A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

303. Empréstimos, juros e bancos financeiros (BANK)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "303. Empréstimos, juros e bancos financeiros (BANK)"— Transcrição da apresentação:

1 303. Empréstimos, juros e bancos financeiros (BANK)

2 Quando dinheiro é incluído em modelos de sistemas, novas configurações são adicionadas representando finanças. Um aspecto é ilustrado por BANK. Cada dólar dado ao banco é registrado como uma contabilidade de dólares (D) representando as contas de depósito do banco. Depósitos a esquerda fornecem dinheiro (JD) ao depósito de dinheiro dos bancos (M).

3 Proporcional a conta, o dinheiro volta para quem o depositou (K2*D) quando eles sacam seus depósitos escrevendo cheques. Também voltando do banco para quem o depositou os juros, os quais são determinados pela conta de depósito e a taxa de juros vigente (IN*D).

4

5 O banco empresta seu dinheiro em excesso de 1E6 reserva de dinheiro e recebe um maior juro (1I) que o IN o qual ele paga aos seus clientes. O dinheiro também vai para os gastos operacionais do banco (K3*M). O dinheiro no banco (M) é um balanço de dois processos: um, a esquerda, recebe depósitos pelos quais juros são pagos, e o outro, a direita, fazendo empréstimos pelos quais juros são recebidos. Gerando lucro por pagar menos juros a seus clientes do que cobra daqueles que fazem os empréstimos.

6 Conforme mostrado na Figura IV-3a, o dinheiro guardado no banco (M) é calculado conforme o dinheiro depositado mais juros em seus empréstimos, e depósitos pagos de volta, e em juros pagos. Entretanto, a contabilização dos débitos pertencentes aos clientes (D) são mantidos separadamente. D não é um depósito de dinheiro; é um extrato da conta de depósitos pertencentes aos clientes. A quantidade (D) diminui quando os depósitos são pagos novamente.

7 Mi.xls

8 Então se há um lucro líquido (Figura IV-3b), dinheiro cresce exponencialmente composto por sucessivos empréstimos e juros. Entretanto, se não há um lucro líquido, o dinheiro cai chegando a zero parando o processo com a palavra "falência" impressa. A simulação (Figura IV-3b) representa o início do banco. Depósitos e a conta de depósitos criada desenvolvendo um balanço limitado pelo número de clientes. O dinheiro cresce com depósitos.

9 Símbolo amplificar em forma de triângulo Na Figura IV-3aum símbolo amplificador em forma de triângulo é usado. O símbolo é para um ou mais fluxos que são direcionados por causas diferentes. Na figura, o dinheiro do banco retorna aos clientes em proporção a D, os depósitos. Outro exemplo do uso do símbolo amplificador mostra o ganho de juros fluindo para os clientes a partir do banco direcionados pelo produto da taxa de juros e contas de depósitos (IN*D).

10 Exemplos de modelos de bancos Os bancos aceitam os depósitos das pessoas para fazer empréstimos de hipotecas para financiar a compra de casas. Apesar de você poder agir como se o dinheiro emprestado é seu para gastar, você também deve ter noção de gastos já que terá que pagá-lo de volta com juros adicionados. Se você algumas vezes empresta e também fornece dinheiro você se enquadra neste modelo.

11 Problemas experimentais "E se" 1. O que acontece com os depósitos do banco se a taxa de juros paga aos clientes (IN) aumenta? Aumente IN para 0.07 e veja. 2. Suponha que depois que seu banco trabalha há dez anos, ele ganha uma reputação de ser mal- gerenciado e a t6axa de novos depósitos cai a metade. O que acontecerá com o dinheiro do banco e com seus débitos? Faça JD=5E4 e execute novamente. Qual é o efeito de maiores reduções? Faça JD=2E4 e execute novamente.

12 3. Após dez anos a economia na cidade diminui, e o banco é incapaz de fazer metade de seus empréstimos. Ele sobreviverá se conseguir manter seus depósitos? Mude o termo em dinheiro de entrada de empréstimos e mude a equação para a seguinte: X*0.4*LI*M

13

14 COMPUTER MINIMODELS AND SIMULATION EXERCISES FOR SCIENCE AND SOCIAL STUDIES Howard T. Odum* and Elisabeth C. Odum+ * Dept. of Environmental Engineering Sciences, UF + Santa Fe Community College, Gainesville Center for Environmental Policy, 424 Black Hall University of Florida, Gainesville, FL, Copyright 1994 Autorização concedida gentilmente pelos autores para publicação na Internet Laboratório de Engenharia Ecológica e Informática Aplicada - LEIA - Unicamp Enrique Ortega Mileine Furlanetti de Lima Zanghetin Liana Barbudo Carrasco Campinas, SP, 20 de julho de 2007


Carregar ppt "303. Empréstimos, juros e bancos financeiros (BANK)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google