mais de uma causa para uma não conformidade. Nota2: A ação corretiva é executada para prevenir a repetição, enquanto que a ação preventiva é executada para prevenir a ocorrência.

22 Definição NBR ISO 9000:2005 “Ação para eliminar a causa de uma potencial não conformidade identificada ou outra situação indesejável” Ação Preventiva: Nota1: Pode existir mais de uma causa para uma não conformidade potencial. Nota2: A ação corretiva é executada para prevenir a repetição, enquanto que a ação preventiva é executada para prevenir a ocorrência.

23 Plano de Ação Corretiva Definir: Objetivo Atividades Prazos Responsáveis

24 Plano de Ação Corretiva - PDCA P Planejamento Análise do Processo Determinação de: Especificação, Limites, Prazos, Custos e definir meio de controle. D Executar, Implementar, Treinar e Capacitar e coletar dados. C Checar, verificar eficácia do treinamento analisar dados coletados. A Agir, Analise do processo, revisar especificações, Ações Corretivas e preventivas

25 Plano de Ação Corretiva - PDCA

26 Avaliação da Eficácia da(s) Ação(ões) Corretiva(s) 5W2H O que? Quando? Onde? Quem? Porque? Como? Quanto? Definição NBR ISO 9000:2005 “Eficácia é a extensão na qual as atividades planejadas são realizadas e os resultados planejados alcançados”

27 Para que? Para a empresa? Para seu chefe? Para você!


Carregar ppt "PORQUE VOCÊ ESTÁ AQUI?. NC – Foi evidenciado que a organização não trata as não conformidades conforme procedimentos estabelecidos. Causa provável: A."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google