A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

REUNIÃO DAS ASCOMs 2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos LGBT 2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "REUNIÃO DAS ASCOMs 2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos LGBT 2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos."— Transcrição da apresentação:

1 REUNIÃO DAS ASCOMs 2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos LGBT 2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos para LGBT “Por um Brasil e um Rio de Janeiro livres da pobreza e da discriminação: promovendo a cidadania de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais”

2 REUNIÃO DAS ASCOMs 2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos LGBT 2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos LGBT O Programa Rio Sem Homofobia, composto de ações estratégicas, apresenta mecanismos de enfrentamento à vulnerabilidade de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais frente às diversas situações de exclusão sofridas cotidianamente e tem por escopo articular políticas e implantar ações de combate à discriminação e promoção da cidadania de LGBT e está calcado nos princípios da intersetorialidade, a transversalidade, o diálogo e controle social. Seu desafio é incorporar um conjunto de ações e serviços articulados entre as diferentes secretarias de governo. Programa Estadual Rio Sem Homofobia | Plano de Ações e Metas

3 REUNIÃO DAS ASCOMs 2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos LGBT 2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos LGBT Nesse sentido, o Programa define uma política de Estado para a construção de uma rede de proteção social para a garantia dos direitos civis, políticos e econômicos. Além dos direitos sociais, culturais e ambientais da pessoa humana, indivisíveis e inalienáveis. Em maio deste ano, o Governador Sérgio Cabral lançou o Caderno de Ações e Metas do Programa Estadual Rio sem Homofobia que estabelece ações e compromissos de todas as secretarias de governo diante do combate à homofobia e promoção da cidadania LGBT. Cada uma em sua área. 2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos para LGBT

4 REUNIÃO DAS ASCOMs 2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos LGBT 2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos LGBT Os objetivos específicos do Programa Estadual Rio Sem Homofobia são:  Articular ações entre os entes governamentais e sociedade civil organizada;  Qualificar gestores públicos e representantes LGBT e outros movimentos sociais que atuam na defesa dos direitos humanos;  Institucionalizar sistemas de monitoramento e controle social das políticas públicas para LGBT no estado do Rio de Janeiro e avaliação das informações e serviços prestados;  Mapear a homofobia no estado do Rio de Janeiro.  Criar instrumentos de atualização e disseminação de informações sobre a defesa e garantia dos direitos LGBT;  Atuar no enfrentamento à homofobia através da construção e implantação de uma rede intersetorial de proteção jurídica, social e psicológica para vítimas de discriminação por orientação sexual e identidade de gênero (CENTROS DE REFERÊNCIA DA CIDADANIA LGBT);  Atuar em ações de educação e cultura para os valores de cidadania, respeito às identidades e a promoção da diversidade humana;

5 REUNIÃO DAS ASCOMs 2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos LGBT 2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos LGBT Com o lema “Por um Brasil e um Rio de Janeiro livres da pobreza e da discriminação: Promovendo a cidadania de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais”, o Governo do Estado do Rio de Janeiro, a Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos e a Superintendência de Direitos Individuais, Coletivos e Difusos, em parceria com o Governo Federal, através da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, promoverá a 2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos para LGBT. 2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos para LGBT O que é:

6 REUNIÃO DAS ASCOMs 2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos LGBT 2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos LGBT  Planejamento de comunicação social;  Definição das estratégias/ferramentas de comunicação social;  Desenvolvimento de ações de relacionamento com a imprensa;  Coordenação de design e produção gráfica;  Apuração e redação de conteúdo para redes sociais (blogs, twitter, facebook, news);  Produção e promoção de conteúdo relativo às ações, demandas e resoluções da COE (news). Atribuições da Comunicação: 2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos para LGBT

7 REUNIÃO DAS ASCOMs 2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos LGBT 2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos LGBT  Visibilizar a II Conferência Estadual LGBT;  Chamar a atenção dos temas debatidos e das questões políticas relacionadas às demandas da população LGBT;  Visibilizar o Rio de Janeiro como estado atuante na promoção de políticas públicas e dos direitos humanos de LGBT;  Promover o Programa Estadual Rio Sem Homofobia. Macro-objetivos de comunicação 2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos para LGBT

8 REUNIÃO DAS ASCOMs 2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos LGBT 2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos LGBT  Sensibilizar e obter o engajamento de jornalistas e formadores de opinião no sentido visibilizar os temas relativos à 2ª Conferência Estadual LGBT RJ nos meios de comunicação;  Promover os temas, avanços e resoluções que dizem respeito à preparação e à realização da 2ª Conferência Estadual LGBT RJ entre formadores de opinião e lideranças LGBT;  Divulgar os avanços do governo nas políticas públicas voltadas para LGBT;  Informar e orientar os participantes da 2ª Conferência Estadual LGBT RJ sobre as atividades, regras e objetivos do evento. Objetivos Específicos de Comunicação 2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos para LGBT

9 REUNIÃO DAS ASCOMs 2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos LGBT 2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos LGBT  Capacitar jornalistas e formadores de opinião sobre o assunto. Elaborar e montar um “kit” para jornalistas e formadores de opinião, “apresentando” a 2ª Conferência Estadual LGBT RJ, programação e atores envolvidos. (sugestão – estilo “Perguntas e Respostas” + Nota Técnica com a posição da Presidência da COE, folheteria e vídeos);  Pautar mídia estadual e nacional. Usar as redes sociais para maior interação com esse público. Tentar obter rede wi-fi no local do evento para facilitar o acesso de todos e todas à rede e favorecer tuitadas e postagens do Facebook;  Pautar imprensa. Alimentar site/blog com informação dirigida aos interessados / envolvidos na organização da 2ª Conferência Estadual LGBT RJ;  Criar diferentes peças impressas como folder, revista, jornal diário e quadro mural, além dos itens naturais de um evento dessa natureza como pastas, crachás e certificado. Ações de Comunicação 2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos para LGBT

10 REUNIÃO DAS ASCOMs 2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos LGBT 2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos LGBT  Disseminar o máximo de informações referentes à 2ª Conferência Estadual LGBT RJ nos meios de comunicação oficiais (sites / rádio / imprensa oficial/TV Alerj);  Trabalhar nossa comunicação também com foco nas rádios comunitárias;  Providenciar o lançamento do relatório de crimes / Centros de Referência da Cidadania LGBT;  Mobilizar as ASCOM das secretarias integrantes da COE. Estratégias de reforço na Comunicação 2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos para LGBT

11 REUNIÃO DAS ASCOMs 2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos LGBT 2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos LGBT Materiais gráficos  450 bolsas da conferência;  450 canetas esferográficas, personalizadas com a logo da conferência;  450 blocos de papel personalizados;  Texto base da conferência estadual (com 60 páginas);  Relatório final da conferência;  revistas prestação de contas do RSH.  10 banners;  20 placas de sinalização;  1 banner de mesa;  Folders com a programação;  Pins com a logomarca da conferência;  Convites de abertura;  600 crachás (delegados / COE / equipe técnica / convidados / observador / imprensa);

12 REUNIÃO DAS ASCOMs 2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos LGBT 2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos LGBT Poder Público I – Secretaria de Estado da Casa Civil – CASA CIVIL – Dino Junior II – Secretaria de Estado de Governo – SEGOV – Eliana Guerra III – Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão – SEPLAG – Cláudia Turco IV – Secretaria de Estado de Segurança – SESEG – Diego Senna V – Secretaria de Estado de Saúde– SES – Mônica Dantas VI – Secretaria de Estado de Educação – SEEDUC – Rita de Cássia Rodrigues VII – Secretaria de Estado do Ambiente – SEA – Elizabeth Karam VIII – Secretaria de Estado de Trabalho e Renda – SETRAB – Maria Christina Menezes IX – Secretaria de Estado de Cultura – SEC – Juliana Lopes X – Secretaria de Estado de Turismo – SET – Mirian Cutz XI – Secretaria de Estado de Esporte e Lazer – SEEL – Renato Quintanilha XII – Defensoria Pública Geral do Estado – DPGE – Luciana Mota XIII – Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos – SEASDH – Claudio Nascimento XIV – Secretaria de Estado de Defesa Civil – SEDEC – Aline Rodrigues Comissão Organizadora Estadual - COE

13 REUNIÃO DAS ASCOMs 2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos LGBT 2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos LGBT Sociedade Civil I – Associação de Gays e Amigos de Nova Iguaçu e Mesquita – AGANIM – Marisa Justino II – Associação de Travestis e Transexuais do Rio de Janeiro – ASTRA-RIO – Bárbara Aires de Oliveira III - Central de Movimentos Populares – Márcia Regina Marçal IV – Grupo Arco-Íris da Cidadania LGBT – Júlio César Carneiro Moreira V – Grupo Arraial Free – Esther da Silveira Silva VI – Grupo da Diversidade Sexual – Adriano Dias de Melo VII – Grupo Diversidade de Teresópolis – Luciano do Nascimento Lima VIII – Grupo Diversidade de Niterói – Victor de Wolff Rodrigues Martins IX – Grupo Ellos – Ana Cristina Soares dos Santos X – Grupo Iguais – Tathiana Gomes Vidal XI – Grupo Pluralidade e Diversidade – Roger Sousa dos Santos XII – Grupo Unidos pela Diversidade – Denise Barcellos da Silva XIII – Instituto Arco-Íris de Direitos Humanos e Combate à Homofobia – Marcelle Cristiane Esteves XIV – Movimento D’ELLAS – Ana Paula Theodoro Comissão Organizadora Estadual - COE

14 “Por um Brasil e um Rio de Janeiro livres da pobreza e da discriminação: promovendo a cidadania de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais”

15 REUNIÃO DAS ASCOMs 2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos LGBT ASCOMSUPERDIR/SEASDH Coordenação: Márcia Vilella Jornalistas: Diego Cotta e Marietta Trotta Criação e atendimento: Adriana Sá | |


Carregar ppt "REUNIÃO DAS ASCOMs 2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos LGBT 2ª Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google