A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

HISTÓRIAS do BRASIL MULTIMÍDIA. Tecnologia de Comunicação Telégrafo 1857 Telefone 1877 Dívida Externa Empréstimos para cobrir Déficit Empréstimos para.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "HISTÓRIAS do BRASIL MULTIMÍDIA. Tecnologia de Comunicação Telégrafo 1857 Telefone 1877 Dívida Externa Empréstimos para cobrir Déficit Empréstimos para."— Transcrição da apresentação:

1 HISTÓRIAS do BRASIL MULTIMÍDIA

2

3 Tecnologia de Comunicação Telégrafo 1857 Telefone 1877 Dívida Externa Empréstimos para cobrir Déficit Empréstimos para despesas militares Empréstimos para pagar juros £ $ 61 milhões

4  Ao longo do século 19, o café foi ganhando cada vez mais o mercado mundial, particularmente o mercado europeu.  Entre outros fatores, contribuiu muito para o crescimento do consumo a ampla propaganda exaltando as qualidades medicinais do produto. “Coffea arabica Fortifica o fígado,... igualmente soberano contra a sarna e a corrupção do sangue, Refresca o coração e o bater vital dele; alivia aqueles que têm dores de estômago e que têm falta de apetite; é igualmente bom para as indisposições úmidas ou pesadas do cérebro...”

5 Crescimento da produção Em São Paulo, a produção sobe de 535 mil sacas em 1870/71 para 3,6 milhões de sacas em 1891/92. Balança de exportações Do total das exportações, o café passa de diminutos 18.4%, na década de 1821/1830, para 64.5%, na última década do século. O crescimento da procura no mercado externo, provocou uma expansão no cultivo. Fazendas de café, confinadas praticamente ao Rio de Janeiro até 1850, espalham-se, nos cinqüenta anos seguintes, pelo Vale do Paraíba, pelo sul de Minas e pelo chamado “oeste” paulista.

6 Antecedentes : O Brasil só conheceu duas formas de transporte terrestre em seus primeiros trezentos anos de história. Para o transporte de pessoas e carga a curtas distâncias o mais comum era utilizar-se dos carros, de boi. Para o transporte de mercadorias a longas distâncias usava-se das tropas de muares.

7 - Origens: Dois fatores conjugados estiveram presentes nas origens do nascimento do transporte ferroviário no Brasil: o café e capitais europeus. Pelo grande volume de sua produção, o café necessitava de um transporte mais rápido e com maior capacidade de carga. Em meados do século XIX aparece o interesse de capitais ingleses de ampliar investimentos. E o ferroviário foi um dos setores mais atraentes. - Histórico: Contando com empréstimos de bancos ingleses, foram construídas as primeiras ferrovias de porte: - Santos/Jundiaí, em 1867; - Jundiaí/Campinas (1872) e - São Paulo/Rio, em No final do século existiam km de trilhos assentados (30% sob controle inglês), sendo que 62% concentrava-se no Centro-Sul, servindo ao setor cafeeiro.

8 OS SURTOS -O primeiro surto industrial (1850/60) foi resultante do protecionismo indireto da Lei Alves Branco Branco, de 1844, que aumentou as taxas sobre produtos importados. Foi resultante também da Lei Eusébio de Queirós Queirós, de1850, que liberou vultosos capitais antes investidos no comércio de escravos. -O segundo, (1881/1900) foi impulsionado pelas pressões da Associação Industrial Industrial, fundada em 1881, pelas medidas protecionistas da Tarifa Belisário de Sousa (1887), pelos capitais do setor cafeeiro cafeeiro e também pela influência da onda imigratória que trouxe empreendedores e consumidores. FABRICA DE TECIDOS – SÃO PAULO, 1890

9 Características : Concentração: A província do Rio de Janeiro é onde se concentra a maior parte das unidades fabris vindo depois São Paulo e Bahia Setores: A maior parte das fábricas está voltada para a produção de mercadorias de consumo essencial e de massa como tecidos, alimentos, madeiras e vestuário. Crescimento: Contam-se 72 fábricas em 1850 e 636, em 1889 Em 1900, eram cerca de 1000 unidades fabris ocupando mais de 50 mil trabalhadores.

10 Cidades atraem políticos negociantes, empresários. Atraem também trabalhadores braçais pelo potencial mercado de trabalho urbano. A cidade torna-se centro de decisões econômicas e políticas. Torna-se pólo de obras comércio, e serviços. Fatores: -Expansão cafeeira, -Crescimento industrial, -Expansão ferroviária, -Crescimento bancário.

11 RESUMINDO A economia brasileira na segunda metade do século 19 foi particularmente marcada Expansão cafeeira Nascimento das Ferrovias Surto industrial Crescimento urbano FIM


Carregar ppt "HISTÓRIAS do BRASIL MULTIMÍDIA. Tecnologia de Comunicação Telégrafo 1857 Telefone 1877 Dívida Externa Empréstimos para cobrir Déficit Empréstimos para."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google