A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Cristo morreu na cruz para cumprir a lei e dar-nos vida em abundância para que possamos alcançar a paz verdadeira. INTRODUÇÃO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Cristo morreu na cruz para cumprir a lei e dar-nos vida em abundância para que possamos alcançar a paz verdadeira. INTRODUÇÃO."— Transcrição da apresentação:

1

2

3 Cristo morreu na cruz para cumprir a lei e dar-nos vida em abundância para que possamos alcançar a paz verdadeira. INTRODUÇÃO

4 “Andarei em verdadeira liberdade, pois tenho buscado os Teus preceitos” (Salmo 119:45).

5 A liberdade vale tanto? É um dom sagrado que o ser humano recebeu de Deus. Ao ser humano foi confiado o mais precioso dos dons: a faculdade de fazer escolhas, o poder de decidir. Foi por esse motivo que Jesus decidiu vir e dar a Sua vida por nós.

6 Texto 1: “… para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus” (Romanos 12:2). Muitas vezes, ao buscarmos a nossa “liberdade”, nós nos esquecemos de buscar a vontade de Deus, que é agradável e perfeita.

7 Para muitos, a liberdade consiste em fazer o que desejam. Entretanto, o que seria da nossa vida se não tivéssemos certas leis para reger nossos atos? A liberdade se transformaria em libertinagem. Encontramos nas Santas Escrituras a lei que Deus deixou para a humanidade. Capítulo 20 de Êxodo.

8 Afinal, a lei divina é um bem ou um mal? Certamente, ela é um bem.

9 Muitos crêem e dizem que Cristo veio para abolir a lei por meio da Sua morte. Isso não tem fundamento. Se tivesse sido possível Cristo não precisaria ter morrido para salvar o homem da penalidade do pecado.

10 A lei de Deus, por sua própria natureza, não muda nunca. É a revelação da vontade e do caráter de Seu Autor.

11 O primeiro passo para a reconciliação com Deus é a convicção do pecado. A lei de Deus nos mostra a nossa condição de pecadores.

12 Essa idéia não seria mais uma “sedução perigosa” capaz de criar uma falsa expectativa sobre o destino do homem? “ Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus, que apresenteis o vosso corpo por sacrif í cio vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional ” (Romanos 12:1). Texto 2:

13 Devemos apresentar-nos a Deus de forma agradável, devemos ser santos. Mas, posso eu, por mim mesmo, chegar a ser santo?

14 Não há nada que eu possa fazer por mim mesmo que possa me livrar da condenação do pecado, exceto permitir que Ele me receba e me salve através de Seu amor manifestado na cruz.

15 Segundo passo: crer e aceitar o perdão de Deus. Quando reconhecemos que somos pecadores, vemos a necessidade de um Salvador. A lei revela ao homem os seus pecados, mas não dispõe de nenhum remédio. Somente Cristo pode livrar-nos do pecado!

16 Texto 3: “E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus” (Romanos 12:2).

17 Toda renovação que Cristo deseja realizar em nossa vida. Muda o rumo da nossa vida a partir do momento da nossa conversão, de forma gradual.

18 Podemos ter uma vida de acordo com os princípios que Ele nos deu. Isso é o que a Bíblia chama de santificação. Essa obra não a podemos realizar por nós mesmos, somente pela fé em Cristo.

19 A Bíblia ensina claramente que essa é uma obra progressiva.

20 A renovação de que nos fala o apóstolo Paulo abrange todo o ser. Devemos nos apresentar diante de Deus e entregar a Ele cada parte de nosso ser.

21 Muitas vezes podemos nos sentir assim. Como aquele bloco de mármore, sentimos que não foi cumprido o propósito de nossa vida. Sentimos que fomos abandonados, que nunca alcançaremos aquilo que desejamos.

22 É então que Deus aparece em nossa vida. E quem pode colocar um limite naquilo que o divino Escultor pode e deseja fazer em nós? Quando Deus nos vê, Ele divisa em nós um valor infinito.

23 Se hoje permitirmos, Ele poderá nos dar essa paz, essa liberdade que o nosso coração anela, essa vida diferente e cheia de propósito. Quantos querem experimentar essa mudança e desfrutar de uma nova vida?

24


Carregar ppt "Cristo morreu na cruz para cumprir a lei e dar-nos vida em abundância para que possamos alcançar a paz verdadeira. INTRODUÇÃO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google