A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

EDUCAÇÃO SENSUALISTA 10 E 11 de abril de 2013 CONTEXTO DO SÉCULO XVIII Politicamente: 1. Inicialmente período marcado pelo absolutismo “o bem do povo,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "EDUCAÇÃO SENSUALISTA 10 E 11 de abril de 2013 CONTEXTO DO SÉCULO XVIII Politicamente: 1. Inicialmente período marcado pelo absolutismo “o bem do povo,"— Transcrição da apresentação:

1

2 EDUCAÇÃO SENSUALISTA 10 E 11 de abril de 2013

3 CONTEXTO DO SÉCULO XVIII Politicamente: 1. Inicialmente período marcado pelo absolutismo “o bem do povo, mas sem o povo”. 2. Em seguida, com a Revolução Francesa, acesso do povo ao governo e difusão, a partir da Inglaterra, do regime parlamentar. Filosoficamente: 1. Sem muitas pretensões. 2. Protagonismo dos enciclopedistas. Pedagogicamente: 1. Século produtivo e diverso, repleto de tensões. 2. Concomitância do sensorialismo, racionalismo, idealismo, naturalismo. 3. Existência da educação individual e nacional.

4 EDUCAÇÃO EM LINHAS GERAIS Desenvolvimento da educação estatal Começo da educação nacional Educação universal, gratuita e obrigatória Início do laicismo Acentuação do espírito cosmopolita Primazia do poder racional A natureza e a intuição na educação

5 EDUCAÇÃO NACIONAL 1. Orientação cívica e patriótica, inspirada em princípios de liberdade e democracia; 2.Educação como função do estado, independente da igreja; 3. Obrigatoriedade escolar para a totalidade das crianças; 4. Gratuidade do ensino primário; 5. Neutralidade religiosa.

6 PASSADO, PRESENTE E FUTURO... As idéias, teorias e formulações dos teóricos a seguir, indicaram o caminho no que se refere aos entendimentos da educação contemporânea. Vamos embarcar nesta viagem?

7 Comecemos pela França...

8 CONDILLAC (1715 – 1780)

9 Sensualista Baseia a educação na observação dos fatos No estudo da natureza Insiste na construção do pensamento individual e crítico

10 DIDEROT (1713 – 1784)

11 Sensualista Matemático e crítico da sua época Na educação devem predominar os conhecimentos científicos em lugar dos literários Combativo as ideias Helvetius Vê a educação como fator decisivo na vida do homem e da sociedade Filósofo e criador da enciclopédia

12 HELVETIUS (1715 – 1771)

13 Sensualista O maior de todos os otimistas pedagógicos Entende que se no homem o que há de decisivo são as sensações, a educação tem que basear-se nelas Finalmente, defende a educação moral independente de qualquer religião Portanto, todas as diferenças do gênero humano procedem da educação Vê a educação como onipotente

14 Agora Genebra, na Suíça... Quem terá vindo de lá?

15 ROUSSEAU (1712 – 1778)

16 ROUSSEAU EM LINHAS GERAIS... Combateu a focalização do processo ensino- aprendizagem no adulto Ressaltou que a criança não poderia ser considerada como um pequeno adulto, inclusive no que tange a vestimenta Deixou claro, portanto, que cada fase do desenvolvimento tem a sua importância Pontuou que o adulto deveria acompanhar a criança para que pudesse conhecer seus interesses e necessidades para não impor os seus Mencionou que, tendo em vista as modificações contextuais, a educação estaria posta para favorecer a adaptação da criança a esta sociedade em mudança

17 ROUSSEAU: CONTRIBUIÇÕES PEDAGÓGICAS A apropriação das fases do desenvolvimento para a educação A importância da fase vivida para o momento e não como uma preparação para a vida Construção da autonomia infantil Educação enquanto relação com os outros e com o meio e não como imposição Duras críticas ao uso excessivo da memória e da severidade na instrução Propôs para a criança o brinquedo e os esportes além do contato com a natureza

18 CONSIDERAÇÕES SOBRE... A educação filantrópica de Basedow A pedagogia Idealista de Kant A pedagogia política de Condorcet

19 BASEDOw

20 La chalotais

21 condorcet

22 kant

23 Agora iremos para Zurique, na Suíça...

24 PESTALOZZI (1746 – 1727)

25 1. Escreveu Leonardo e Gertrudes; Minhas investigações sobre o curso do desenvolvimento da raça humana Adepto da Educação Pública; 3. Via o lar como melhor instituição educacional e por esta razão propôs uma escola similar a uma casa; 4. Condenava a coerção, a recompensa e a punição; 5. Acreditava que somente a educação poderia conservar os direitos do povo; 6. Visualizava a educação como um processo de dentro para fora e o professor, neste processo, seria um jardineiro que daria as condições necessárias para que a “plantinha” se desenvolvesse; 6. Empregou as letras do alfabeto em cartões, introduziu o uso da lousa.


Carregar ppt "EDUCAÇÃO SENSUALISTA 10 E 11 de abril de 2013 CONTEXTO DO SÉCULO XVIII Politicamente: 1. Inicialmente período marcado pelo absolutismo “o bem do povo,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google