A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Diferentes espécies de Ação. Ação : Ato ou efeito de agir, de atuar;. Manifestação de uma força, de uma energia, de um agente;. Capacidade de mover-se,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Diferentes espécies de Ação. Ação : Ato ou efeito de agir, de atuar;. Manifestação de uma força, de uma energia, de um agente;. Capacidade de mover-se,"— Transcrição da apresentação:

1 Diferentes espécies de Ação. Ação : Ato ou efeito de agir, de atuar;. Manifestação de uma força, de uma energia, de um agente;. Capacidade de mover-se, de agir;. Modo de proceder, comportamento, atitude;. Exercício da força, do poder de fazer alguma coisa;. Atividade responsável de um sujeito;. Realização de uma vontade que se presume livre e consciente;. Processo que decorre da natureza ou da vontade de um ser, o agente, e de que resulta criação ou modificação

2 Intolerância: a respeito diz Morya em Coração 117 "A intolerância é sinal de vileza de espírito. A intolerância contém os embriões das ações mais perniciosas. Não há lugar para a manifestação do crescimento do espírito, onde a intolerância se aninha."

3 T odas as nossas ações e atitudes são balizadas por nosso atual nível de consciência. Como estamos vivendo a atual experiência, manifestados no plano físico, como humanos em diferentes estágios de evolução, uns reagem com ações e atitudes emocionais outros são mais racionais, e existem aqueles que hoje estão em um estágio de desenvolvimento humano um pouco mais a frente e que são capazes de ações e atitudes, guiados por sua alma, estão chegando mais perto de um consciência Divina, que permite ações inclusivas e que sempre visam ao bem comum, ao bem da humanidade.

4 Três questões fundamentais:.Quem sou eu ?.De onde venho ?.Para onde eu vou?

5 Em Coração 78 Morya nos diz a respeito: "No princípio, a fronteira entre os mundos físico e sutil não era bem definida. Nos mais antigos manuscritos pode-se encontrar indicações fragmentárias acerca da íntima cooperação entre esses mundos. Durante o adensamento físico, o foco do coração, foi necessário para a transmutação das substâncias, para a multiplicação das energias. Mas, como sabeis, o intelecto se esforçou para isolar-se e, desse modo dificultou a evolução. "

6 Morya diz ainda em Coração 118 "Eu afirmo que Nós estamos a serviço da transformação da matéria em energias e, devido a isso, ninguém pode diminuir o significado do ser humano e sua passagem através das camadas inferiores. Pode-se considerar esta existência como de mensageiros disfarçados, tão grandemente a essência não corresponde à forma de vida casual; ela pode ser bela. "

7 Viver como mônadas manifestadas no plano físico em processo de constante experiência e aprendizado. Um novo estado de consciência, nos permitirá certamente, assumir novas e mais sérias responsabilidades, assumir atitudes e atos que nos leve a seguir o caminho da conquista do que vou chamar do seu Reino Interno, e o homem precisa de aspiração para entrar nos seus reinos internos, os da alma; e da concentração, para aprender o que neles é ensinado.

8 O que nos ensinam os Mestres sobre aspiração? "Quando você aspira, na verdade está se empenhando para uma ação imediata, e essa atividade tanto pode se desenvolver externa como internamente. Pode ocorrer que uma pessoa esteja em busca da verdade e de um desejo de auto- aperfeiçoamento, internamente, mesmo que ainda não esteja em condição de começar a atividade externa; contudo sua aspiração cria, dentro dela, um imã, que atrai possibilidades. "

9 Possamos transformar ensinamentos em Ação:.Ação como manifestação de uma força consciente, de uma energia;.Ação no modo de proceder, comportamento, atitude;.Ação como realização de uma vontade de uma aspiração que se presupõe livre e consciente;.Ação que resulta criação ou modificação;.Ação que possa disseminar o bem a todos;

10 Mas para que essas ações se tornem possíveis em nossas vidas, temos que responder de forma absolutamente clara, aquelas três perguntas iniciais:.Quem sou eu ?.De onde venho ?.Para onde eu vou?

11 1ª Há uma Vida, e esta Vida, o Mestre DK escreveu com letra maiúscula de propósito, Vida que se expressa primeiramente através de sete qualidades ou aspectos básicos e secundariamente através de infinita diversidade de formas, podemos chamar Vida de Espírito. Então existe um Espírito. 2ª Essas sete qualidades que são a expressão da Vida, são os sete Raios, ou sete aspectos do Espírito. 3ª Existem 3 palavras que tem sinônimos, Vida, qualidade, aparência ou Espírito, alma e corpo, e elas constituem tudo que existe, elas são a própria existência, com sua capacidade para crescer, para a atividade, para a manutenção da beleza e para a plena conformidade com o Plano. Esse Plano está enraizado na consciência das sete Vidas do Raio, é o PLANO DIVINO. 4ª Essas Sete Vidas cuja natureza é a consciência e cuja expressão é a sensibilidade e a qualidade específica, produzem ciclicamente o mundo manifestado. Trabalham juntas e cooperam inteligentemente com o Plano Divino. 5ª É a humanidade uma expressão da Vida de Deus, todo ser humano vem existência segundo uma ou outra linha de força dos Sete Raios, a natureza da sua alma é qualificada ou determinada pela Vida do Raio que fixa a qualidade da Vida da humanidade e das formas nos reinos da natureza.

12 Enquanto ficarmos presos somente nas formas, ou seja, na nossa manifestação exterior, na nossa condição de personalidade, nós ficamos limitados, a começar pela nossa própria forma física, por mais que a gente se conserve ela vai envelhecer, em determinado momento vamos sair de nossos corpos, que não vão servir mais. Mas o que vai sair deles ? O que os estão animando ? É essa mônada que nós chamamos de várias maneiras.

13 Sobre nossa dificuldade de compreensão Morya diz em Agni Ioga 257 Em verdade quando um navio aumenta sua velocidade, a força de resistência das ondas aumenta. Muitos obstáculos são provocados por nossa aspiração. O mesmo processo atrai para nós inesperadas partículas da vontade oposta. É importante que as correntes sejam fortes, pois neste caso, nosso fogo estará acesso. Quando dizem que alguém sucumbiu sob o peso das circunstâncias, tende certeza de que ele andava sem ter seu fogo aceso, e durante um encontro, sua consciência confundiu-se. Mas quando o passo é firme, os obstáculos são favoráveis. Não pensem portanto que o êxito é uma viagem em bacia, numa poça d água estagnada.

14 Enquanto as energias sutis não forem conscientizadas, elas não serão úteis as pessoas. A conscientização é quase dominação. É tempo de acostumar-se ao inobservável, à cadeia de indizíveis energias tão perto de nós. Se o sal está sob a mesa, isto não significa que nós sentimos o seu sabor. Precisamos deixar de ter somente consciência sensorial, para adquirirmos consciência da Divindade.


Carregar ppt "Diferentes espécies de Ação. Ação : Ato ou efeito de agir, de atuar;. Manifestação de uma força, de uma energia, de um agente;. Capacidade de mover-se,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google