A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE COORDENADORIA REGIONAL DE SAÚDE LESTE REGULAÇÃO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE COORDENADORIA REGIONAL DE SAÚDE LESTE REGULAÇÃO."— Transcrição da apresentação:

1 PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE COORDENADORIA REGIONAL DE SAÚDE LESTE REGULAÇÃO

2 PRINCIPAIS AÇÕES REALIZADAS EM 2013

3 AGENDAMENTO AUTOMÁTICO NO SISTEMA SIGA Implantando no mês de fevereiro, o agendamento automático no Sistema SIGA é uma ferramenta que proporciona a captação dos dados dos pacientes que aguardam em filas de espera para consultas e exames, agendando-os em vagas livres de “primeira vez”. Essa ação diminui a perda primária* de vagas disponibilizadas e garante maior equidade na gestão das filas de espera, uma vez que respeita a ordem cronológica de inserção dos pacientes e as grades de referência pactuadas. Reduz ainda disputa de vagas entre unidades (“quem chegar primeiro, leva”). Permite ainda que a unidade solicitante faça a confirmação dos agendamentos através de tela específica, além da extração de relatórios. Apenas para as unidades da CRS Leste, houve um total de agendamentos no período de 08/02 a 30/11/2013, conforme veremos a seguir nas principais especialidades e procedimentos. *Perda primária: refere-se às vagas disponibilizadas para as quais não houve agendamento/ocupação.

4 AGENDAMENTO AUTOMÁTICO NO SISTEMA SIGA Quantidade de agendamentos por STS – Fevereiro a Novembro/2013 Rótulos de LinhaQuantidade LESTE - STS CIDADE TIRADENTES32500 LESTE - STS ERMELINO MATARAZZO/SAO MIGUEL73053 LESTE - STS GUAIANASES32515 LESTE - STS ITAIM PAULISTA27496 LESTE - STS ITAQUERA72324 LESTE - STS SAO MATEUS44503 Total Geral282391

5 AGENDAMENTO AUTOMÁTICO NO SISTEMA SIGA Principais especialidades, entre consultas e exames, agendadas de Fevereiro a Novembro/2013 (83,6% do total): Rótulos de LinhaQuantidade RADIOLOGIA (R) OFTALMOLOGIA (R)33526 ORTOPEDIA GERAL (R)19609 ANGIOLOGIA (R)12385 CARDIOLOGIA (R)9920 NEUROLOGIA (R)8703 ENDOCRINOLOGIA/METABOLOGIA (R)8260 DERMATOLOGIA (R)7964 ENDOSCOPIA (R)6575 OTORRINOLARINGOLOGIA (R)6210 Total236146

6 AGENDAMENTO AUTOMÁTICO NO SISTEMA SIGA Principais procedimentos, entre consultas e exames, agendados de Fevereiro a Novembro/2013 (90,5 % do total): Rótulos de LinhaQuantidade CONSULTA MEDICA EM ATENÇÃO ESPECIALIZADA ULTRA-SONOGRAFIA TRANSVAGINAL31744 MAMOGRAFIA BILATERAL PARA RASTREAMENTO27789 CONSULTA DE PROFISSIONAIS DE NIVEL SUPERIOR NA ATENÇÃO ESPECIALIZADA (EXCETO MÉDICO) ULTRA-SONOGRAFIA MAMARIA BILATERAL11534 ULTRA-SONOGRAFIA OBSTETRICA11131 ULTRA-SONOGRAFIA DE ABDOMEN TOTAL9399 ULTRA-SONOGRAFIA DE ARTICULACAO6605 ESOFAGOGASTRODUODENOSCOPIA6575 ULTRA-SONOGRAFIA DE APARELHO URINARIO5698 Total255723

7 CALL CENTER Implantando no mês de fevereiro, o Call Center da Rede Hora Certa é uma parceria feita entre a SMS a SECOM para a realização de contatos telefônicos através de uma central (156) com os pacientes agendados para consultas e exames, além de recadastramento de filas de espera. Para os pacientes agendados, o contato é feito com 15 dias de antecedência da data da vaga. Estas ações visam a redução dos altos índices de absenteísmo* e atualização de informações dos pacientes que ainda aguardam atendimento em consultas e exames especializados. É importante frisar que isso não exclui a necessidade das unidades de saúde atuarem permanentemente nos contatos e atualizações de dados com os pacientes sob sua responsabilidade. *Absenteísmo: pacientes agendados que não compareceram ao atendimento

8 CALL CENTER REDE HORA CERTA – ATIVO Consolidado por Status de Atendimento de 01 a 30/11/2013 (MSP): StatusTOTAL CONFIRMADO % 31% ENCAMINHADO PARA UBS % CANCELADO1.9861% FALECIDO280% AGENDAMENTO DA LIGAÇÃO % AUSENTE/VIAJANDO1.0490% CAIXA POSTAL % 59% NÃO ATENDE % OCUPADO7.7763% QUEDA DE LIGAÇÃO % CONFLITO SIGA X GRC2990% 2% TELEFONE INEXISTENTE3.9262% Dias trabalhados no período do mês 23 Turnos realizados no período do mês 42 Média de ligações realizadas por dia Média de ligações realizadas por turno Média de ligações por operador/turno 70 Média de ligações por operador por hora/turno 12 Tempo médio de atendimento (min) por operador 00:02:00

9 CALL CENTER REDE HORA CERTA – ATIVO Consolidado por Status de Atendimento de 01 a 30/11/2013

10 CALL CENTER REDE HORA CERTA MÓVEL – ATIVO Consolidado por Status de Atendimento de 01 a 30/11/2013 StatusTOTAL CONFIRMADO % 32% ENCAMINHADO PARA UBS2182% CANCELADO811% FALECIDO00% AGENDAMENTO DA LIGAÇÃO8099% AUSENTE/VIAJANDO180% CAIXA POSTAL % 58% NÃO ATENDE % OCUPADO2623% QUEDA DE LIGAÇÃO2583% CONFLITO SIGA X GRC130% 1% TELEFONE INEXISTENTE691% Dias trabalhados no período do mês 20 Turnos realizados no período do mês 38 Média de ligações realizadas por dia 455 Média de ligações realizadas por turno 240 Média de ligações por operador/turno 35 Média de ligações por operador por hora/turno 6 Tempo médio de atendimento (min) por operador 00:02:00

11 CALL CENTER REDE HORA CERTA MÓVEL – ATIVO Consolidado por Status de Atendimento de 01 a 30/11/2013

12 CALL CENTER RECADASTRAMENTO SAÚDE Consolidado por status de atendimento de 23/07 a 30/11/2013 (MSP) STATUSTOTAL SUCESSO / PROCEDIMENTO CONFIRMADO % 41% ENCAMINHADO PARA UBS % SUCESSO / PROCEDIMENTO CANCELADO % FALECIDO % AGENDAMENTO DA LIGAÇÃO % 11% AUSENTE/VIAJANDO % CAIXA POSTAL % 45% NÃO ATENDE % OCUPADO % QUEDA DE LIGAÇÃO % CONFLITO SIGA X GRC % 3% CADASTRO INCOMPLETO % TELEFONE INEXISTENTE % TOTAL

13 CALL CENTER RECADASTRAMENTO SAÚDE Consolidado por status de atendimento de 23/07 a 30/11/2013 (MSP)

14 REDE HORA CERTA – UNIDADE MÓVEL Considerando as filas de espera do Município de São Paulo geradas ao longo dos últimos anos, totalizando mais de pessoas aguardando para atendimento de consultas e exames no mês de janeiro/2013, uma das principais ações adotadas pela SMS foi a implantação de unidades móveis para realização dos principais exames em filas de espera, que são: Colonoscopia Endoscopia Ecocardiograma Eletroneuromiografia Nasofibrolaringoscopia Ultrassonografia Temos como meta a realização de cerca de atendimentos em seis meses, tendo a primeira unidade iniciado em Ermelino Matarazzo no mês de agosto, sendo posteriormente transferida para São Mateus em novembro. Todas as STS da CRS Leste e algumas da CRS Sudeste serão contempladas na ação.

15 REDE HORA CERTA – UNIDADE MÓVEL Exames ofertados na Unidade Móvel Leste entre agosto e dezembro/ AGOSETOUTNOVDEZ EstabelecimentoProcedimento Vagas Unidade Movel Leste I Colonoscopia (Coloscopia) Ecocardiografia Transtoracica Eletroneuromiograma (Enmg) Esofagogastroduodenoscopia Ultra-Sonografia Doppler Colorido De Vasos ( Ate 3 Vasos ) Ultra-Sonografia Geral Ultra-Sonografia Mamaria Bilateral Ultra-Sonografia Transvaginal Nasofibrolaringoscopia Unidade Movel Leste Ii Colonoscopia (Coloscopia) Ecocardiografia Transtoracica Eletroneuromiograma (Enmg) Esofagogastroduodenoscopia Ultra-Sonografia Doppler Colorido De Vasos ( Ate 3 Vasos ) Ultra-Sonografia Geral Nasofibrolaringoscopia Total geral Fonte: B.I. / SIGA

16 REDE HORA CERTA – UNIDADE MÓVEL Comparativo entre as filas de espera antes e durante "Ação Concentrada Hora Certa Móvel" Exames Fila antes da Unidade Móvel CRS Leste (julho) Fila atual (outubro) Redução da Fila* Tempo Médio de Espera em dias (julho) Tempo Médio de Espera em meses (julho) Tempo Médio de Espera em dias (outubro) Tempo Médio de Espera em meses (outubro) USG ,0%712,4 44 1,5 EDA ,7%792,6 29 1,0 Colono ,6%74024,7411,4 Nasofibro ,4%2076,9321,1 ENM ,2%182260,7622,1 Ecocardio ,8%1254,2832,8 Total ,2%50716,9481,6 Fonte: CRS Leste/Regulação

17 REDE HORA CERTA – UNIDADE MÓVEL Comparativo entre as filas de espera antes e durante "Ação Concentrada Hora Certa Móvel" Exames Fila de espera (julho) - STS EM, STS IP, STS SMP Fila de espera (outubro) - STS EM, STS IP, STS SMP Redução da Fila* Tempo Médio de Espera em dias (julho) Tempo Médio de Espera em meses (julho) Tempo Médio de Espera em dias (outubro) Tempo Médio de Espera em meses (outubro) USG ,4%682,3 8 0,3 EDA ,0%943,1 8 0,3 Colono ,6%164254,7140,5 Nasofibro ,4%1635,4120,4 ENM ,6%181560,5120,4 Ecocardio ,0%1434,8391,3 Total ,5%65421,8150,5 Fonte: CRS Leste/Regulação

18 REDE HORA CERTA – UNIDADE MÓVEL Comparativo entre as filas de espera antes e durante "Ação Concentrada Hora Certa Móvel" Exames Fila de espera (julho): STS CT, STS GUA, STS ITQ, STS SMT Fila de espera* (novembro): STS CT, STS GUA, STS ITQ, STS SMT Redução da Fila* Tempo Médio de Espera em dias (julho) Tempo Médio de Espera em meses (julho) Tempo Médio de Espera em dias* (outubro) Tempo Médio de Espera em meses* (outubro) USG ,6%1043,5 67 2,2 EDA ,2%712,4 69 2,3 Colono ,9%166255,446815,6 Nasofibro ,9%1645,5772,6 ENM ,2%182760, ,0 Ecocardio ,4%1173,91294,3 Total ,0%65821,952517,5 * A unidade móvel teve início em São Mateus no dia 18/11, portanto os dados ainda são insuficientes para demonstrar o impacto na região, o que deve acontecer ao longo dos próximos 03 meses. Outros trabalhos foram concomitantemente realizados, tais como atualização das filas, novas pactuações, readequações de fluxos, etc. Fonte: CRS Leste/Regulação Informações levantadas: Oferta da CRS Leste dos meses de julho e outubro Fila de Espera do mês de julho e outubro Tempo médio de espera considerando a Fila de Espera/Oferta do respectivo mês Regionalização das referências

19 FILAS DE ESPERA Comparativo entre as 10 maiores filas de espera de exames na CRS Leste no mês de janeiro e a situação em novembro/2013 Exame jan/13nov/13 FE ULTRA-SONOGRAFIA TRANSVAGINAL ULTRA-SONOGRAFIA DE ABDOMEN TOTAL ECOCARDIOGRAFIA TRANSTORACICA ULTRA-SONOGRAFIA MAMARIA BILATERAL ESOFAGOGASTRODUODENOSCOPIA TESTE DE ESFORCO / TESTE ERGOMETRICO ULTRA-SONOGRAFIA DE ARTICULACAO COLONOSCOPIA (COLOSCOPIA) ULTRA-SONOGRAFIA DE APARELHO URINARIO ULTRA-SONOGRAFIA DOPPLER COLORIDO DE VASOS ( ATE 3 VASOS ) Total parcial Total geral

20 FILAS DE ESPERA Comparativo entre as 10 maiores filas de espera de consultas na CRS Leste no mês de janeiro e a situação em novembro/2013 Especialidade jan/13nov/13 FE DERMATOLOGIA (R) OTORRINOLARINGOLOGIA (R) ORTOPEDIA GERAL (R) CIRURGIA GERAL (R) ODONTOLOGIA - PROTESE (R) OFTALMOLOGIA (R) FISIOTERAPIA (R) (L) PROCTOLOGIA (R) CIRURGIA GERAL - PEQUENAS CIRURGIAS (R) PSIQUIATRIA (R) Total parcial Total geral

21 OFERTAS DE ESPECIALIDADES Comparativo entre as 10 maiores ofertas de exames na CRS Leste no mês de janeiro e a situação em outubro/2013 GRADE DE REFERÊNCIAS - REGULAÇÃO - CRS LESTE CONSOLIDADO DA OFERTA DE PROCEDIMENTOS PROCEDIMENTO OFERTA JAN/2013 OFERTA OUT/13 MÉDIA/MÊS ULTRA-SONOGRAFIA MAMOGRAFIA BILATERAL ESOFAGOGASTRODUODENOSCOPIA ECOCARDIOGRAFIA TRANSTORACICA MAPEAMENTO DE RETINA COM GRÁFICO TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA ELETROENCEFALOGRAMA RAIO-X COM LAUDO RETINOGRAFIA COLORIDA BINOCULAR DENSITOMETRIA OSSEA TOTAL PARCIAL TOTAL GERAL

22 OFERTAS DE ESPECIALIDADES GRADE DE REFERÊNCIAS - REGULAÇÃO LESTE OFERTA TOTAL DE ESPECIALIDADES ESPECIALIDADE OFERTA JAN/2013 OFERTA OUT/13 MÉDIA MENSAL ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA GERAL (R) CARDIOLOGIA (R) UROLOGIA (R) OFTALMOLOGIA (R) DERMATOLOGIA (R) NEUROLOGIA (R) ANGIOLOGIA (R) OTORRINOLARINGOLOGIA (R) ENDOCRINOLOGIA/METABOLOGIA (R) FISIOTERAPIA (R) (L) TOTAL PARCIAL TOTAL GERAL Comparativo entre as 10 maiores ofertas de consultas na CRS Leste no mês de janeiro e a situação em outubro/2013

23 FÓRUNS DE REDE Outra ação importante desenvolvida em 2013 foi a criação de fóruns de rede com a participação dos hospitais da região, independentemente da gestão (municipal, estadual, OSS). Tem sido um momento importante de reaproximação, articulação, vinculação, participação, pactuação e construção das Redes Regionais de Atenção à Saúde com representatividade de todos os níveis de atenção na região. As discussões foram iniciadas para a implantação da Rede Cegonha e Rede de Urgência e Emergência, estendendo-se em breve para outras redes de atenção.

24 CONSIDERAÇÕES FINAIS A Regulação é um processo dinâmico, que deve ser constantemente monitorado, revisado e atualizado de modo a subsidiar ações de planejamento, controle e avaliação; Monitoramento contínuo da distribuição de ofertas de consultas e exames especializados na região com implementação local e de referências externas; Ampliação dos serviços com regionalização da oferta; Disponibilização e utilização da agenda informatizada por todas as unidades no Sistema SIGA, tanto módulo local quanto regulada; Aprimoramento dos fluxos de referência e contrarreferência; Reavaliação das filas de espera com longo tempo de espera (demanda reprimida) Altos percentuais de absenteísmo regional e externo.

25 A COORDENADORIA REGIONAL DE SAÚDE LESTE AGRADECE A TODOS PELO EMPENHO E PARCERIA, SEMPRE BUSCANDO A MELHORIA DAS CONDIÇÕES DE SAÚDE DA POPULAÇÃO SOB NOSSA RESPONSABILIDADE. “DO SUS QUE TEMOS PARA O SUS QUE QUEREMOS!” FELIZ 2014!


Carregar ppt "PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE COORDENADORIA REGIONAL DE SAÚDE LESTE REGULAÇÃO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google