A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PLANO ESTADUAL DE MINERAÇÃO com foco nos APL’s de base mineral.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PLANO ESTADUAL DE MINERAÇÃO com foco nos APL’s de base mineral."— Transcrição da apresentação:

1 PLANO ESTADUAL DE MINERAÇÃO com foco nos APL’s de base mineral

2  Interiorização do desenvolvimento  Fomento das cadeias produtivas existentes  Fomento à micro e pequena empresa  Fomento às energias renováveis  Desenvolver as cadeias com grande potencial  Valorização do trabalho e da inovação  Fortalecimento da infraestrutura do Estado DIRETRIZES DE GOVERNO

3 EXPANSÃO DA ATIVIDADE MINERAL DAS MPE’s A Bahia possui uma grande diversidade de bens minerais Cerca de 40 minerais explotados Minerais com maior potencial para exploração:  Argila, gemas, rochas ornamentais, arenito, calcário, ouro, areia e brita. Cerca de 340 empresas legalizadas em atuação Número indeterminado de informais Geração de milhares de empregos

4 DIAGNÓSTICO DA SITUAÇÃO Alto grau de informalidade Falta de regularização: -ambiental; -minerária; -fundiária -fiscal -trabalhista Métodos artesanais de trabalho Baixa qualidade dos produtos Baixa qualificação dos empreendedores e dos trabalhadores Pouco acesso a fontes de financiamento Acesso limitado ao mercado

5 SEGMENTOS PRIORITÁRIOS Rochas Ornamentais Cerâmica Vermelha Gemas & Jóias

6 CERÂMICA VERMELHA São cerca de 480 unidades industriais gerando empregos diretos. Produção de blocos (90%) e telhas (7%), não supre o mercado interno, numa capacidade instalada de 1,6 bilhões de peças/ano. Pequenas e microempresas em 98 municípios: Ibiassucê(21), Jequié (18), Alagoinhas (17), Riachão do Jacuipe (21), Guanambi (15), Caetité (13) e Camaçari (9). Maioria das empresas opera há mais de 5 anos e 25% tem mais de 15 anos de mercado

7 CERÂMICA VERMELHA O Estado possui boa potencialidade de reservas e diversidade de materiais argilosos. Necessidade de modernização técnica e tecnológica Problemas com o meio ambiente Falta de direitos minerários e planejamento da lavra Existência de um laboratório de excelência para análise da matéria-prima e dos produtos (SENAI) e prestação de assistência técnica

8 GEMAS & JÓIAS A Bahia é o 2º maior produtor de gemas do país; Possui mais de 30 variedades gemológicas com destaque para a esmeralda; A produção se concentra em 16 municípios com destaque para Campo Formoso e região; 90% da produção sai informalmente para outros centros; Salvador, Feira de Santana e Campo Formoso são os polos de beneficiamento e comercialização; 400 pontos de venda: joalherias, casas de pedras, lapidações, etc. Infra-estrutura: Centro Gemológico e SENAI (cursos de capacitação de lapidação e joalheria) O Estado promoveu redução de ICMS de 27% para 4%

9 GEMAS & JÓIAS Alta informalidade Problemas ambientais – garimpo Evasão de divisas – produto de fácil ocultação Técnicas de mineração rudimentares – risco de acidentes Necessidade de qualificação da mão-de-obra Estímulo ao beneficiamento no estado

10 AÇÕES -Identificação dos APLs em processo de formação, ou com potencial de ser organizado, e adoção de políticas para promoção de seu desenvolvimento, em parceria com agentes públicos e privados. - Criação de programas de extensionismo mineral, de formalização e capacitação de MPEs, assegurando-se a dotação adequada de recursos juntamente com outros órgãos e entidades públicos e privados - Desenvolvimento de linha de financiamento para formalização e modernização técnica das MPEs, com o objetivo de ampliar a eficiência produtiva e promoção de treinamento gerencial.

11 OBRIGADO! Albert Hartmann Tel: (71)


Carregar ppt "PLANO ESTADUAL DE MINERAÇÃO com foco nos APL’s de base mineral."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google