A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Fases do Processo de Desenvolvimento de Produtos Prof. Msc Gabriela Fonseca Parreira 2010.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Fases do Processo de Desenvolvimento de Produtos Prof. Msc Gabriela Fonseca Parreira 2010."— Transcrição da apresentação:

1 Fases do Processo de Desenvolvimento de Produtos Prof. Msc Gabriela Fonseca Parreira 2010

2 Etapa 1: Pré-desenvolvimento Uma fase termina com a entrega de resultados: “Deliverables”; Na fase de pré-desenvolvimento deve se ter como resultado: Portfólio de projetos que poderão ser desenvolvidos; Escopo do projeto; Atividades; Orçamento; Mão-de-obra; Prazo; Riscos; Indicadores; A partir da entrega do resultado eles permanecem congelados.

3 Termos importantes Normalmente a definição de uma fase está relacionada ao conceito de “gate”; No final de uma fase sempre temos uma avaliação do projeto, isto é, a necessidade de avaliar os resultados de um projeto implica um “gate”, que por sua vez, delimita uma fase. Quem faz a avaliação?

4 Etapa 2: Desenvolvimento Objetivo: produzir informações técnicas detalhadas, de produção e comerciais relacionadas ao produto; os protótipos já foram aprovados; os recursos a serem utilizados na produção, comercialização e suporte técnico já foram comprados, recebidos, testados e instalados; alguns produtos foram comprados e aprovados; lançamento no mercado; pessoas na cadeia de suprimentos estão informadas e treinadas; assistência técnica desenhada e implementada.

5 Etapa 2: Desenvolvimento Projeto informacional Projeto conceitual Projeto detalhado Preparação produção Lançamento do produto Tempo Grau de incerteza Q de escolhaInfluência do custo

6 Etapa 2: Desenvolvimento No início o grau de incerteza é grande, porém, é neste momento que são realizadas as escolhas de soluções dos projetos (materiais, processos de fabricação, etc), que determinam cerca de 80% a 85% do custo total do produto; O custo das modificações é cada vez mais elevado conforme avançam as fases do DP.

7 Etapa 2: Desenvolvimento Obter um entendimento comum do que está no plano do projeto, chegando a uma definição final sobre o problema do projeto, ou seja, o que se pretende atingir/”resolver”; Identificam as pessoas envolvidas com o produto durante seu ciclo de vida; Levantam quais são as suas necessidades; Com base nessas informações todos os requisitos do produto e suas especificações-meta foram definidas e documentadas. Projeto informacional Especificações do cliente Tamanho, peso, aparência, qualidade., meio ambiente.

8 Outras informações: Tecnologia madura? Concorrentes? Definição mais precisa do mercado? Volume de vendas esperado? Preço que o mercado pagaria? Análise financeira do produto (ele ainda será rentável perante as novas informações disponíveis nas especificações)?

9 Projeto conceitual Com base nas especificações, são estabelecidas as estruturas funcionais do produto: Exemplo: Funções físicas, qualidade, estéticas, etc. ele deve possuir para atender aos requisitos de todas as pessoas que entrarão em contato com o produto no decorrer de seu ciclo de vida? Necessidade da equipe de desenvolvimento envolver-se estreitamente com os parceiros da cadeia de suprimentos. Resultado: definir as alternativas de solução, que correspondem às soluções construtivas e tecnológicas, as quais, por sua vez, fornecem as funções esperadas do produto. Observação: verificar retorno financeiro da solução (EVTEC))!

10 As soluções são detalhadas em informações técnicas: definir sistemas, subsistemas e componentes dos produtos. Exemplo: desenhos de conjuntos dos produtos, cálculos preliminares de engenharia, definição da arquitetura do produto, etc. Projeto detalhado Projeto informacional Projeto conceitual Projeto detalhado Contém todos os elementos para decidir se o produto pensado no momento do plano de negócio vai ser viável ou não. Mais uma vez: estudo de viabilidade técnica.

11 Inicia-se um ciclo: Projetar Construir TestarValidar Ciclo de detalhamento e otimização até a homologação do produto. Além dos cálculos e desenhos detalhados, o time planeja como o produto vai ser produzido e lançado no mercado. Pelo menos três manuais: 1)cliente; 2) assistência técnica e 3) apoio de vendas. Exemplo: proposta de elevadores com poucos dados da obra.

12 Processos de manufatura: Seqüência de fabricação; Especificações das máquinas e das ferramentas; Métodos de produção. A obtenção da documentação de fabricação pode ser obtida quase ao mesmo tempo em que são criados os desenhos de detalhamento: ENGENHARIA SIMULTÂNEA. Definir itens do produto que deverão ser produzidos pela própria empresa e itens que serão comprados dentro da cadeia de suprimentos. Paralelamente os protótipos são produzidos, testados e homologados. Homologar: o protótipo atende a todos os requisitos e padrões específicos da indústria? TérminoInício

13 Exemplo: produtos da linha branca: Série de normas nacionais e internacionais que precisam ser atendidas, Instituições como Inmetro (selos de qualidade). Equipamentos de saúde: Anvisa - Boa práticas de fabricação; Nova questão: A cadeia de suprimentos total consegue produzir produtos em série com as mesmas qualidades do protótipo e que também atendam aos requisitos dos seus clientes?

14 Todos os equipamentos necessários à produção do produto são especificados e adquiridos durante a confecção do projeto Caso contrário: prazo de lançamento mais longo. Considerações: Equipamentos especiais não são encontrados no mercado de máquinas em geral e, em alguns casos, esses equipamentos trazem um diferencial em produtividade. Equipamentos podem ser produzidos na própria empresa (sigilo). Tendência: mais comum terceirizar as atividades de fabricação desses equipamentos.

15 Equipamentos chegam... Precisam ser testados; Atenção: pode ser necessária novas instalações – questão do arranjo físico. Isso precisa ser avaliado com muita antecedência!!! Se o volume de produção for pequeno ou há capacidade ociosa na empresa, os equipamentos já existentes podem dar conta do novo produto. Lote piloto: provar que a empresa consegue obter produtos com a mesma característica do protótipo. Atrasos costumam ser fatais: atenção para o objetivo de desempenho CONFIABILIDADE. Preparação produção Lançamento do produto Atenção principal: Marketing e Comercial

16 Etapa 3: Pós-desenvolvimento Maioria das empresas: “No final do processo de desenvolvimento a engenharia passa o bastão para a produção”. Isto pode fazer com que as empresas desperdicem os conhecimentos adquiridos durante a fase de produção e comercialização do produto. Exemplo: empresa de tratores Acabou de lançar o produto no mercado e passou o produto para o setor de manufatura. Equipe de desenvolvimento foi desfeita, ingressaram em outros projetos.

17 Nenhuma dessas pessoas terá mais contato com o produto que desenvolveram; Elas podem até utilizar as informações que foram criadas, mas sem o crivo da aplicação prática para verificar a qualidade dessas informações em casos reias; Exemplo: desempenho do trator em campo não está satisfatório, a única pessoa da assistência técnica que participou do projeto está trabalhando em outro projeto; demoram mais de três meses para descobrir a causa do problema; perdem clientes; constataram que anos atrás outro trator desenvolvido pela empresa apresentou o mesmo problema. Falta de gestão do conhecimento.

18 Formação do time de acompanhamento Planejamento Integração e consolidação das informações Registrar todas as lições aprendidas Produto é retirado do mercado. Quem é responsável pelo que se o produto falhar no mercado? Reunir informações de todos os processos. 1)Cliente 2)Desem penho técnico


Carregar ppt "Fases do Processo de Desenvolvimento de Produtos Prof. Msc Gabriela Fonseca Parreira 2010."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google