A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PNE AÇÕES ESTRATÉGICAS para o ensino superior (metas 12,13,14) e formação de professores (metas 15 e 16) Maria Lucia Cavalli Neder Reitora da UFMT.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PNE AÇÕES ESTRATÉGICAS para o ensino superior (metas 12,13,14) e formação de professores (metas 15 e 16) Maria Lucia Cavalli Neder Reitora da UFMT."— Transcrição da apresentação:

1 PNE AÇÕES ESTRATÉGICAS para o ensino superior (metas 12,13,14) e formação de professores (metas 15 e 16) Maria Lucia Cavalli Neder Reitora da UFMT

2 Educação: centro do desenvolvimento nacional AVANÇOS CRIAÇÃO DE NOVAS UNIVERSIDADES; CRIAÇÃO DE NOVOS CAMPUS; AMPLIAÇÃO DA REDE DE INSTITUTOS FEDERAIS; AVANÇOS CRIAÇÃO DA UAB PISO SALARIAL DO PROFESSOR; FUNDEB; PROUNI;

3 DIRETRIZEZ DO PNE a 2024 DIRETRIZEZ DO PNE a 2024 Erradicação do analfabetismo; Erradicação do analfabetismo; Universalização do atendimento escolar; Universalização do atendimento escolar; Superação das desigualdades educacionais; Superação das desigualdades educacionais; Melhoria da qualidade da educação; Melhoria da qualidade da educação; Formação para o trabalho e para a cidadania; Formação para o trabalho e para a cidadania; Promoção do princípio da gestão democrática; Promoção do princípio da gestão democrática; Promoção humanística, cient. cult. e tecn.; Promoção humanística, cient. cult. e tecn.; Meta de aplicação de recursos públicos (PIB); Meta de aplicação de recursos públicos (PIB); Valorização dos profissionais da educação; Valorização dos profissionais da educação; Respeito aos direitos humanos, à diversidade e à sustentabilidade socioambiental. Respeito aos direitos humanos, à diversidade e à sustentabilidade socioambiental.

4 EDUCAÇÃO SUPERIOR META 12: elevar a taxa bruta de matrícula na educação superior para 50% e a taxa líquida para 33% da população de 18 a 24 anos, assegurada a qualidade da oferta e expansão para, pelo menos, 40% das novas matrículas no segmento público ; META 12: elevar a taxa bruta de matrícula na educação superior para 50% e a taxa líquida para 33% da população de 18 a 24 anos, assegurada a qualidade da oferta e expansão para, pelo menos, 40% das novas matrículas no segmento público ; META 13: elevar a qualidade e ampliar a proporção de mestres e doutores do corpo docente em efetivo exercício no conjunto do sistema superior para 75%, sendo, do total, no mínimo de 35% doutores; META 13: elevar a qualidade e ampliar a proporção de mestres e doutores do corpo docente em efetivo exercício no conjunto do sistema superior para 75%, sendo, do total, no mínimo de 35% doutores; META 14: elevar gradualmente o nº de matrículas na pós- graduação stricto sensu, de modo a atingir a titulação anual de 60 mil mestres e 25 doutores. META 14: elevar gradualmente o nº de matrículas na pós- graduação stricto sensu, de modo a atingir a titulação anual de 60 mil mestres e 25 doutores.

5 EDUCAÇÃO SUPERIOR META 15 : garantir, em regime de colaboração, entre a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, no prazo de 1 ano da vigencia deste PNE, política nacional de formação dos profissionais da educação de que tratam os incisos I, II, III do caput do art.61 da lei n 9.394, de , assegurando que todos os professores e as professoras da educação básica possuam formação específica de nível superior, obtida em curso de licenciatura na área de conhecimento em que atuam; META 15 : garantir, em regime de colaboração, entre a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, no prazo de 1 ano da vigencia deste PNE, política nacional de formação dos profissionais da educação de que tratam os incisos I, II, III do caput do art.61 da lei n 9.394, de , assegurando que todos os professores e as professoras da educação básica possuam formação específica de nível superior, obtida em curso de licenciatura na área de conhecimento em que atuam; META 16: formar, em nível de pós-graduação, 50% dos professores da educação básica e garantir a todos formação continuada em sua área de atuação, considerando necessidades, demandas e contextualizações dos sistemas de ensino. META 16: formar, em nível de pós-graduação, 50% dos professores da educação básica e garantir a todos formação continuada em sua área de atuação, considerando necessidades, demandas e contextualizações dos sistemas de ensino.

6 Desafios Desafios Garantir que, no mínimo, 35% da população de 18 a 24 anos tenham acesso a ed.superior; Garantir que, no mínimo, 35% da população de 18 a 24 anos tenham acesso a ed.superior; Assegurar uma proporção não inferior a 50% das matrículas nas IES públicas; Assegurar uma proporção não inferior a 50% das matrículas nas IES públicas; Garantir a oferta da ed. Superior em todas as regiões; Garantir a oferta da ed. Superior em todas as regiões; Assegurar a interiorização das IES públicas; Assegurar a interiorização das IES públicas; Garantir expansão de cursos noturnos; Garantir expansão de cursos noturnos;

7 Desafios Criar mecanismos que garantam acesso e permanência dos estudantes; Criar mecanismos que garantam acesso e permanência dos estudantes; Consolidar e ampliar programas de ações de incentivo à mobilidade estudantil; Consolidar e ampliar programas de ações de incentivo à mobilidade estudantil; Assegurar que 50% das vagas das IES públicas sejam destinadas a estudantes do E.M público; Dobrar o número de alunos matriculados em cursos de mestrado e doutorado; Assegurar que 50% das vagas das IES públicas sejam destinadas a estudantes do E.M público; Dobrar o número de alunos matriculados em cursos de mestrado e doutorado;

8 Desafios Aumentar em 50% a produção científica e tecnológica do país; Aumentar em 50% a produção científica e tecnológica do país; Promover o intercambio científico e tecnológico nacional e internacional; Promover o intercambio científico e tecnológico nacional e internacional; Reestruturação dos currículos com base em um novo paradigma educacional; Reestruturação dos currículos com base em um novo paradigma educacional; Garantir que a autonomia didática,, científica, administrativa e de gestão financeira se efetive nas universidades; Garantir que a autonomia didática,, científica, administrativa e de gestão financeira se efetive nas universidades; Ampliar o investimento nas IES públicas; Ampliar o investimento nas IES públicas;

9 PRESSUPOSTOQUESTÕES: Como cumprir essas metas, considerando:  2 milhões de prof. na Ed.Básica; (67,8% NS, 24,5 NM, 0,6% EF) (67,8% NS, 24,5 NM, 0,6% EF)  no Ens.Fund.  369 mil na Ed. Infantil ( 48,3% NS, 41,3 NM, 10,7% leigos) 600 mil para serem formados. A formação e capacitação do professor é uma das garantias da obtenção de padrões de qualidade compatíveis com os parâmetros internacionais.

10 600 mil formação inicial 2 milhões Educação Continuada 500 mil Pós- Graduação

11 DESAFIOS No contexto da discussão a respeito da Educação Básica, certos consensos que induzem à implementação de formação, valorização e profissionalização do magistério, que contemple de forma articulada: No contexto da discussão a respeito da Educação Básica, certos consensos que induzem à implementação de formação, valorização e profissionalização do magistério, que contemple de forma articulada: Piso salarial remuneração compatível Plano de carreira Jornada de trabalho integral Formação integral: múltiplas dimensões Vinculação das Licenciaturas às escolas públicas Criação de um sistema de colaboração para enfrentar os problemas (sistêmico, orgânico) Fundamentos relação teoria/prática Investigação relação/Pós Compromisso Institucional das IES:envolvimento de todas as licenciaturas Currículos menos fragmentados Educação Continuada

12 Currículos: desafio na proposição de formas inovadoras Licenciaturas integradas ciências da natureza: Mat, Fis, Qui, Bio Licenciaturas integradas ciências sociais: história ciências sociais: história Geo, Fil, Soc, Licenciaturas integradas ciências humanas: Letras, Artes, Ped. Letras, Artes, Ped.

13 Núcleo de Estudos Complementares ( formação cultural ética, estética) Núcleo de Estudos de Formação Básica (comum a todos os cursos) Núcleo de Estudos de Formação Específica (por área de atuação)

14 Programas/CURSOS Formação Inicial em licenciaturas integradas, oferecida em todas as modalidades Formação Inicial em licenciaturas integradas, oferecida em todas as modalidades Formação Pedagógica (formados em áreas afins) Formação Pedagógica (formados em áreas afins) Cursos para atender demandas específicas Cursos para atender demandas específicas Formação Continuada (com abertura de vagas em disciplinas ou módulos em oferta, em todas as modalidades, cursos de extensão e de aperfeiçoamento) Formação Continuada (com abertura de vagas em disciplinas ou módulos em oferta, em todas as modalidades, cursos de extensão e de aperfeiçoamento) Especialização (com módulos progressivos) Especialização (com módulos progressivos) Mestrado Mestrado

15 formação educação continuada carreira tempo integral salário

16 Infraestrutura das escolas Assistência Estudantil Tempo Integral (cultura, esporte e lazer) Infraestrutura das escolas Assistência Estudantil Tempo integral (cultura, esporte, lazer)

17 PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Dimensionamento da demanda; Programas interinstitucionais de formação nos Estados; Diretrizes Nacionais para reformas curriculares; Plano de TI nos Estados Financiamento e estímulo à docência para jovens. Financiamento 10% do PIB Qualidade da Educação Responsabilidade de Todos Programa de integração dos jovens universitários nas escolas de educação básica

18 Deve se constituir em um terreno propício para possibilitar a construção e interpretação da vida social de forma crítica.


Carregar ppt "PNE AÇÕES ESTRATÉGICAS para o ensino superior (metas 12,13,14) e formação de professores (metas 15 e 16) Maria Lucia Cavalli Neder Reitora da UFMT."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google