A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Rede Brasileira de Informação de Arranjos Produtivos Locais de Base Mineral Oficina de Capacitação e Disseminação da Boa Informação em Arranjos Produtivos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Rede Brasileira de Informação de Arranjos Produtivos Locais de Base Mineral Oficina de Capacitação e Disseminação da Boa Informação em Arranjos Produtivos."— Transcrição da apresentação:

1 Rede Brasileira de Informação de Arranjos Produtivos Locais de Base Mineral Oficina de Capacitação e Disseminação da Boa Informação em Arranjos Produtivos Locais de Base Mineral Região Centro – Oeste – Cristalina - GO Julho

2 Rede Brasileira de Informação de Arranjos Produtivos Locais de Base Mineral Ações Externas Meta Instituições Participantes R EDE APL MINERAL Centro de Tecnologia Mineral – CETEM/MCTI Francisco Hollanda Vidal - CATE Rosana Elisa Coppedê da Silva – CATE Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia - IBICT Cecília Leite Oliveira – Coordenadora do Projeto Márcia Liz da Silva – IBICT/MCTI Renata Monteiro Rodrigues - IBICT /MCTI- Secretária Executiva Thiara Carina dos Santos – IBICT/MCTI Victor Mateus Almeida – IBICT/MCTI Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação - MCTI Cristina Ferreira Correia Silva - CGTS/SETEC Tássia de Melo Arraes - CGTS/SETEC Ministério de Minas e Energia -MME Elzivir Azevedo Guerra – DTTM/SGM Enir Sebastião Mendes - DTTM /SGM José Augusto Vieira Costa– DTTM/SGM Ministério do Planejamento e Gestão - MP João Aloísio Vieira – SPI Universidade Federal de Viçosa Alan Ferreira de Freitas SEBRAE Nacional Helena Greco

3 Rede Brasileira de Informação de Arranjos Produtivos Locais de Base Mineral Objetivo  Capacitar e disseminar a boa informação em APLs de base mineral a fim de alcançar o maior número de gestores e liderança dos APLs e cadastrar novos colaboradores para a RedeAPLmineral e CT APL Mineral. Objetivos Específicos  Capacitar a governança dos APLs na utilização do Portal como canal de informação e as ferramentas e serviços disponíveis no portal da Rede e no Observatório;  Divulgar as ações desenvolvidas e apoiadas pela RedeAPLmineral;  Diagnosticar alternativas de atuação e divulgação da RedeAPLmineral nos APLs, especialmente onde não há infraestrutura tecnológica;  Sensibilizar, mobilizar e articular os participantes dos APLs com vistas a implantar e consolidar a Rede, os Grupos de Trabalhos Setoriais (GTS) e o CT APLs de Base Mineral;  Identificar e promover o cadastramento de colaboradores na Rede, nos GTS e no CT APLs de Base Mineral;  Contribuir na elaboração, implantação e manutenção do Banco de APLs de Base Mineral no âmbito do Observatório de APLs; A Oficina

4 Rede Brasileira de Informação de Arranjos Produtivos Locais de Base Mineral RedeAPLmineral A Rede Brasileira de Informação de Arranjos Produtivos Locais de Base Mineral (RedeAPLmineral) é uma rede de informação – sem fins lucrativos - responsável pela divulgação e disseminação da boa informação e das melhores práticas na cadeia produtiva do setor mineral, compreendendo o processo de extração, beneficiamento, e transformação mineral organizado em Arranjo Produtivo Local (APL) de base mineral

5 Rede Brasileira de Informação de Arranjos Produtivos Locais de Base Mineral  Inclusão de metas e iniciativas no Plano Mais Brasil (PPA ) relativas à consolidação, organização e desenvolvimento de APLs de base mineral apoiados pela RedeAPLmineral; Ações em Prol do Desenvolvimento dos APLs de Base Mineral Total: 56 APLs

6 Rede Brasileira de Informação de Arranjos Produtivos Locais de Base Mineral Fonte: Disponível no sítio do Ministério do Planejamento Total: 42 APLs

7 Rede Brasileira de Informação de Arranjos Produtivos Locais de Base Mineral  Estudo que resultou em um documento para reflexões sobre atuação em APLs de base mineral - foco em governança e Gestão – em breve na Rede;  Elaboração cartilha passo a passo para implementação de um APL de base mineral;  Apoio na impressão e divulgação da Cartilha de Segurança do Trabalho (CETEM);  Apoio na elaboração e publicação do catálogo dos Telecentros Minerais;  Cooperação com o Grupo de Trabalho Permanente para Arranjos Produtivos Locais do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (GTP APL/MDIC), para desenvolvimento do Observatório Brasileiro de APLs, constituindo-se como projeto piloto e proposição para a criação do Comitê Temático APL Mineral  O Observatório é o núcleo de inteligência para os APLs.  O CT APL de Base Mineral e a RedeAPLmineral estão iniciando a utilização da ferramentas: Escritório Virtual, Rede Social dos APLs, Banco de APLs, Dados Estatísticos etc. Ações Realizadas em Prol do Desenvolvimento dos APLs de Base Mineral

8 Rede Brasileira de Informação de Arranjos Produtivos Locais de Base Mineral portalapl.ibict.br Observatório Brasileiro de APLs Rede Social

9 Rede Brasileira de Informação de Arranjos Produtivos Locais de Base Mineral  Instituição do Prêmio Melhores Práticas – lançamento em 2010 e primeira edição em 2011; “Iniciativa da RedeAPLmineral que visa distinguir e reconhecer anualmente, as Melhores Práticas realizadas no âmbito da cadeia produtiva do setor mineral, que abrange os processos de pesquisa mineral, extração, beneficiamento, transformação mineral e comercialização dos produtos” Práticas premiadas em 2012: 1o. Lugar: APL Quartzito do Seridó - PB Título da Prática: Aproveitamento de resíduos de quartzito da região do Seridó – PB 2o. Lugar: APL de Agrominerais do Sudoeste Goiano - GO Título da Prática: Avaliação Econômica da Rochagem no Sistema de Plantio Direto (Soja- Milho-Braquiaria) no Sudoeste Goiano 3o. Lugar: APL de Ardósia e APL Pedra São Tomé - MG Título da prática: Alternativas Metodológicas e Tecnológicas para a Restauração Ecológica de Pilhas de Rejeito de Rochas Ornamentais – Ênfase na Utilização dos seus Rejeitos Ações Realizadas em Prol do Desenvolvimento dos APLs de Base Mineral

10 Rede Brasileira de Informação de Arranjos Produtivos Locais de Base Mineral 2013 Inscrições até 13/09

11 Rede Brasileira de Informação de Arranjos Produtivos Locais de Base Mineral Ações Realizadas em Prol do Desenvolvimento dos APLs de Base Mineral  Realização de eventos para a promoção de debates e disseminação das temáticas transversais dos APLs: seminários e encontros nacionais anuais, oficinas de trabalho e reuniões do Comitê Executivo; X SEMINÁRIO NACIONAL DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS DE BASE MINERAL & VII ENCONTRO DA REDEAPLMINERAL

12 Rede Brasileira de Informação de Arranjos Produtivos Locais de Base Mineral  Serviço de Resposta Técnica - orientações técnicas sobre as atividades de mineração com ênfase em produção e beneficiamento de minérios, bem como quanto às questões ambientais e de licenciamento de atividades minerais; Ações Realizadas em Prol do Desenvolvimento dos APLs de Base Mineral

13 Rede Brasileira de Informação de Arranjos Produtivos Locais de Base Mineral Portal da RedeAPLmineral

14 Rede Brasileira de Informação de Arranjos Produtivos Locais de Base Mineral Como participar da RedeAPLmineral Pessoa física: Por meio das comunidades da Rede Social do Observatório; Por meio do manifesto de interesse em fazer parte da RedeAPLmineral; Pessoa jurídica: Por meio das comunidades da Rede Social do Observatório; Por meio do manifesto de interesse em fazer parte da RedeAPLmineral;

15 Rede Brasileira de Informação de Arranjos Produtivos Locais de Base Mineral Renata Monteiro Rodrigues – Secretaria Executiva da RedeAPLmineral Tel.: Contatos


Carregar ppt "Rede Brasileira de Informação de Arranjos Produtivos Locais de Base Mineral Oficina de Capacitação e Disseminação da Boa Informação em Arranjos Produtivos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google