A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ALINE LOURENÇO BAPTISTA Disciplina de Nefrologia do HCFMUSP Rim na Síndrome HELLP.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ALINE LOURENÇO BAPTISTA Disciplina de Nefrologia do HCFMUSP Rim na Síndrome HELLP."— Transcrição da apresentação:

1 ALINE LOURENÇO BAPTISTA Disciplina de Nefrologia do HCFMUSP Rim na Síndrome HELLP

2 Síndrome HELLP Haemolytic anaemia, Elevated Liver enzymes, and Low Platelets Forma grave de pré eclâmpsia? Complicação isolada na gestação?

3 Síndrome HELLP The HELLP syndrome: Clinical issues and management. A Review Kjell Haram, Einar Svendsen and Ulrich Abildgaard Department of Obstetrics and Gynaecology, Haukeland University Hospital, Bergen, Norway, Department of Pathology, The Gade Institute, Haukeland University Hospital, University of Bergen, Norway and Department of Haematology, Aker University Hospital, Oslo, Norway BMC Pregnancy and Childbirth 2009, 9:8

4 Síndrome HELLP Síndrome HELLP: 0.5 to 0.9% de todas as gestações Pré eclâmpsia grave: 10 a 20% Antes do parto em 70% dos casos Pico de frequência entre 27 e 37 semanas 1. 10% antes de 27 semanas 2. 20% após 37 semanas Mulheres brancas e multíparas Hipertensão e Proteinúria ausentes em 10 a 20% dos casos Ganho excessivo de peso e edema generalizado precedem a síndrome em 50% dos casos

5 Sintomas típicos: 1. dor em quadrante superior D 2. dor epigástrica 3. náuseas e vômitos Sintomas inespecíficos (mal estar) Progressivos e com exacerbação noturna Síndrome HELLP

6 Hemólise: Anemia hemolítica microangiopática Presença de esquizócitos em sangue periférico Aumento de reticulócitos DHL elevado Haptoglobina consumida Aumento de bilirrubina indireta Hemoglobinúria (10% dos casos) Síndrome HELLP

7 Elevação de enzimas hepáticas: Hemólise Dano hepático AST e ALT Plasma glutathione S-transferase-a1 (α-GST ou GST-a1): elevação mais precoce Síndrome HELLP

8 Plaquetopenia: Causas de plaquetopenia na gestação: 1. Plaquetopenia gestacional (59%) 2. PTI (11%) 3. Pré eclâmpsia (10%) 4. Síndrome HELLP (12%) Plaquetas < /L: Raro em pré eclâmpsia e plaquetopenia gestacional Frequente em PTI Obrigatória em Síndrome HELLP (de acordo com a definição de Sibai) Síndrome HELLP

9

10 Pregnancy and the Kidney Sharon E. Maynard and Ravi Thadhani Department of Medicine, Division of Renal Diseases and Hypertension, George Washington University School of Medicine and Health Sciences, Washington, DC; and Department of Medicine, Renal Unit, Massachusetts General Hospital, Harvard Medical School, Boston, Massachusetts J Am Soc Nephrol 20: 14–22, 2009.

11

12 Síndrome HELLP Pathogenesis of acute renal failure associated with the HELLP syndrome: a case report and review of the literature Kottarathil A. Abrahama, Mairead Kennellyb, Anthony M. Dormanc, J. Joseph Walshea Department of Nephrology, Beaumont & Rotunda Hospitals, Dublin, Ireland European Journal of Obstetrics & Gynecology and Reproductive Biology 108 (2003) 99–102

13

14 Síndrome HELLP

15

16

17 Alterações laboratoriais indicativas de maior morbidade materna (> 75% risco): 1. DHL > 1400 U/L 2. AST > 150 U/L 3. ALT > 100 U/L 4. Ácido úrico >7.8 mg/100 ml (> 460 μmol/L) Sintomas clínicos (dor de cabeça, alterações visuais, dor epigástrica, náuseas e vômitos) – preditores melhores que os laboratoriais de má evolução Síndrome HELLP

18 Manejo da gestante com Síndrome HELLP: 1. Parto imediato: primeira escolha se 34 semanas de gestação ou mais. 2. Parto após 48 horas de estabilização das condições clínicas maternas e de tratamento com corticosteroides(CE). Se gestação de 27 a 34 semanas, esta opção é usada na maioria dos casos. 3. Manejo expectante (conservador) por 48–72 horas deve ser considerado em gestantes antes de 27 semanas de gestação. Nestas situações, tratamento com CE é geralmente realizado, com regimes variados. Síndrome HELLP


Carregar ppt "ALINE LOURENÇO BAPTISTA Disciplina de Nefrologia do HCFMUSP Rim na Síndrome HELLP."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google