A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

NEURITE ÓPTICA ISQUÊMICA ANTERIOR JOÃO FILIPE DE OLVEIRA HOSPITAL DA CLÍNICAS DE RIBEIRÃO PRETO RESIDÊNCIA DE NEUROLOGIA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "NEURITE ÓPTICA ISQUÊMICA ANTERIOR JOÃO FILIPE DE OLVEIRA HOSPITAL DA CLÍNICAS DE RIBEIRÃO PRETO RESIDÊNCIA DE NEUROLOGIA."— Transcrição da apresentação:

1 NEURITE ÓPTICA ISQUÊMICA ANTERIOR JOÃO FILIPE DE OLVEIRA HOSPITAL DA CLÍNICAS DE RIBEIRÃO PRETO RESIDÊNCIA DE NEUROLOGIA

2 NEURITE ÓPTICA ISQUÊMICA ANTERIOR NERVO ÓPTICO

3 NEURITE ÓPTICA ISQUÊMICA ANTERIOR NERVO ÓPTICO

4 NEURITE ÓPTICA ISQUÊMICA ANTERIOR NEURITES ÓPTICAS: -ISQUEMIA-VASCULITES-INFECCIOSAS-INFLAMATÓRIAS -MEDICAMENTOSAS E TOXICAS

5 NEURITE ÓPTICA ISQUÊMICA ANTERIOR NEURITES ÓPTICAS ISQUÊMICAS: - Anterior (afetando o disco optico) - Posterior (retrobulbar) - Arterítica - Não arterítica Obs: posterior ainda pode decorrer de hipovolemia aguda, hipotensão, pericirurgico

6 NEURITE ÓPTICA ISQUÊMICA ANTERIOR Não arterítica: -Etiologia mais comum acima dos 50 anos -Caucasianos, igual entre homens e mulheres -Fatores de risco cardiovasculares: HAS, DM, TBG. -Idiopatico, sugere-se diminuição perfusão na circulação das arterias ciliares posteriores que suprem a cabeça do nervo óptico (redução de PA noturna) -QC: perda visual aguda (embaçamento), frequentemente percebida ao depertar (42-73%), com acometimento de campo visual altitudinal, monocular, indolor, com progressão em poucos dias (5 dias)

7 NEURITE ÓPTICA ISQUÊMICA ANTERIOR Não arterítica: Exame Físico -Acuidade visual reduzida -Discromatopsia (proporcional) -Defeito pupilar aferente -Edema de papila, hemorragias petequiais ou em chama -Escavação do disco acometido está diminuída ou ausente, grande porcentagem tem diminuição da relação escavação disco do olho contralateral (disco em risco) -Arteriolas estreitadas em região peripapilar

8 NEURITE ÓPTICA ISQUÊMICA ANTERIOR

9 Critérios para investigação pormenorizada: -Idade menor que 50 anos -Ausencia de fatores de risco cardiovasculres -Grande relação ecavação disco no olho não afetado -Heminaopsia -NOIA bilateral simultânea ou sequencialmente rapida -Amaurose fugaz previa -Sem edema de papilana fase aguda -Progressão após 2 a 4 semanas -Recorrencia no mesmo olho -Inflamação no segmento anterior ou posterior -Atrofia óptica na apresentação

10 NEURITE ÓPTICA ISQUÊMICA ANTERIOR Não arterítica: -Angiografia por fluoresceina: enchimento lento na camada prelaminar do disco optico edemaciado NAION; enchimento pobre ou ausente da coroide, arterite -RNM com gadolíneo: sem alterações no nervo óptico, em contraste a neurite óptica que produz alterações de reforço ao gadolíneo -Ecocardio, ECG; Vasos cervicais; MAPA; hipercoagulabilidade

11 NEURITE ÓPTICA ISQUÊMICA ANTERIOR Não arterítica: -Individuo com mais de 50 anos com quadro clínico típico, sendo descartado quadro de arterite pela história e com VHS e PCR normais, não necessita de investigação mais detalhada.

12 NEURITE ÓPTICA ISQUÊMICA ANTERIOR Não arterítica: -Tratamento carece de evidências, porém utiliza-se AAS e medidas para redução de fatores de risco cardiovasculares -Prognóstico de recuperação significativa da acuidade um terço dos casos -Eventos recorrentes no mesmo olho são raros -Risco acumulado em cinco anos para acometimento do olho contralateral é de % e 5-7% no mesmo olho

13 NEURITE ÓPTICA ISQUÊMICA ANTERIOR Arterítica: -Apresentação mais comum da arterite de células gigantes -Vasculite crônica de médios e grandes vasos - Idade média de 72 anos, “nunca” antes dos 50 anos -Prevalência de 1:500 -QC: queixas sistêmicas, cefaléia, claudicação mandibular, amaurose fugaz/NOIA, polimialgia reumática

14 NEURITE ÓPTICA ISQUÊMICA ANTERIOR Arterítica: Exame físico: -Pulso diminuido -Alterações na A. temporal: >Aumentada >Ausência de pulso >Sensibilidade local -FO: papila pálida edemaciada com bordos borrados, com hemorragias peripapilares, infiltrados algodonoso, podendo complicar com oclusão da artéria retiniana central e ramos -Atrofia óptica, palida com disco palno -Defeito de aferencia pupilar (Marcus-Gunn) ou teste de alternância luminosa positivo

15 NEURITE ÓPTICA ISQUÊMICA ANTERIOR Arterítica: critérios diagnósticos (ACR) -Idade maior ou igual a 50 anos na inicio do quadro -Manifestação de nova cefaléia localizada -Sensibilidade ou pulsação reduzida da artéria temporal -VHS maior que 50 mm/h - Biópsia com artrite necrotizante com predomineo de células mononucleares ou processo granulomatoso com celulas multinucleadas gigantes Obs: 3 ou +, Sens 94% e Espec 91%

16 NEURITE ÓPTICA ISQUÊMICA ANTERIOR Arterítica: -Tratamento com corticoisteroides de forma precoce pela progressão rapida da perda de acuidade visual para o olho contralateral -Trombocitose tem sido associado com maior riscode perda de acuidade visual -Envolvimento bilateral em 1/3 dos casos dentro do primeiro dia

17 Obrigado


Carregar ppt "NEURITE ÓPTICA ISQUÊMICA ANTERIOR JOÃO FILIPE DE OLVEIRA HOSPITAL DA CLÍNICAS DE RIBEIRÃO PRETO RESIDÊNCIA DE NEUROLOGIA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google