A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

 Gestão Ambiental é consequência natural da evolução do pensamento da humanidade em relação à utilização dos recursos naturais de um modo mais sábio,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: " Gestão Ambiental é consequência natural da evolução do pensamento da humanidade em relação à utilização dos recursos naturais de um modo mais sábio,"— Transcrição da apresentação:

1  Gestão Ambiental é consequência natural da evolução do pensamento da humanidade em relação à utilização dos recursos naturais de um modo mais sábio, onde se deve retirar apenas o que pode ser reposto ou caso isto não seja possível, deve-se, no mínimo, recuperar a degradação ambiental causada.

2  A GESTÃO AMBIENTAL É A ADMINISTRAÇÃO DO EXERCÍCIO DE ATIVIDADES ECONÔMICAS E SOCIAIS DE FORMA A UTILIZAR DE MANEIRA RACIONAL OS RECURSOS NATURAIS, RENOVÁVEIS OU NÃO. A GESTÃO AMBIENTAL DEVE VISAR O USO DE PRÁTICAS QUE GARANTAM A CONSERVAÇÃO (permitida a exploração dos recursos naturais) E PRESERVAÇÃO (proíbe qualquer exploração) DA BIODIVERSIDADE, A RECICLAGEM DAS MATÉRIAS-PRIMAS E A REDUÇÃO DO IMPACTO AMBIENTAL DAS ATIVIDADES HUMANA SOBRE OS RECURSOS NATURAIS.

3  ALGUNS DEFENDEM QUE A GESTÃO AMBIENTAL REFERE-SE AO SETOR PÚBLICO (gestão das cidades, zona costeira, parques, bacias etc) E GERENCIAMENTO REFERE-SE AO SETOR PRIVADO (como empresas, indústrias, fazendas e outros).  Assim, gestão ambiental é o gerenciamento eficaz do relacionamento entre a organização e o meio ambiente.

4  Busca permanente da melhoria contínua da qualidade ambiental dos serviços, produtos e ambiente de trabalho de qualquer organização, seja pública ou privada, de qualquer porte (consistente no aprimoramento constante do sistema de gestão ambiental global de acordo com a política ambiental estabelecida pela organização).

5  Implementar, manter e aprimorar um sistema de gestão ambiental.  Assegurar-se de sua conformidade com sua política ambiental definida.  Demonstrar tal conformidade a terceiros.  Buscar certificação/registro do seu sistema de GA por uma organização externa.  Realizar uma auto-avaliação e emitir auto- declaração de conformidade com esta norma.

6  Gerir as tarefas da empresa no que diz respeito às políticas, diretrizes e programas relacionados ao meio ambiente e externo da companhia  Manter, em geral, em conjunto com a área de segurança do trabalho, saúde dos trabalhadores  Produzir, em relação com toda a cúpula dirigente e dos trabalhadores produtos ou serviços ambientalmente compatíveis  Colaborar com setores econômicos, a comunidade e com os órgãos ambientais para que sejam desenvolvidos e adotados processos produtivos que evitem ou minimizem, agressões ao meio ambiente.

7  As razões que levam as empresas a adotar e praticar GA são vários, como por exemplo;  1)Procedimentos obrigatórios de atendimento da legislação ambiental e  2) Fixação de políticas ambientais que visem a conscientização de todo o pessoal da organização.

8  A busca de procedimentos gerenciais ambientalmente corretos, incluindo-se aí a adoção de um sistemas de gestão ambiental (SGA), na verdade, encontra inúmeras razões que justificam a sua adoção. Os fundamentos predominantes podem variar de uma organização para outra. No entanto eles podem ser resumidos nos seguintes pontos básicos;

9  1) Os recursos naturais (matérias-primas) são limitados e estão sendo fortemente afetados pelos processos de utilização, exaustão e degradação decorrentes de atividades públicas ou privadas, portanto, estão cada vez mais escassos, relativamente mais caros ou se encontram legalmente protegidos  2) Os bens naturais (água, ar) passam a ter custo elevado, deixando de ser disponibilizado sem custo na natureza

10  3) O crescimentos da população humana, principalmente em grandes regiões metropolitanas e nos países menos desenvolvidos, exerce forte influência sobre o meio ambiente, em geral, e os recursos naturais em particular.  4) A legislação ambiental exige que cada vez mais respeito e cuidado com o meio ambiente, exigência esta que conduz coercitivamente a uma maior preocupação ambiental

11  5) Pressões públicas de cunho local, nacional e mesmo internacional exigem cada vez mais responsabilidades ambientais das empresas  6) Bancos, financiadores e seguradoras dão privilégios a empresas ambientalmente sadias ou exigem taxas financeiras e valores de apólices mais elevados de firmas poluidoras.  7) a sociedade em geral, e a vizinhança em particular estão cada vez mais exigentes e críticos no que diz respeito a danos ambientais e à poluição provenientes de empresas e atividades. Organizações não-governamentais estão sempre mais vigilantes, exigindo o cumprimento da legislação ambiental, a minimização de impactos, a reparação de danos ambientais ou impedem a implantação de novos empreendimentos ou atividades.

12  8) compradores de produtos intermediários estão exigindo cada vez mais produtos que sejam manufaturados em condições ambientais favoráveis, pressionando cada vez mais seus fornecedores  9) A imagem de empresas ambientalmente saudáveis é mais bem aceita por acionistas, consumidores, fornecedores e autoridades públicas  10) Acionistas conscientes da responsabilidade ambiental preferem investir em empresas lucrativas e, ainda, ambientalmente responsáveis

13  Portanto, GAE está na ordem do dia, principalmente, nos países dito industrializados e, também, nos países considerados em via de desenvolvimento.  A demanda por produtos cultivados ou fabricados de forma ambientalmente compatível,cresce mundialmente, em especial nos países industrializados. Os consumidores tendem a dispensar os produtos e serviços que agridam o meio ambiente  Cada vez mais, compradores, principalmente importadores estão exigindo as certificações ambiental, no molde da ISO ou mesmo certificados ambientais específicos.

14  Acordos internacionais, tratados de comércio e mesmo tarifas alfandegárias, incluem questões ambientais na pauta de negociações, culminando com exigências não tarifárias que, em geral, afetam produtores de países exportadores (defendem selo verde mediante rotulagem nos produtos).

15  Tem uma importância muito grande, inclusive, estratégica. Assim, as empresas que já praticam GA ou as que estão em fase de implantação devem ter em mente os princípios e os elementos de um SGA e as principais tarefas e atribuições que normalmente são exigidas para que seja possível levar a bom termo a gestão ambiental. No caso específico (visando assegurar a economia e o uso racional de matérias-primas e insumos, destacando-se a responsabilidade social) a GA deve preocupar-se em:

16  1) Orientar consumidores quanto à compatibilidade ambiental dos processos produtivos e dos seus produtos ou serviços  2) Subsidiar campanhas institucionais da empresa com destaque para a conservação e a preservação da natureza  3) Servir De material informativo a acionistas, fornecedores e consumidores para demonstrar o desempenho empresarial na área ambiental

17  4) Orientar novos investimentos, privilegiando setores com oportunidades em áreas correlatas  5) subsidiar procedimentos para a obtenção de certificação ambiental nos moldes da série ISO  6)Subsidiar a obtenção de rotulagem ambiental de produtos  Os objetivos e as finalidades inerentes a um gerenciamento ambiental nas empresas devem estar em consonância com o conjunto das atividades empresariais, pois eles não devem ser vistos de forma isoladas.


Carregar ppt " Gestão Ambiental é consequência natural da evolução do pensamento da humanidade em relação à utilização dos recursos naturais de um modo mais sábio,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google