A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Kleber Silva Renan Castro

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Kleber Silva Renan Castro"— Transcrição da apresentação:

1 Kleber Silva Renan Castro
Pós-industrialismo: A Tecnologia nos Dias Atuais. A Sociedade do Conhecimento. EMC 5003 – Tecnologia e Desenvolvimento Prof.: Walter Antonio Bazzo, Dr.Edu. Kleber Silva Renan Castro

2 Conteúdo Histórico Pré-industrial Industrial Pós-industrial
Autores importantes Efeitos A Sociedade do Conhecimento Tecnologias Atuais Tendências na tecnologia Desafios Perguntas

3 HISTÓRICO

4 Sociedade Pré-Industrial ( ... - 1750)
Agricultura (Setor primário); Praticamente nenhum controle sobre os fatores naturais (chuvas, ventos, ...); Produtividade baixa; Mão de obra desqualificada; Conhecimento nas mãos de poucos; Energia manual e/ou animal.

5 Sociedade Industrial (1750 - 1950)
Surgimento do motor a vapor; Expansão do setor secundário; Superação da máquina sobre o trabalho humano; Eficiência como desafio (fazer o maior número de coisas no menor tempo); Linhas de produção; Divisão do trabalho; Economia dinamizada; Conhecimento começa a ser difundido. Linha de produção do Ford T Máquina a vapor de Thomas Newcomen

6 Sociedade Pós-Industrial (1950 - ... )
Superação do setor terciário (Serviços) sobre os demais; Avanço exponenciais na tecnologia; Aumento da produtividade; Informação e conhecimento à disposição de todos; Trabalho intelectual mais frequente que o manual; Criatividade superando a simples execução de tarefas; Terceirização de serviços; Maior relacionamento entre as pessoas; Era da Informação e Conhecimento.

7 Evolução dos setores primário, secundário e terciário
FONTE: Economic Report of the President: 2011 Report Spreadsheet Tables, B-46. Employees on nonagricultural payrolls, by major industry, , U.S. Government Printing Office

8 Autores importantes do momento Pós-Industrial
DANIEL BELL – 1919/2011 Sociologo norte-americano The End of Ideology (1960). -> "teoria da convergência" que emergiu nos finais dos anos 50, Bell defendia que a estrutura social era mais fortemente modelada por imperativos técnicos e económicos do que pela ideologia política. Popularizou o conceito em 1962, The Coming of Post-Industrial Society, (1973). uma nova elite de cientistas e tecnocratas e pela substituição de uma economia de produção de bens por uma economia de serviços, com o consequente alargamento do setor dos "colarinhos brancos" na força de trabalho.

9 Autores importantes do momento Pós-Industrial
ALAIN TOURAINE Sociologo francês Autor de La Société Post-Industrielle (1969), Sociologie de l'action, Pour la sociologie. na sociedade contemporânea a questão do trabalho ultrapassa a dicotomia, o conflito empresários/trabalhadores assalariados. As variáveis tecnológicas, burocráticas e políticas afetam os trabalhadores, considerando que a questão do trabalho tem de ter em conta todo um contexto social, uma "praxis". Caberia à sociologia mais do que dar respostas, colocar questões. Estudioso dos movimentos sociais Conhecimento e informação Sociologia da ação Grande popularidade na America Latina.

10 EFEITOS

11 Informação x Conhecimento
Na Era do Capital Humano, de Richard Crawford (estatistico britanico). -> informação pode ser encontrada numa variedade de objetos inanimados. ->enquanto o conhecimento só é encontrado nos seres humanos. (...) Um livro que não é lido não tem valor para ninguém. (...)

12 Primeiros passos da modernidade: Portugal sec. XV , MJ caldas
Efeitos : Informação x Conhecimento Primeiros passos da modernidade: Portugal sec. XV , MJ caldas Ciencia e ambiente 19,74 (1999)

13 Efeitos : Informação x Conhecimento
Graves perigos no excesso de informação, apontados pelo editor da Gazeta do Povo, de Curitiba, Wilson Gazino, no artigo O "Esquecedor" e a Sociedade da Informação. O homem, definido pelo poeta clássico grego Píndaro como "aquele que esquece", "o esquecedor", pensou que a máquina poderia ajudá-lo a lembrar. Mas a máquina multiplicou o número de informações com que o homem lida a cada dia, chegando a níveis absurdos. Hoje uma pessoa pode ter acesso num só dia a um número equivalente de informações que um sujeito teria a vida inteira na Idade Média.

14 Efeitos: Países da era Pós-Industrial
Com o advento dessa nova era, mudam também os países. Alguns países menos desenvolvidos não produzem produtos pós-industriais, mas produtos agrícolas e industriais. Consomem, no entanto, produtos agrícolas, industriais e pós-industriais. Consomem telenovelas, jornais, moda, cinema, serviços os mais diversos. Alguns deles já são pós-industriais também na produção. Outros, só no consumo.

15 Efeitos : As profissões
As profissões também passem por um processo de mutação bastante espetacular.   Dado o maior valor atribuído ao conhecimento, à cultura, à arte e à estética, o design, a moda, a fotografia, a culinária, a hotelaria, a engenharia clínica, a informática médica e o direito internacional etc...             No perfil do profissional do futuro, as características mais valorizadas são: Formação - global e sólida Conhecimentos extra - computação, domínio de várias línguas Polivalência - condições de atuar em várias áreas Cultura ampla - domínio de informações culturais e tecnológicas Capacidade de inovação - predisposição para mudanças Atualização - reciclagem contínua dentro da atividade Capacidade analítica - postura crítica, interpretação antecipada das necessidades futuras da sociedade Interação - emoção e razão integradas facilitarão o desempenho          

16 Efeitos : A cultura e os hábitos e costumes conduzindo para um mundo
Efeitos : A cultura e os hábitos e costumes conduzindo para um mundo globalizado. A globalização abre a vida das pessoas à cultura a sua criatividade e ao fluxo de idéias e conhecimento. Mahatma Gandhi exprimiu "Não quero que a minha casa fique cercada de muros e que as minhas janelas fiquem fechadas. Quero que as culturas de todas as terras soprem sobre a minha casa tão livremente quanto possível. Mas recuso-me a ser derrubado por qualquer uma delas". fluxo cultural é desequilibrado, pesando fortemente numa direção, a dos países ricos para os pobres. Os produtos leves com elevado conteúdo de conhecimento mais do que conteúdo material transformaram-se em alguns dos setores mais dinâmicos das economias mais avançadas da atualidade.

17 A SOCIEDADE DO CONHECIMENTO

18 O que vem a ser a Sociedade do Conhecimento
“A sociedade do conhecimento trouxe consigo a velocidade do tempo real, com amplas possibilidades de controle, armazenamento e liberação de acesso a múltiplos conjuntos de informações. Cada vez mais, essas possibilidades tornaram-se alguns dos vetores mais importantes na definição da produtividade das economias nacionais ; e a informação configurou-se como o principal ativo das empresas e países na sua busca por maior competitividade. (...)” “(...) estamos em uma sociedade do conhecimento (...), na qual a humanidade deixa suas bases originais na agricultura, posteriormente na manufatura e industrialização, para ingressar na economia da informação, na qual a manipulação da informação é a atividade principal. ” Sociedade do Conhecimento, S.Squirra, 2005

19 O capital Humano - Teoria do capital humano Theodore Schultz e Gary Becker “Para acompanhar este novo processo de desenvolvimento do mundo onde os serviços e a criatividade dão o tom, o capital físico, que era a variável-chave do crescimento econômico, perde lugar hoje para o capital humano, representado pelo conjunto de capacitações que as pessoas adquirem através da educação, de programas de treinamento e da própria experiência para desenvolver seu trabalho com competência, bem como pelo desenvolvimento de várias competências do ponto de vista profissional.” A Era Pós-Industrial, a Sociedade do Conhecimento e a Educação para o Pensar Elian Alabi Lucci

20 O valor da informação e do conhecimento

21 TECNOLOGIAS ATUAIS

22 Tecnologias atuais que irão moldar o nosso futuro
- Smartphones

23 Tecnologias atuais que irão moldar o nosso futuro
- 3G e 4G Wireless Broadband

24 Tecnologias atuais que irão moldar o nosso futuro
- Cloud Computing

25 Tecnologias atuais que irão moldar o nosso futuro
- Eye-Tracking e Voices Commands

26 Tecnologias atuais que irão moldar o nosso futuro
- Nanotecnologia

27 Tecnologias atuais que irão moldar o nosso futuro
- Bioengenharia

28 Tecnologias atuais que irão moldar o nosso futuro
- CAD / CAM / CAE

29 TENDÊNCIAS TECNOLÓGICAS E DESAFIOS

30 Tendências tecnológicas
AUTOMAÇÃO ROBÔS DIGITALIZAÇÃO PROGRAMAÇÃO COMPUTAÇÃO INFORMAÇÃO CONHECIMENTO CRIATIVIDADE

31 Preocupações? difusão das marcas mundiais — Nike, Sony — estabelece assalto da cultura estrangeira pode colocar em risco a diversidade cultural. É necessário apoiar as culturas nativas e nacionais — para que floresçam lado a lado com as culturas estrangeiras. Os países hegemônicos (G7/ G8/ G12 etc.). -> o mundo é governado por uma minoria de países. Talvez até apenas por uma tríade (Japão, Alemanha e EUA). Uma pequena parte do planeta, responsável por cerca de 15% de sua população, fornece quase todas as inovações tecnológicas existentes. Uma segunda parte, que engloba talvez metade da população mundial, está apta a adotar essas tecnologias nas esferas da produção e do consumo. A parcela restante, que cobre por volta de um terço da população mundial, vive tecnologicamente marginalizada Fonte: Pnud (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento), Relatório do desenvolvimento humano, 1999, p. 6 e 7.

32 Estudo da Organização Mundial da Saúde (OMS)
Preocupações? De acordo com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), dos 4,6 bilhões de indivíduos dos países em desenvolvimento: – 2,4 bilhões vivem sem saneamento básico; – 2 bilhões vivem sem eletricidade; – 968 milhões não têm acesso a fontes de água tratada; – 854 milhões são analfabetos; – 325 milhões são crianças, nos níveis primário e secundário, que não frequentam escolas. Perdas econômicas -> Doenças infecciosas, Aids, Aids na África, Tuberculose.(....) se a ajuda dos países desenvolvidos a programas de saúde das nações pobres aumentasse em 66 bilhões de dólares por ano, isso permitiria salvar anualmente 8 milhões de vidas e obter ganho econômico de 360 bilhões de dólares – quase seis vezes o valor do investimento. Atualmente, o auxílio a esses países é de apenas 6 bilhões de dólares/ano, incluindo-se nesse montante todas as fontes de recursos e todas as atividades ligadas à saúde. Estudo da Organização Mundial da Saúde (OMS)

33 Preocupações?

34 Desafio Estamos sempre a perguntar: "Quantos?" e esquecemo-nos do "Como?". Esta situação é a origem da superprodução desnecessária que não satisfaz, nem de longe, as necessidades de tantos famintos e nus, e constitui a exploração irracional de uns bens que deveriam ser conservados para as gerações futuras. A cura desse mal sobrevirá justamente quando a pergunta "quanto" se veja substituída por "como" ou seja, quando nos pusermos acima do êxito momentâneo.             A outra atitude diz respeito à ética, ou seja, à atitude que deve pautar nossas vidas, nossas disputas nessa sociedade globalizada, altamente competitiva e que induz as pessoas ao individualismo exacerbado, esquecendo-se do que o filósofo lituano Levinás tomou como base de sua escola filosófica, a preocupação com o "Outro". A Era Pós-Industrial, a Sociedade do Conhecimento e a Educação para o Pensar, Elian Alabi Lucci.

35 Perguntas Qual o papel do capital humano no atual cenário de Pós-Industrialização que o mundo vem passando nas últimas décadas? O pensar é uma ferramenta fundamental na sociedade pós-industrial, diria que a ferramenta principal para a manipulação do poder econômico e cientifico, será que este papel esta sendo realizado de maneira coerente com a ética e com o planeta Terra?

36 Video

37 Referências BURCH, Sally. The Information Society / the Knowledge Society.Disponível em: <http://vecam.org/article517.html>. Acesso em: 13 abr Desenvolvimento Humano e IDH. Disponível em: <http://www.pnud.org.br/IDH/DH.aspx>. Acesso em: 11 abr A Era Pós-Industrial, a Sociedade do Conhecimento e a Educação para o Pensar. Disponível em: <http://www.hottopos.com/vidlib7/e2.htm>. Acesso em: 11 abr Brasil ocupa 84ª posição entre 187 países no IDH 2011. Disponível em: <http://redeacqua.com.br/2011/11/brasil-ocupa-84%C2%AA-posicao-entre-187-paises-no-idh-2011>. Acesso em: 12 abr (IDH) Índice de Desenvolvimento Humano, Linha de pobreza, Desigualdade crescente. Disponível em: <http://jornalgeografico.blogspot.com.br/2013/03/idh-subdesenvolvimento.html>. Acesso em: 12 abr Daniel Bell. Disponível em: <http://www.infopedia.pt/$daniel-bell>. Acesso em: 15 abr Globalização. Disponível em: <http://www.youtube.com/watch?v=eUKH8Db2kjk>. Acesso em: 13 abr


Carregar ppt "Kleber Silva Renan Castro"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google