A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MITOLOGIA GRECO-ROMANA. MITOLOGIA É......o estudo dos mitos de uma cultura em particular creditadas como verdadeiras e que constituem um sistema religioso.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MITOLOGIA GRECO-ROMANA. MITOLOGIA É......o estudo dos mitos de uma cultura em particular creditadas como verdadeiras e que constituem um sistema religioso."— Transcrição da apresentação:

1 MITOLOGIA GRECO-ROMANA

2 MITOLOGIA É......o estudo dos mitos de uma cultura em particular creditadas como verdadeiras e que constituem um sistema religioso ou de crenças específicos. Os mitos são, geralmente, histórias baseadas em tradições e lendas feitas para explicar o universo, a criação do mundo, fenômenos naturais e qualquer outra coisa a que explicações simples não são atribuíveis. Mas nem todos os mitos têm esse propósito explicativo. Em comum, a maioria dos mitos envolvem uma força sobrenatural ou uma divindade, mas alguns são apenas lendas passadas oralmente de geração em geração. Pessoas de muitas religiões tomam como ofensa a caracterização de sua fé como um conjunto de mitos, pois isso é afirmar que a religião em si é uma mentira. Mesmo assim, muitas pessoas concordam que cada religião tem um grupo de mitos os quais desenvolveram-se somados às escrituras.

3 MITOLOGIA GRECO-ROMANA A origem do mundo = cosmogonia No princípio era o Caos (vazio), matéria eterna, informe, rudimentar, mas dotada de energia prolífica; depois veio Géia/Gaia (Terra), Tártaro (habitação profunda, abaixo do próprio inferno) e Eros (o Amor), a força do desejo. O Caos deu origem ao Érebo (escuridão profunda) e a Nix (noite). Nix Gerou Éter e Hemera (Dia). De Gaia nasceram Úrano (Céu), Montes e Pontos (Mar). 1º reinado - reinado de Urano: Urano (céu) se une a Gaia (Terra); filhos: os Titãs (dentre eles Cronos/Saturno), as Titânidas (dentre elas Réia), os Ciclopes e os Hecatonquiros (monstros de cem braços e de cinquenta cabeças) Por solicitação de Gaia, Cronos mutila seu pai Urano, contando-lhe os testículos. Do Sangue de Urano que caiu sobre Gaia nasceram as Erínias/Fúrias, os Gigantes e as Ninfas dos Freixos, chamadas Mélias ou Melíades; da parte que caiu no mar e formou uma espuma nasceu Afrodite (OBS: UMA DAS VERSÕES DO NASCIMENTO DESSA DEUSA)

4 2º reinado: reinado de Cronos - após destronar o Urano, Cronos converteu- se num tirano pior que seu pai. Lançou no Tártaro seus irmãos, os Ciclopes e os Hecatônquiros, porque os temia. A profecia de Urano e Gaia: um dos filhos de Cronos e Réia, sua esposa e irmã, iria destroná-lo. Por causa disso, ele passou a engoli-los, tão logo nasciam. “Saturno devorando seus filhos” - Goya

5 3º reinado: reinado de Zeus – Após dar a luz Hera, Hades, Poseidon, Hestia e Démeter, Réia resolveu proteger seu último filho, Zeus. Teve o bebê numa caverna e estregou-o para as ninfas da floresta cuidarem. Quando cresceu, Zeus enganou o pai, dando-lhe uma bebida que o fez vomitar todos seus irmãos. SIMBOLOGIA: Zeus, ao derrotar Cronos, derrota o tempo; é por isso que os deuses são imortais. Ao lado dos irmãos, Zeus declara guerra ao pai e, conseqüentemente, aos Titãs. Essa guerra é chamada de Titanomaquia. Zeus e seus irmãos contaram com a ajuda dos Ciclopes e Hecatônquiros, que prenderam os Titãs consigo no Tártaro. Assim, com a vitória dos deuses, dividiu-se o mundo em três reinos principais: reino dos deuses e dos seres vivos: Zeus reino dos mares: Poseidon reino dos mortos: Hades

6 A criação do homem Os homens foram criados por Prometeu (eram seres de barro, como bonequinhos). Querendo animar suas novas criaturas, Prometeu rouba o fogo celeste, dando vida e inteligência (a luz) aos homens. Furioso, Zeus pune Prometeu, acorrentando-o ao monte Cáucaso. Todos os dias, uma águia (ou um abutre) comia um pedaço do fígado de Prometeu; ele, como era imortal, regenerava-se dia a dia, num ciclo sem fim.

7 DEUSES DO OLIMPO

8 ZEUS/JÚPITER E HERA/JUNO Zeus é o pai de todos e o mais poderoso. Sentava-se num trono com uma águia aos pés, tendo na mão um raio. Quando queria vingar-se de alguém, arremessava o raio, seguido dum trovão. Hera, ou Juno, é sua mulher e irmãe a primeira das deusas; trazia sempre consigo um pavão.

9 Poseidon governava os mares num carro puxado por um par de cavalos marinhos, tendo na mão o tridente - uma enorme espécie de garfo, com três pontas. Netuno provocava tempestades, ou fazia as tempestades cessarem com uma simples pancada do tridente nas ondas. É casado com Anfitrite. POSEIDON/NETUNO

10 HEFESTO/VULCANO Deus do fogo. Era um ferreiro manco, que trabalhava numa oficina dentro da Terra. A fumaça de sua forja saía pela cratera dos vulcões - que se chamaram assim por causa dele, Vulcano.

11 APOLO/HÉLIOS Apolo era o mais belo de todos e governava a luz e a música. Todas as manhãs Apolo aparecia no Horizonte guiando o carro do Sol e dava volta no céu para iluminar o mundo.

12 ÁRTEMIS/DIANA Ártemis ou Diana era irmã gêmea de Apolo, deusa da lua e das caçadas. Diana vivia de arco e flecha em punho, perseguindo os animais.

13 ARES/MARTE E AFRODITE/VÊNUS Ares é o terrível deus da Guerra, que só estava satisfeito quando via os homens se matarem uns aos outros. Afrodite, por sua vez, era a deusa do amor, a mais bela das Deusas. Nascera da espuma do mar e tinha um filho semideus de nome Eros ou Cupido, que era especialista em flechar corações com flechas invisíveis. O relacionamento entre Ares e Afrodite é uma simbologia: somente o amor aplaca a guerra.

14 HERMES/MERCÚRIO Hermes é o mensageiro dos Deuses. Tinha asas no capacete e usava uma vara mágica (o caduceu) de paz, que posta entre duas pessoas em luta imediatamente as fazia amigas.

15 ATENA/MINERVA A deusa da sabedoria (por isso a expressão “voto de Minerva”), que nasceu dum modo especial. Júpiter teve uma dor de cabeça horrível, que não passava com nenhum remédio. Desesperado, chamou Vulcano para que lhe rachasse a cabeça com um golpe de machado. Vulcano obedeceu; mas em vez de saírem os miolos de Júpiter para todo lado, saiu, isso sim, a sua filha Minerva.

16 VESTA/HÉSTIA A deusa do lar e da família. DEMÉTER/CERES Deusa da agricultura.

17 HADES/PLUTÃO (único dos deuses mais importantes a viver constantemente fora do Olimpo) Hades, irmão de Zeus, tomava conta do Inferno e tinha a seu serviço o cão de três cabeças Cérbero, que tomava conta do inferno para não deixar nenhum vivo entrar e nenhuma sombra, que é como chamavam as almas, sair. Hades é casado com Perséfone/Prosérpina, filha de Deméter. O nome Hades é também usado para designar o reino dos mortos, os infernos. OBS: é comum associar Hades ao “mal”, uma vez que ele vive no mundo dos mortos. No entanto, para a mitologia, os infernos são, simplesmente, o lugar para onde todos que morrem vão, não tendo nenhuma conotação de “castigo”. Sendo assim, Hades não é “o demônio”, como aparece em várias histórias.

18 OUTROS SERES E PERSONAGENS MITOLÓGICOS - Heróis: seres mortais, filhos de deuses com seres humanos. Exemplos : Herácles (ou Hércules), Aquiles (“A Ilíada” – filme “Tróia”), Perseu (mata Medusa) e Teseu (mata o Minotauro).

19 -Ninfas : seres femininos que habitavam os campos e bosques, levando alegria e felicidade. - Sátiros : figura com corpo de homem, chifres e patas de bode.

20 -Centauros : corpo formado por uma metade de homem e outra de cavalo. - Sereias : mulheres com metade do corpo de peixe, atraíam os marinheiros com seus cantos atraentes.

21 CURIOSIDADE: simbologia do centauro e do Minotauro. O centauro era um ser mais nobre, pois possuía a metade superior humana, ou seja, a razão, a inteligência, e a força de um touro. O Minotauro, por sua vez, era um ser amaldiçoado, pois além de viver preso no labirinto, tinha a força de um humano “comum” e não possuía a racionalidade

22 - Górgonas : mulheres, espécies de monstros, com cabelos de serpentes. Exemplo: Medusa CURIOSIDADE: o Pégaso, um animal tão puro e belo, nasceu do sangue derramado da cabeça decepada de Medusa.

23 - Quimeras : mistura de leão, cabra e dragão, soltavam fogo pelas ventas.

24 FIM


Carregar ppt "MITOLOGIA GRECO-ROMANA. MITOLOGIA É......o estudo dos mitos de uma cultura em particular creditadas como verdadeiras e que constituem um sistema religioso."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google