A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Parte III - Carlos _ Bru.  E foram refletidas pelo processo de ideação e materialização, mas só ocorre o processo de ideação e materialização porque.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Parte III - Carlos _ Bru.  E foram refletidas pelo processo de ideação e materialização, mas só ocorre o processo de ideação e materialização porque."— Transcrição da apresentação:

1 Parte III - Carlos _ Bru

2  E foram refletidas pelo processo de ideação e materialização, mas só ocorre o processo de ideação e materialização porque esses mecanismos permitam que a vida manifeste sua idéia para melhor compreendê-la. E com o tempo essa vida, essa inteligência revelará o que? Tudo o que eu vivi sempre esteve em mim. Ou sempre esteve no meu Eu, em potência.

3  No cerne inteligente, na área psíquica, temos uma zona inviolável, nada entra, o que sai é irradiação de idéia. Porque o que a área psíquica faz, ela materializa fora, para revelar o que tem dentro. Ela não realiza fora para construir o mundo fora dela, tanto que essa construção, essa materialização exterior é impermanente, porque uma consciência, uma inteligência que não foi totalmente revelada a si mesma, ela vai mudar a sua compreensão de vida de etapa em etapa até que ela atinja a revelação profunda sobre si mesmo.

4  Por isso, quando nós afirmamos para vocês que aquilo que vocês pensam ser verdade é um mundo ilusório e fictício é porque a vida é interior, ela não é exterior.  A inteligência se move para revelar, o que vocês estão acreditando que é vida, é idéia materializada que daqui a pouco será desconstituída.

5  Forças: psíquica, psicológica e fisiológica. Sem essa área aqui, a inteligência não teria como materializar suas idéias e revelar se. Esse é o seu banco de dados individual, a área psicológica, a força psicológica, porque ela é individual, mas antes de ser individual ela é coletiva, correto?

6  Vamos por aqui primeiro. Vamos voltar pra Terra?  Gostaria de organizar melhor isso que eu não consigo... A dança espiral do princípio a ser inteligente ela é automática.  Diríamos que ela é progressiva.

7  O organismo planeta faz isso até o ponto humano, também o ponto humano.  O que vocês conhecem.  O ponto humano seria onde mais partículas conhecidas do organismo do planeta o ser agrega ou não?  Ele agrega, nós diríamos, fluidos compatíveis a receber informações humanas, correto?  Esses fluidos propiciam o surgimento do espiral individual, ou seja, da autoconsciência?  Na ascensão de cada ciclo sim.

8  Força: fisiológica, psicológica e psíquica, essas duas aqui para vocês não existem, a psíquica e a psicológica não existem, vocês estão aqui na zona fisiológica, força fisiológica. Todos os fluidos que vocês atraírem são ativos a essa emanação aqui, porque essa emanação é da inteligência em primeiro lugar.

9  É a área psíquica que se sente humana, então ela não tem como atrair fluidos mais elevados. Quando os lampejos da autoconsciência começam a ser desenvolvidos ela começa a atrair fluidos em estágios mais elevados do que os fluidos humanos.

10

11  Não. Saturação informativa. A dor não é fisiológica, não é psicológica, a dor é psíquica. A saturação de informação não produz sentimentos contraditórios?  Não.  Produz o que então?

12  A saturação de informações produz desagregação de uma constituição chamada corpo. Senhor, o seu corpo é formado por partículas, se elas estiverem saturadas das informações que seu corpo está recebendo da área psíquica, da área psicológica, ela vai desagregar do corpo e uma outra apta a receber informações se agregará ao corpo.

13  O perispírito em contato com fluidos mais adensados, ele se materializa como corpo físico, a agregação do perispírito aos fluidos mais adensados, chamamos de corpo físico, produz um outro corpo que chamamos de duplo etéreo onde fica alojado o que nós chamamos de fluido vital ou princípio vital. Terminado o princípio vital ocorre à desagregação do perispírito com os fluidos mais densos do corpo e o corpo morre.

14  Eu estou me referindo a uma agregação de fluidos. O corpo de vocês não troca, não tem toda uma troca? Isso desfaz o corpo? Não. Porque cada célula que substitui uma outra ela perde potência, o senhor sabia disso? E vai chegar o momento que vocês terão um corpo envelhecido. E o corpo envelhecido tendo o que? A desagregar porque o fluxo magnético que o princípio vital produzia naquele mecanismo já não funciona mais. Veja bem, uma célula fisiológica, ela é trocada de tempos em tempos, a que substitui tem menos potência.

15

16  Aí entra um elemento importante no processo revelativo da inteligência, que é a criação de sínteses de idéias, uma coisa que só o estudo ou observação continuada oferece para a própria inteligência. Quando ela faz uma síntese de idéias, ela pega diversas informações dispersas e concentra numa revelação de uma lei, usando até o seu próprio exemplo, quando você estuda a estrutura de uma doença ou uma estrutura diagnóstica, qualquer pessoa que se apresente dentro daquela estrutura, independentemente da idade, de onde ela veio, das condições, você encaixa ela naquela estrutura.

17  Então, é possível pela compreensão de um princípio você alcançar a compreensão de milhões de outros movimentos. Quando isso acontece na inteligência, ela sintetiza idéias, então é por isso que o Carlos pode dizer que ele conhece o movimento inconsciente, não é que ele ficou olhando informação por informação, mas o processo de aprendizagem o levou a uma síntese tão ampla que fez uma síntese de si mesmo, conseqüentemente tudo aquilo que circula em torno de si, ligado a si é compreensível.

18  E esse processo, embora eu compreenda o mecanismo, não sei o que é, eu estou na aprendizagem, estou no esforço de fazer alguma síntese. E é interessante que quando algumas fichas caem, algumas revelações acontecem, realmente é um processo muito natural a compreensão e se faz de maneira espontânea e dinâmica na nossa inteligência e no nosso campo de memória.

19  a síntese não se faz por si mesma, porque quem faz síntese é a inteligência. E se a inteligência negligencia informação, ela negligencia a capacidade e a potencialidade de sintetizar. E cada vez que ela faz síntese, ela atrai dentro da constituição dos mecanismos fluidos com sínteses maiores. Que vão lhe permitir fazer sínteses maiores.

20  Agora, com a negligência, meus amigos, que se faz do conhecimento, não há síntese. Haverá sempre uma plena confusão, porque é muita informação sem conexão nenhuma, não é? Ou então, são informações que você quer conectar por dedução e não vai conseguir.

21  Uma síntese significa o que? Compreensão. Eu trouxe diversos feixes na compreensão de uma revelação que eu acabei de fazer. Então o senhor entenda bem e os demais companheiros presentes, por que o senhor consegue, como médico lidar com a doença?  Porque estudei e conheço a história natural de cada doença.

22  Estudar aquilo que o senhor estudou, qualquer inteligência poderia, mesmo sem vocação, não é o seu caso, o seu tem vocação. O senhor consegue lidar com a doença porque o senhor não é a doença, tem esse diferencial, e nós estamos no processo revelativo materializando aquilo que não somos para entender o que somos.

23  O processo de aprendizagem de uma inteligência não é por assimilação é por negação, ela até assimila por um período, mas depois quando ela faz síntese, ela vai reconhecer que todo aquele manancial que ela desenvolveu possibilitou que ela chegasse a seguinte conclusão não é,.


Carregar ppt "Parte III - Carlos _ Bru.  E foram refletidas pelo processo de ideação e materialização, mas só ocorre o processo de ideação e materialização porque."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google