A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Por que acolher - Acolhimento é comunicação - Necessidade de sobrevivência pastoral -Todos desejam ser bem acolhidos na comunidade eclesial - É o que distingue.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Por que acolher - Acolhimento é comunicação - Necessidade de sobrevivência pastoral -Todos desejam ser bem acolhidos na comunidade eclesial - É o que distingue."— Transcrição da apresentação:

1 Por que acolher - Acolhimento é comunicação - Necessidade de sobrevivência pastoral -Todos desejam ser bem acolhidos na comunidade eclesial - É o que distingue uma comunidade - é o que faz a diferença - o que estamos fazendo na comunidade? - damos importância ao acolhimento? - acolher é atender?

2 O que é atender? É acolher. Receber com atenção e cortesia. Dar ou prestar atenção a algo. O atendimento pressupõe uma ajuda de uma pessoa à outra. Sempre que você atende, você está se relacionando com outra pessoa. Assim você deve se preocupar com o seu comportamento e a influência que ele exerce nas pessoas com quem você se relaciona. Deve se preocupar com o tipo de ajuda que pode prestar e como auxiliá-las na resolução de suas dificuldades. As pessoas que procuram o atendimento trazem necessidades que poderão ser resolvidas através de sua ajuda. O atendimento traz a possibilidade de enriquecimento pessoal e de enriquecimento do trabalho, porque ele envolve pessoas. Você já pode estar iniciando um novo tempo! Atendimento novo, vida nova.

3 Bom atendimento: É aquele que traz como resultado um/o paroquiano/fiel satisfeito; Atendente gratificado; Organização com imagem valorizada; Para atender bem algumas habilidades são necessárias. Habilidade é a facilidade que as pessoas têm para executar determinada tarefa. As habilidades podem ser adquiridas, desenvolvidas ou treinadas.

4 Aspectos do acolhimento A importância do acolhimento na comunidade Para que vou à missa, aos sacramentos e etc. A missa é muito parada ou barulhenta Buscar o pão da Palavra x Eucaristia Como estamos recepcionando os sacramentos A catequese, a eucaristia, crisma etc.

5 O profeta Elias 1 Reis 19,4-8: desanimado, foge. Homem de Deus desestruturado interiormente O desânimo toma conta das pessoas Outros: Moisés, Josué, Elias, Davi, Jeremias, discípulos... Perdem o estimulo de viver e brilhar Pessoas apagadas, sem brilho, esperança Madre Teresa, na crise da Índia Oração não respondida Ah! Vou desistir...

6 O que é acolher? Acolher é interpretar as crises das pessoas As pessoas desmotivadas necessitam de nosso apoio Necessidade de conscientização. Ex.: Mc 7,31-37: tirar da multidão Revisão de pastoral e investir nela Certas celebrações se parecem com uma geladeira

7 O que Jesus ensinou Lucas 5,1-11: lançai a rede Poderia ter pedido para rezar mais Acostumados a pescar no raso Experimentar o poder de Deus O acolhimento nos desafia na pastoral Não somente entregar folhetos e dar alguns recados

8 JESUS A SERVIÇO DA VIDA Jesus, o Bom Pastor, quer comunicar-nos a sua vida e colocar-nos a serviço da vida. Vemos como ele se aproxima do cego no caminho:. Mc 10,46-52: “46 Chegaram a Jericó. Jesus saiu de Jericó, junto com seus discípulos e uma grande multidão. Na beira do caminho havia um cego que se chamava Bartimeu, o filho de Timeu; estava sentado, pedindo esmolas. 47 Quando ouviu dizer que era Jesus Nazareno que estava passando, o cego começou a gritar: «Jesus, filho de Davi, tem piedade de mim!» 48 Muitos o repreenderam e mandaram que ficasse quieto. Mas ele gritava mais ainda: «Filho de Davi, tem piedade de mim!» 49 Então Jesus parou e disse: «Chamem o cego.» Eles chamaram o cego e disseram: «Coragem, levante-se, porque Jesus está chamando você.» 50 O cego largou o manto, deu um pulo e foi até Jesus. 51 Então Jesus lhe perguntou: «O que você quer que eu faça por você?» O cego respondeu: «Mestre, eu quero ver de novo.» 52 Jesus disse: «Pode ir, a sua fé curou você.» No mesmo instante o cego começou a ver de novo e seguia Jesus pelo caminho”.

9 CONTINUAÇÃO... Quando dignifica a samaritana:. Jo 4,7-26: “Então chegou uma mulher da Samaria para tirar água. Jesus lhe pediu: «Dê- me de beber.» 8 (Os discípulos tinham ido à cidade para comprar mantimentos). 9 A samaritana perguntou: «Como é que tu, sendo judeu, pedes de beber a mim, que sou samaritana?» (De fato, os judeus não se dão bem com os samaritanos). 10 Jesus respondeu: «Se você conhecesse o dom de Deus, e quem lhe está pedindo de beber, você é que lhe pediria. E ele daria a você água viva.»....

10 CONTINUAÇÃO... Quando cura os enfermos:. Mt 11,2-6: “João estava na prisão. Quando ouviu falar das obras do Messias, enviou a ele alguns discípulos, 3 para lhe perguntarem: «És tu aquele que há de vir, ou devemos esperar outro?» 4 Jesus respondeu: «Voltem e contem a João o que vocês estão ouvindo e vendo: 5 os cegos recuperam a vista, os paralíticos andam, os leprosos são purificados, os surdos ouvem, os mortos ressuscitam e aos pobres é anunciada a Boa Notícia. 6 E feliz aquele que não se escandaliza por causa de mim!»

11 CONTINUAÇÃO... Não se importa que o chamem de comilão e beberão:. Mt 11,16-19: “16 «Com quem eu vou comparar esta geração? São como crianças sentadas nas praças, que se dirigem aos colegas, e dizem: 17 ‘Tocamos flauta e vocês não dançaram, cantamos uma música triste e vocês não bateram no peito’. 18 Veio João, que não come nem bebe, e disseram: ‘Ele está com um demônio’. 19 Veio o Filho do Homem, que come e bebe, e dizem: ‘Ele é um comilão e beberrão, amigo dos cobradores de impostos e dos pecadores’. Mas, a sabedoria foi justificada por suas obras.»

12 CONTINUAÇÃO... Toca com as mãos os leprosos:. Lc 5,12-16: 12 Aconteceu que Jesus estava numa cidade, e havia aí um homem leproso. Vendo Jesus, caiu a seus pés, e pediu: «Senhor, se queres, tu tens o poder de me purificar.» 13 Jesus estendeu a mão, tocou nele, e disse: «Eu quero, fique purificado.» No mesmo instante a lepra o deixou. 14 Jesus lhe ordenou que não dissesse nada a ninguém. E falou: «Vá pedir ao sacerdote para examinar você, e depois ofereça pela sua purificação o sacrifício que Moisés ordenou, para que seja um testemunho para eles.» 15 No entanto, a fama de Jesus espalhava-se cada vez mais, e numerosas multidões se reuniam para ouvi-lo e serem curadas de suas doenças. 16 Mas Jesus se retirava para lugares desertos, a fim de rezar.

13 Quem são os acolhedores Aqueles que tem criatividade Todos que exercem funções na comunidade: catequistas, vocacional, juventude, apostolado, liturgia etc. Pessoa positiva que puxa para cima Cuidar da aparência Fazer reciclagem constantemente Estar atentos aos que chegam Quando chega uma mãe com um filhinho...

14 Coragem para inovar O que você diz? Jesus te ama? A paz de Jesus? Saborear da casca, nem tudo é bom Todos querem a polpa Conselho de Jesus: Mc 8,27-37 Muitas comunidade envelhecem por falta de criatividade Os donos da igreja não querem mudança E quando o padre é o único mandão? E os chefões dos movimentos? A PA é para dar trabalho às pessoas (ir às casas)

15 O animador da comunidade O acolhedor é um consolador do povo Acolhe-se não só na porta da Igreja Ouvimos: o povo não vai à Igreja Quem atender melhor leva a melhor fatia As pessoas buscam conselhos Hoje o povo vai onde se sente melhor

16 O profeta Ezequiel Leitura: Ez 37, 1-14: o vale de ossos Convoca o Espírito para restaurar o povo Madre Teresa, Ir. Dulce, Frei Damião, Pe. Cícero Hoje temos algumas figuras na televisão Despertar os carismas (1Cor 12,31-13,13) Ter programa para isso: Lucas 4,14-21

17 Na secretaria paroquial Como esta o acolhimento na secretaria? Como esta o ambiente? Fachada: quente, fria? Como vai o secretario/a? A contabilidade esta em dia? Sabe dar recados e informações? Pessoa preparada para atender o povo E os ricos e os pobres? Diferencial? Horário de atendimento: secretaria e o do padre

18 Como esta a sua igreja Como que é a sua paróquia/prédio? Vejamos: bancos, som, ventilador, leitores, pintura, asseio, conforto, calor, telhado, forro, iluminação... Como esta o altar de sua igreja? A organização financeira E a equipe de liturgia? Usa-se Bíblia, folheto ou nada? A missa é interminável? Há muitos recados? Há mural de recados? A homilia é longa? O padre chega cedo ou na horinha...

19 Conclusão... Saiba: "Ser gente e tratar pessoas como gente nos faz cada vez mais gente". Como você esta tratando o seu povo, a pastoral, a organização paroquial, você mesmo, as confissões, o atendimento, a sua formação pessoal, a sua saúde, você esta cansado,a espiritualidade, o entrosamento presbiteral, as preferências...


Carregar ppt "Por que acolher - Acolhimento é comunicação - Necessidade de sobrevivência pastoral -Todos desejam ser bem acolhidos na comunidade eclesial - É o que distingue."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google