A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Lição 4 26 de julho de 2014. “Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu seu Filho unigênito, para que todo aquele que nEle crer, não pereça,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Lição 4 26 de julho de 2014. “Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu seu Filho unigênito, para que todo aquele que nEle crer, não pereça,"— Transcrição da apresentação:

1 Lição 4 26 de julho de 2014

2

3 “Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu seu Filho unigênito, para que todo aquele que nEle crer, não pereça, mas tenha vida eterna” (João 3:16) O amor é o atributo por excelência do caráter de Deus. Ele não só ama, mas Ele É amor (1 Juan 4:8). O amor que Deus tem por cada ser humano que criou, O levou à ação de dar- se a si mesmo – na pessoa de seu Filho – para salvar ao mundo. Como podemos conseguir esta salvação oferecida por Deus? Somente necessitamos imitar o exemplo do publicano: “Deus, sê propício a mim, pecador” (Lucas 18:13). Ninguém merece a salvação. Não podemos comprá-la, só recebê-la. É pela graça. Graças Pai por teu amor e por nos dar o dom do teu Filho.

4 “Porém eu O conheço, porque dEle procedo, e Ele me enviou” (João 7:29) Jesus declarou que havia sido enviado pelo Pai. Devia buscar a aqueles que o Pai atraísse: “Ninguém pode vir a mim, se o Pai que me enviou não lhe trouxer” (Jo 6:44) Em sua busca em atrair aos homens, Pai, Filho e Espírito Santo estão dispostos a realizar qualquer esforço para salvar a cada um de nós. Em Lucas 15:3-10, Jesus relatou duas parábolas para que possamos entender este ponto. Como o pastor que busca a sua ovelha perdida, Deus sai a nos buscar e nos leva ternamente de volta ao redil. Igual a mulher realiza todo esforço necessário para encontrar sua dracma perdida, Deus busca incessantemente a maneira de nos atrair a Ele.

5 “Os judeus ensinavam que o pecador devia arrepender-se antes de lhe ser oferecido o amor de Deus. A seu parecer, o arrependimento é obra pela qual os homens ganham o favor do Céu. Foi esse pensamento que induziu os fariseus atônitos e irados a exclamarem: “Este recebe pecadores.” Lucas 15:2. Conforme sua suposição, não devia permitir que pessoa alguma a Ele se achegasse sem se ter arrependido. Mas na parábola da ovelha perdida, Cristo ensina que a salvação não é alcançada por procurarmos a Deus, mas porque Deus nos procura. “Não há ninguém que entenda; não há ninguém que busque a Deus. Todos se extraviaram.” Romanos 3:11, 12. Não nos arrependemos para que Deus nos ame, porém Ele nos revela Seu amor para que nos arrependamos.” E.G.W. (Parábolas de Jesus, cp. 15, pg. 95)

6 “Eu sou o bom pastor; o bom pastor dá a vida por suas ovelhas” (João 10:11) Quando João Batista declarou “Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo” (João 1:29), fez uma clara alusão à forma que se realizaria nossa salvação. Cada animal sacrificado ensinava uma lição ao ofertante: para que o pecado possa ser perdoado, um ser inocente deve morrer. E somente a morte substitutiva do único ser humano que viveu sem pecado (Jesus, o Filho de Deus), pode obter este perdão. Ninguém o obrigou, ele mesmo se ofereceu voluntariamente para morrer por nós, porque nos ama. “Por isto o Pai me ama, porque dou a minha vida para tornar a tomá-la. Ninguém ma tira de mim, mas eu de mim mesmo a dou; tenho poder para a dar, e poder para tornar a tomá-la. Este mandamento recebi de meu Pai” “Por isto o Pai me ama, porque dou a minha vida para tornar a tomá-la. Ninguém ma tira de mim, mas eu de mim mesmo a dou; tenho poder para a dar, e poder para tornar a tomá-la. Este mandamento recebi de meu Pai. ” (João 10:17-18)

7 “Respondeu-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que todo aquele que comete pecado é servo do pecado.… Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres.” (João 8:34, 36) O pecado escraviza a quem o comete. O único Libertador verdadeiro é Jesus, que nunca foi escravo do pecado. Jesus se alegra em nos conceder o perdão e livrar nos da condenação. “As palavras pronunciadas por Jesus: “Teus pecados te são perdoados” (Mateus 9:2), tem um imenso valor para nós. Ele disse: Levei teus pecados em meu próprio corpo na cruz do Calvário. Ele vê vossas aflições. Sua mão põe sobre a cabeça de cada alma contrita, e Jesus se converte no nosso Advogado diante do Pai, e nosso Salvador. O coração humilhado e contrito receberá uma grande benção com o perdão.” E.G.W. (A fim de conhecê-lo, 18 de agosto)

8 “O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância” (João 10:10) Jesus, que era completamente inocente, tomou sobre si nossa culpa e recebeu nosso castigo para que nós, que somos totalmente pecadores, pudéssemos ser declarados inocentes. Por meio dEle, em lugar de perecer, recebemos vida eterna. Quando Jesus se torna nosso Salvador, nossa vida adquire um significado completamente novo, e podemos desfrutar uma vida mais plena e feliz.

9 A vida que Jesus nos dá, se sustenta com pão e água: “Eu sou o pão vivo que desceu do céu; se alguém comer deste pão, viverá para sempre; e o pão que eu der é a minha carne, que eu darei pela vida do mundo” (João 6:51) “Mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede, porque a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água que salte para a vida eterna.” (João 4:14) “Os que são participantes da humildade, pureza e amor de Cristo, se alegrarão em Deus, e irradiarão luz e alegria a todos em seu redor. O pensamento de que Cristo morreu para conseguir nos o dom da vida eterna, basta para manifestar em nosso coração a gratidão mais sincera e fervente, y obter de nossos lábios o louvor mais entusiasta. As promessas de Deus são ricas, plenas e gratuitas” E.G.W. (Filhos e filhas de Deus, 16 de novembro)


Carregar ppt "Lição 4 26 de julho de 2014. “Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu seu Filho unigênito, para que todo aquele que nEle crer, não pereça,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google