A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Centro de Divulgação Científica e Cultural COMISSÃO INTERNA DO USP RECICLA  Aguinaldo Curtolo  Gildete Oliveira da Conceição  Silvia Aparecida Martins.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Centro de Divulgação Científica e Cultural COMISSÃO INTERNA DO USP RECICLA  Aguinaldo Curtolo  Gildete Oliveira da Conceição  Silvia Aparecida Martins."— Transcrição da apresentação:

1 Centro de Divulgação Científica e Cultural COMISSÃO INTERNA DO USP RECICLA  Aguinaldo Curtolo  Gildete Oliveira da Conceição  Silvia Aparecida Martins dos Santos  Silvia Lopes Cereda Estabelecer um vínculo entre a Universidade e a Comunidade; promover e orientar atividades que visam despertar nos cidadãos, em especial nos jovens, o interesse pela ciência e pela cultura; oferecer cursos e orientação específica aos professores de educação infantil e do ensino fundamental e médio; Produzir e disponibilizar materiais instrucional para professores e alunos. Missão ATIVIDADES DE Extensão Visitas a Campo Discute-se a importância da conservação ambiental. São abordadas as questões relacionadas às bacias hidrográficas, a conservação de áreas naturais, a biodiversidade, a ocupação urbana e os resíduos sólidos. Áreas de Exposição de Ciências Vivenciar a partir de espaços destinados às exposições de ciências: Espaço Vivo de Biologia, Espaço de Física, Jardim da Percepção e Trilha de Percepção do Ambiente. Nestes locais os visitantes são estimulados à percepção das sensações. Principais desafios enfrentados: Preparar os monitores para mediar os conteúdos abordados; Sensibilizar os visitantes com relação às questões ambientais. Programa de Visitas Monitoradas

2 Centro de Divulgação Científica e Cultural COMISSÃO INTERNA DO USP RECICLA ATIVIDADES DE Extensão Programa de Visitas Monitoradas Microbacia Hidrográfica do Córrego do Gregório O Córrego do Gregório – é o principal afluente do Rio Monjolinho, que drena a área urbana do município de São Carlos. Com exceção da área da nascente, é um córrego totalmente urbanizado. Objetivo Observar os impactos ambientais causados pelo crescimento da cidade e refletir sobre formas de preveni-los e minimizá-los. Trilha da Natureza da UFSCar A Trilha da Natureza, localizada na área norte da UFSCar, é um transecto de 2km que corta os ambientes de Cerrado e Mata Galeria da área de Reserva Legal, além de passar pela Represa Mayaca, nascente do Córrego do Fazzari. Objetivos Discutir a importância da biodiversidade do Cerrado; Identificar e diferenciar os tipos de vegetação nativa e exótica, bem como suas implicações para com o equilíbrio do meio.

3 Centro de Divulgação Científica e Cultural COMISSÃO INTERNA DO USP RECICLA ATIVIDADES DE Extensão Programa de Visitas Monitoradas Objetivos Sensibilizar os participantes do volume de resíduos domiciliares produzidos em áreas urbanas; Mostrar a estrutura e a manutenção de um aterro; Discutir medidas para minimizar os impactos ambientais causados pelos resíduos sólidos. Educação Ambiental com ênfase em Resíduos Sólidos Objetivos Conhecer algumas espécies características de cerrado e mata galeria e estimular a percepção de umidade, calor, cor, som, diversidade e odor. ÁREA DE EXPOSIÇÕES: Jardim da Percepção e Trilha de Percepção do Ambiente

4 Centro de Divulgação Científica e Cultural COMISSÃO INTERNA DO USP RECICLA ATIVIDADES DE Extensão ATIVIDADES DE EXTENSÃO QUINTAL AGROECOLÓGICO - PROJETO APROVADO PELA SGA e CNPq Este projeto visa discutir as consequências do modelo convencional de agricultura, em relação à saúde dos consumidores, agricultores e meio ambiente e disseminar a proposta de agroecologia como alternativa. Para isso está sendo adaptada uma área de 100m 2, que estava ociosa, localizada em prédio anexo ao CDCC/USP. Será um espaço de aprendizagem; local que será discutido com os visitantes, além dos funcionários a problemática dos resíduos sólidos compostáveis. ATIVIDADES INTERNAS GESTÃO E GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS Resíduos Eletro-eletrônicos Os equipamentos são avaliados e se estão em condição de uso são disponibilizados dentro da unidade ou desmontados para reaproveitamento de peças e quando descartados são encaminhados para o Projeto Energia: Substituição de lâmpadas de 32W por 28W – Está sendo discutido com o representante do PURE. Envolve troca de calhas. Vai ser avaliado pelo PURE, mas em longo prazo (recursos disponíveis). Colocar sensores de iluminação nos corredores ou substituir por lâmpadas com eficiência energética maior (ex. lâmpada de LED). Os sanitários já possuem sensores. Pilhas e baterias pós-consumo Existe um coletor para descarte desses materiais utilizados nas unidades e particular dos funcionários que posteriormente é encaminhado para o Banco Santander.

5 Centro de Divulgação Científica e Cultural COMISSÃO INTERNA DO USP RECICLA ATIVIDADES DE Extensão ATIVIDADES INTERNAS GESTÃO E GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS Projeto aprovado pela SGA – Uso de células fotovoltaicas como fonte alternativa de energia elétrica. Coleta Seletiva Ocorre segunda as orientações do Programa USP Recicla. As funcionárias terceirizadas trabalham sob orientação de uma servidora portanto a coleta está satisfatória. Estamos verificando junto as funcionárias a necessidade de compra de coletores móveis para facilitar o trabalho. Problemas e Ações: Os usuários depositam inadequadamente os resíduos. Para tentar minimizar este problema estamos melhorando a identificação dos coletores. Estudo de um local mais apropriado, junto com o setor de manutenção predial, para a disposição temporária dos resíduos. FORMAÇÃO AMBIENTAL DA COMUNIDADE CDCC  Apresentação da comissão interna e as propostas que estão sendo discutidas para a comunidade do CDCC durante o encontro de formação de monitores (início II semestre de 2013).  Participação de dois funcionários no curso de Formação Socioambiental de Servidores não Docentes que está sendo oferecido pela SGA.  Encontros com a comunidade interna do CDCC para apresentar e discutir as propostas da comissão, sua viabilidade bem como o envolvimento de todos no processo.  Diagnóstico por setor dos resíduos produzidos (tipo e quantidade): Verificar se os resíduos são descartados adequadamente e quais as dificuldades; Quais ações poderiam ser implementadas para um processo efetivo; Refletir sobre o consumo – compras de determinados materiais são mesmo necessárias; Bem estar; Locais de socialização.  Divulgar os projetos e ações que estão sendo realizadas pelas unidades do campus São Carlos. PRINCIPAIS DESAFIOS Sensibilizar a comunidade interna do CDCC sobre questões socioambientais presentes no dia a dia e conseguir envolve-la no processo.


Carregar ppt "Centro de Divulgação Científica e Cultural COMISSÃO INTERNA DO USP RECICLA  Aguinaldo Curtolo  Gildete Oliveira da Conceição  Silvia Aparecida Martins."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google