A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Diferentes Posturas Curriculares Elliot Eisner. Elliot Eisner, com o intuito de orientar correctamente o professor no exercício das suas funções, decide.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Diferentes Posturas Curriculares Elliot Eisner. Elliot Eisner, com o intuito de orientar correctamente o professor no exercício das suas funções, decide."— Transcrição da apresentação:

1 Diferentes Posturas Curriculares Elliot Eisner

2 Elliot Eisner, com o intuito de orientar correctamente o professor no exercício das suas funções, decide classificar as posturas curriculares mais utilizadas, agrupando-as em cinco categorias, desde as mais tradicionais às mais renovadoras. Racionalismo Académico Processo Cognitivo Experiência Consumatória Reconstrução Social Tecnologia do Ensino As Posturas... As categorias... Modelo curricular Objectivos Conteúdo Papel do aluno Papel do professor 1 2 3

3 Racionalismo Académico Modelo Curricular Conservador / Tradicional “Função conservadora da escola” Objectivos 1.Iniciar o aluno na compreensão da tradição cultural. 2.Cultivar o intelecto do educando para a aquisição de conhecimentos. 3.Possibilitar o acesso às grandes produções da humanidade. Conteúdo 1.Valorização da pesquisa científica. 2.Abrangência das disciplinas clássicas. 3.Interdependência dos conhecimentos. 4.Organização lógica dos conteúdos. Papel do Aluno 1.“(...) receptor passivo de conteúdos (...)” Papel do Professor 1.“(...) transmissor de conhecimento (...)”

4 Processo Cognitivo Experiência Consumatória Reconstrução SocialTecnologia do Ensino Modelo Curricular Renovador “(...) sempre aberto a mudanças (...)” Renovador “(...) força de liberação.” Renovador “(...) agência social que promove a mudança.” Renovador “(...)sensível à mudança.” Objectivos 1.Desenvolver no aluno a capacidade de resolver problemas da vida futura. 2.Facultar autonomia das habilidades mentais do educando. 1.Possibilitar ao aluno a descoberta e a realização da sua própria individualidade. 1.Promover a transformação da sociedade e o desenvolvimento individual. 1.Encontrar os meios eficientes através dos quais o conhecimento e a aprendizagem são facilitados. 2.Privilegiar o processo e não os fins da educação. 3.“(...) maior desenvolvimento da tecnologia.” 4.“(...) modernização de recursos.” Conteúdo 1.“(...) a natureza da informação deve sempre suscitar situações problemáticas.” 2.“(...) a selecção dos conteúdos deve ir ao encontro dos interesses e motivações dos alunos.” 1.Definido a partir do aluno. A metodologia baseia-se no diálogo, na problematização e na dramatização. 1.“(...) temas sociais, os problemas que afligem a comunidade (...)”. 2.Ausência de uma organização curricular académica e clássica. 1.Desenvolver um conjunto de técnicas sistematizadas propostas em termos de uma linguagem objectiva, esquematizada e concisa. Papel do Aluno 1.Não é um mero receptor de conteúdo, mas um ser individual capaz de se auto-desenvolver através da aprendizagem. 1.“(...) ser particular”. 2.A auto-realização e o crescimento requer a procura da identidade. 1.Ser orientado na participação de tarefas praticadas por adultos no mundo actual. 1.“(...) absorver a eficiência da técnicas.” Papel do Professor 1.Identificar um processo educacional eficiente, de forma que a aprendizagem ocorra. 1.Centrado exclusivamente no aluno; pretende fazê-lo descobrir e realizar a sua própria identidade. 1.Proporcionar ao aluno condições de sobrevivência individual num mundo instável e em mutação. 1.“(...) programar e controlar o processo da aprendizagem.”


Carregar ppt "Diferentes Posturas Curriculares Elliot Eisner. Elliot Eisner, com o intuito de orientar correctamente o professor no exercício das suas funções, decide."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google