A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

REABILITAÇÃO DO LIGAMENTO CRUZADO ANTERIOR (LCA).

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "REABILITAÇÃO DO LIGAMENTO CRUZADO ANTERIOR (LCA)."— Transcrição da apresentação:

1 REABILITAÇÃO DO LIGAMENTO CRUZADO ANTERIOR (LCA)

2 INTRODUÇÃO LCA  Intracapsular e extrasinovial  Póstero-medial do condilo femural lateral a área intercondiliana anterior da tíbia medialmente. Feixes antero-mediale póstero-lateral Anteriorização da tíbia / movimentos rotacionais (CCF) 2ª lesão mais comum no joelho, estando atrás apenas das lesões meniscais. Componente do compartimento medial do CAJ.

3 INCIDÊNCIA Incidência 1/3000 habitantes 70% Prática desportiva. (Shelborne, 2001) Futebol e Esqui na neve - esporte de maior risco as lesões do LCA. 1/16 futebolistas (Cohen,1999).

4 MECANISMOS DE LESÃO Pivot ou em Corte: Mais comum. Semi-flexão do joelho + estresse em valgo + rotação externa do quadril. Pode lesionar o MM e o LCM. Hiperextensão: 2º mais comum. Trauma direto no MI em extensão máxima. Pode estar associada à lesão do dos meniscos (corno anterior)

5 MECANISMOS DE LESÃO Trauma direto com joelho flexionado: Joelho flexionado recebendo um trauma na porção anterior causará uma lesão no LCP e uma possível lesão do LCA – acidente automobilístico Carga em varo no joelho flexionado Lesão do LCA associada ao compartimento lateral. LCA 9 X 1 LCP Associação Americana de Med. Esportiva,

6 QUADRO CLÍNICO Edema Hemartrose História de movimento rotacional Estalidos audíveis Retração poplítea Dor FASE TARDIA / CRÔNICA Instabilidade / incapacidade de movimentos rotacionais.

7 TESTES - Lachman: Mais específico - Gaveta Anterior: - Jerk Test: é a associação da flexão do quadril em 45° + flexão do joelho em 90° + RI da tíbia + estresse em valgo. - Pivot Shift: o mesmo mecanismo do Jerk, porém é realizado da extensão para a flexão.

8 EXAMES COMPLEMENTARES RNM – “padrão ouro” RX pode detectar uma anteriorização da tíbia. INDISPENSÁVEL PARA O DIAGNÓSTICO

9 REABILITAÇÃO CUIDADOS NO P.O.I 1. Processo inflamatório (reduzir ao máximo) P.R.I.C.E. USP 2. Trofismo muscular E.E.N.M. (FES/ corrente russa) 3. Enxerto(Tendão patelar / semitendíneo-Grácil) Evitar extensão ativa do joelho – anteriorização da tíbia 4. Evitar aderências Mobilização patelar e femuro-tibial

10 REABILITAÇÃO Tecido doador: TENDÃO PATELAR Evitar extensão do joelho ativa resistida por 4-6 semanas. Evitar estresse no compartimento extensor – ex. alongamento QD’s. SEMITENDÌNEO-GRÁCIL Cautela no alongamento IQT’s Evitar extensão do quadril / flexão do joelho / adução do quadril ativo resistido. Deambular com auxílio de muletas...

11 REABILITAÇÃO Fortalecimento Isometrico / isotonicos baseado no tempo de cicatrização tecidual Ganho de ADM diario ativo / passivo Fortalecimento em CCA / CCF enfatizando os IQT’s (são sinergistas do LCA) Evitar translação da tíbia durante os exercícios... Manter verticalizada durante a CCF.

12 REABILITAÇÃO A partir da semana 6-8. Introduzir exercícios em CCA ativo para todoas os movimentos. Feedback do paciente.... Eliminar qualquer dor no mecanismo extensor (tendão patelar) Introduzir o trote na esteira a partir da semana Avaliar a cada fase... Verificando a perimetria e a força muscular.

13 REABILITAÇÃO Exercícios proprioceptivos a partir da semana 8 Evoluindo até a semana Evitar qualquer exercício de salto unipodal ou rotação por +/ meses, ou até adquirir força e perimetria adequada. Gestual esportivo após testes ambulatoriais: Cama elática, balancinho, desequilibrios unipodais...

14 REABILITAÇÃO Treino Pliométrico e Gestual esportivo Critérios para a alta: Saltos verticais Saltos horizontais ADM funcional Perimetria adequada Força adequada Segurança mútua (atleta e fisioterapeuta)


Carregar ppt "REABILITAÇÃO DO LIGAMENTO CRUZADO ANTERIOR (LCA)."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google