A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA."— Transcrição da apresentação:

1 AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA

2 Sede SALVADOR Campus Anísio Teixeira – VITÓRIA DA CONQUISTA Campus Edgar Santos – BARREIRAS ADMINISTRAÇÃO CENTRAL 01 REITORIA 06 PRÓ-REITORIAS 30 UNIDADES UNIVERSITÁRIAS 15 ÓRGÃOS SUPLEMENTARES BIBLIOTECAS: 01 CENTRAL 27 SETORIAIS 03 HOSPITAIS 02 MUSEUS 01 EDITORA

3 A UFBA EM NÚMERO DE CURSOS GRADUAÇÃO Salvador 57 Vitória da Conquista6 Barreiras3 TOTAL66* PÓS-GRADUAÇÃO Doutorado 30 Mestrado49 Especialização56 TOTAL135 * excluindo o PROLE NÚMERO DE ALUNOS NÚMERO DE SERVIDORES GRADUAÇÃO PÓS - GRADUAÇÃO Doutorado1.019 Mestrado2.233 Especialização395 Médicos Residentes129 DOCENTES EFETIVOS DOCENTES TEMPORÁRIOS 571 TÉCNICO- ADMINISTRATIVOS 3.326

4 ANTECEDENTES

5 CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO MOBILIZADORA CATALIZADORA EXECUTORA CONSTRUTORA Secretaria Executiva da CPA-UFBA (ISP/UFBA)

6 AÇÃO PRELIMINAR  Definição do projeto de auto-avaliação institucional Matriz de informações para o processo de avaliação interna ( contém as dimensões a serem consideradas na avaliação, com seus respectivos indicadores, descritores e meios de verificação )

7 PRINCÍPIOS DA METODOLOGIA  PARTICIPAÇÃO dos diferentes segmentos da comunidade universitária e a transparência no desenvolvimento das atividades e na coleta, tratamento, análise dos dados e utilização dos resultados.  GLOBALIDADE, significando que os resultados da avaliação devem expressar uma visão de conjunto da Instituição.  GRADUALIDADE, expressando a estratégia de envolvimento dos diferentes sujeitos no processo de avaliação e o próprio desenvolvimento do projeto, com a incorporação das diferentes dimensões, objeto da avaliação, a partir de sua maior ou menor complexidade.

8 DIMENSÕES DE ANÁLISE 1. A MISSÃO E O PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL 2. A POLÍTICA PARA O ENSINO, A PESQUISA, A PÓS-GRADUAÇÃO E A EXTENSÃO 3. A RESPONSABILIDADE SOCIAL DA INSTITUIÇÃO 4. A COMUNICAÇÃO COM A SOCIEDADE 5. AS POLÍTICAS DE PESSOAL 6. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DA INSTITUIÇÃO 7. INFRA-ESTRUTURA FÍSICA 8. PLANEJAMENTO E AVALIAÇÃO 9. POLÍTICAS DE ATENDIMENTO A ESTUDANTES E EGRESSOS 10. SUSTENTABILIDADE FINANCEIRA 11. UNIDADES DE SAÚDE DA UFBA

9 PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS  A PESQUISA DOCUMENTAL  O REGISTRO DA PERCEPÇÃO DE GESTORES DE DIFERENTES ÓRGÃOS E NÍVEIS DA ADMINISTRAÇÃO UNIVERSITÁRIA  OUTROS PROCEDIMENTOS UTILIZADOS NA REALIZAÇÃO DE ESTUDOS ESPECIAIS

10 AÇÕES EVENTUAIS SEMINÁRIOS E ENCONTROS DE TRABALHO ETAPA 1 – SENSIBILIZAÇÃO DA COMUNIDADE UNIVERSITÁRIA I Seminário de Auto-Avaliação Institucional da UFBA: retomando um desafio permanente OBJETIVOS – Apresentar a importância da avaliação como:  mecanismo de fortalecimento das relações de cooperação entre os diversos atores institucionais  subsídio, de caráter permanente, para o estabelecimento e reformulação das políticas institucionais  instrumento de aprimoramento da competência pedagógica do corpo docente e capacidade profissional do corpo docente e técnico-administrativo  elemento estratégico de gestão, capaz de identificar fragilidades e potencialidades institucionais

11 AÇÕES EVENTUAIS SEMINÁRIOS E ENCONTROS DE TRABALHO ETAPA 2 – Levantamento de dados e informações (primários e secundários), através de formulários e grupos focais e elaboração de relatórios parciais  II Seminário de Auto-Avaliação Institucional da UFBA OBJETIVO – Apresentar um balanço do que foi realizado pelos grupos que já tinham iniciado o processo de auto-avaliação e definir as próximas ações.  Encontro de trabalho – Avaliação dos Cursos de Graduação OBJETIVO – Analisar o resultado da aplicação dos Questionários de Avaliação dos Cursos de Graduação com os Coordenadores dos Cursos, provocando a apresentação de sugestões que solucionem ou amenizem os problemas, interna e externamente ao curso e à Universidade.

12 AÇÕES DE LONGA DURAÇÃO  Elaboração dos Relatórios Setoriais Órgãos da Administração Central Órgãos Suplementares Colegiados de Cursos de Graduação Unidades Acadêmicas

13 AÇÕES DE LONGA DURAÇÃO  Elaboração de Estudos Especiais  Pesquisa de Imagem Institucional da UFBA  Perfil Sócio-Econômico dos candidatos inscritos e classificados no Concurso Vestibular da UFBA  Estudo de Egressos da UFBA  Superintendência de Pessoal: avaliando a tramitação de processos  O Serviço Médico Universitário Rubens Brasil: acesso, oferta de serviços e demanda reprimida  HUPES: satisfação dos usuários externos  Centro de Processamento de Dados: pesquisa de satisfação de usuários internos  Relatório de Auto-Avaliação da Escola de Música  Relatório de Auto-Avaliação do Instituto de Letras  Organização e Gestão do Sistema de Bibliotecas da UFBA: proposta de modelo

14 AÇÕES DE LONGA DURAÇÃO  Elaboração do Relatório Final CONHEÇA! Projeto de Auto-Avaliação Relatório Final Material de Divulgação PARTICIPE! Elaboração Colaborativa do Relatório Final Envie seus comentários, críticas e sugestões Portal da UFBATV UFBABoletim UFBA em pauta

15 APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS À COMUNIDADE UNIVERSITÁRIA  III Seminário de Auto-Avaliação Institucional da UFBA OBJETIVO – Apresentar e discutir o relatório de auto-avaliação da UFBA Volume 1 Volume 2


Carregar ppt "AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google