A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Hepatite A: Diagnóstico Epidemiologia e Prevenção Dra. Vanessa de Paula Fundação Oswaldo Cruz Lab. Desenvolvimento Tecnológico em Virologia FIOCRUZ de.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Hepatite A: Diagnóstico Epidemiologia e Prevenção Dra. Vanessa de Paula Fundação Oswaldo Cruz Lab. Desenvolvimento Tecnológico em Virologia FIOCRUZ de."— Transcrição da apresentação:

1 Hepatite A: Diagnóstico Epidemiologia e Prevenção Dra. Vanessa de Paula Fundação Oswaldo Cruz Lab. Desenvolvimento Tecnológico em Virologia FIOCRUZ de Paula, VS. 2011

2 Os vírus das hepatites Transmissão entérica Vírus da hepatite A (HAV) Fam. Picornaviridae Vírus da hepatite E (HEV) Fam. Hepeviridae Transmissão parenteral Vírus da hepatite B (HBV) Fam. Hepadnaviridae Vírus da hepatite C (HCV) Fam. Flaviviridae Vírus da hepatite D (HDV) “viróide” FIOCRUZ de Paula, VS. 2011

3 Hepatite A FIOCRUZ de Paula, VS. 2011

4 Prevalência de Anti-HAV Alta Intermediária Baixa Muito baixa A infecção pelo HAV no mundo Maior prevalência em países em desenvolvimento Distribuição mundial Causa mais comum de hepatite viral aguda (1,5 milhão casos/ano) FIOCRUZ de Paula, VS. 2011

5 Breve histórico da hepatite A 1973, identificação do HAV (Feinstone et al.) 1979, propagação do HAV em cultura celular (Provost e Hilleman) 1991, licenciada a primeira vacina inativada para hepatite A FIOCRUZ de Paula, VS. 2011

6 O vírus da hepatite A (HAV) Partículas de 27 a 32 nm Não envelopado Simetria icosaédrica Classificação: Família Picornaviridae Gênero Hepatovirus FIOCRUZ de Paula, VS. 2011

7 Organização do genoma do HAV FIOCRUZ de Paula, VS. 2011

8 Ciclo de multiplicação intracelular do HAV FIOCRUZ de Paula, VS. 2011

9 Propagação do HAV in vitro Replicação em diversos tipos de cultivos de células de mamíferos Ciclo de multiplicação: lento, baixa produção viral, sem causar CPE Aumento da eficiência de replicação resultante da aquisição de uma série de mutações adaptativas FIOCRUZ de Paula, VS. 2011

10 Transmissão do HAV Fezes contaminadas pelo HAV mãos esgoto Suprimento de água Ambientes hídricos Frutos do mar homem FIOCRUZ de Paula, VS. 2011

11 Patogênese do HAV Ingestão de material infectado Circulação portal Replicação hepatócitos Intestino Excreção nas fezes ciclo entero- hepático Estômago e intestino delgado fonte: Cuthbert, 2001 Circ. sistêmica bile Viremia FIOCRUZ-IOC Amado LA, 2010 FIOCRUZ de Paula, VS. 2011

12 Período de incubação: Icterícia por grupo etário: < 6 anos 6 – 14 anos > 14 anos Complicações (raras): Cronicidade: média 30 dias (15-50 dias) <10% 40%-50% 70%-80% hepatite fulminante hepatite recorrente hepatite arrastada Não Aspectos clínicos da hepatite A FIOCRUZ de Paula, VS. 2011

13 FIOCRUZ-IOC Amado LA, 2010 Assintomática Anictérica Ictérica Colestática Fulminante Sintomática 1 a 2 anos: 85% 3 a 4 anos: 50% > 5 anos: 20% Adolescentes e adultos jovens: 3% a 20% Adolescentes e adultos jovens: 3% a 20% Manifestações clínicas 0,5- 1% (dos Santos et al., 2009) Fatalidade (Canuel et al., 2007) 12,5% ≥ 60 anos FIOCRUZ de Paula, VS. 2011

14 Diagnóstico das hepatites virais 1.Diagnóstico clínico Pródromo: síndrome gripal, astenia, febre, cefaléia Fase aguda: icterícia, colúria, acolia fecal, náuseas, vômitos, hepatomegalia, dor abdominal 2. Diagnóstico bioquímico Hepatograma (ALT, AST, FA, gama GT) 3. Diagnóstico sorológico Pesquisa de anticorpos e antígenos (EIA) 4. Diagnóstico molecular Pesquisa do genoma viral (hibridização,PCR) 5. Diagnóstico histológico (biópsia hepática) Histopatologia e imunohistoquímica FIOCRUZ de Paula, VS. 2011

15 MANIFESTAÇÃO CLÍNICA DO HAV POR FAIXA ETÁRIA < > 14 Idade (anos) % Assintomática Sintomática FIOCRUZ-IOC de Paula, VS; 2004 FIOCRUZ de Paula, VS. 2011

16 Hepatite A aguda Hepatite Colestática Reincidência Hepatite Fulminante Caso Fatal Cura 99% EVOLUÇÃO CLÍNICA DA INFECÇÃO PELO HAV FIOCRUZ de Paula, VS. 2011

17 Curso sorológico FIOCRUZ-IOC Amado LA, 2010 semanas HAV Log 10 HAV fecal 81 dias (>3 meses) (Tjon et al., 2006) Sintomas PCR tempo real Saliva (Pinto et al.,2002) FIOCRUZ de Paula, VS. 2011

18

19 Infecção pelo HAV na fase pré- soroconversão População: 46 Pacientes com hepatite aguda não A-C (CRNHV, 2001) Testes sorológicos (2a amostra soro): anti-HAV IgM e total (Organon) Pesquisa de HAV RNA: RT-PCR Período de janela virêmico SORONEGATIVO FIOCRUZ de Paula, VS. 2011

20 Dados bioquímicos, clínicos e sorológicos dos casos de hepatite A aguda inicialmente categorizada como HNABC (12/46: 26%) NA NA NA FIOCRUZ de Paula, VS. 2011

21 Detecção de HAV RNA em 26% (12/42) dos pacientes com quadro agudo de hepatite NANBNC Importância na pesquisa do HAV RNA no esclarecimento de casos de hepatite aguda de etiologia desconhecida Importância da solicitação de uma segunda amostra nestes casos Detecção do HAV-RNA nas Hepatites Agudas NABC FIOCRUZ de Paula, VS. 2011

22 Artigo 8 FIOCRUZ de Paula, VS. 2011

23

24 Epidemiologia da Hepatite A estabilidade da partícula viral eliminação nas fezes, em grandes quantidades, no período de incubação infecção assintomática em crianças Ampla disseminação do HAV no ambiente Condições sanitárias precárias FIOCRUZ de Paula, VS. 2011

25 Endemicidade Taxa da doença Idade da infecção Modo de transmissão infânciaaltavariávelPessoa-a-pessoa; Surtos incomuns adolescentes/ adultos jovens intermediáriaaltaPessoa-a-pessoa; Surtos (Água e alimentos) adultos jovensbaixa Pessoa-a-pessoa; Surtos (Água e alimentos) muito baixa adultos Viajantes; surtos incomuns Padrões globais da transmissão do HAV FIOCRUZ de Paula, VS. 2011

26 Prevalência de Anti-HAV Alta Intermediária Baixa Muito baixa Distribuição geográfica da infecção pelo HAV (CDC, 1999) FIOCRUZ de Paula, VS. 2011

27 O impacto das melhorias sócio-econômicas na prevalência da infecção pelo HAV (CDC, 2006) FIOCRUZ de Paula, VS. 2011

28 Lu et al., 2004: seqüência completa das cepas CF53 (II) e SLF88 (VII): confirmaram a existência de 6 genótipos do HAV. Genótipos do HAV I A e IB II A e IIB IIIA e IIIB IV, V, VI: Símias Fonte: Lu et al., 2004 FIOCRUZ-IOC Amado LA, 2010 Humanas Costa-Matiolli et al., 2002: VP1 inteira (900 nts), sugere a classificação do HAV em 6 genótipos. Um único sorotipo FIOCRUZ de Paula, VS. 2011

29 Distribuição geográfica dos genótipos do HAV * * * * IA IB III IA IB IA IB IA II I IB IA IB IA IB II I I IAIA IBIB IIIII Genótipos do HAV Fonte: Nainan et al., 2006 Co-circulação de múltiplos genótipos do HAV: Brasil, França, África Sul, Israel, India * IA FIOCRUZ de Paula, VS. 2011

30

31

32

33

34

35

36 Prevenção e controle da hepatite A Saneamento básico Higiene Imunoglobulina Vacina Altamente imunogênicas Eficácia pré- e pós-exposição Proteção contra todas as amostras de HAV (1 sorotipo) FIOCRUZ de Paula, VS. 2011

37 Controle da hepatite A em alguns países industrializados Controle da hepatite A em alguns países industrializados - EUA Recomendações do Comitê de Práticas de Imunização/ACIP para prevenção da hepatite A pela vacinação (1999) Grupos de risco (a partir de 1996) – Viajantes para áreas endêmicas – Homosexuais masculinos – IVDUs – Pessoas com hepatopatias crônicas Imunização infantil universal em comunidades com altas taxas de hepatite A (  20 casos/ habitantes, 1987/1997) FIOCRUZ de Paula, VS. 2011

38 Incidência da hepatite A nos EUA > = Taxa por 100,000 FIOCRUZ de Paula, VS. 2011

39 Ministerio de Salud de la Nacion B.O. 17/06/05 SALUD PUBLICA Resolución 653/2005 – MSA Argentina - Incorpórase al Programa Nacional de Inmunizaciones la vacunación con una dosis contra la hepatitis A, con carácter de gratuito y obligatorio, e intégrase la misma al Calendario Nacional de Vacunación. FIOCRUZ de Paula, VS. 2011

40 El principal grupo afectado es el de 5 a 9 años con 173 casos y una tasa de 0,52 casos por habitantes. Fuente: Elaboración UNAMOS en base a datos del SNVS Morbilidad Tasas de notificación de hepatitis A y sin especificar por cada habitantes según grupos de edad. Argentina hasta la semana epidemiológica 41 de FIOCRUZ de Paula, VS. 2011

41 ACIP - Recomendações provisórias (Outubro de 2005) Todas as crianças devem ser vacinadas para hepatite A com 1 ano de idade (12 a 24 meses) FIOCRUZ de Paula, VS. 2011

42


Carregar ppt "Hepatite A: Diagnóstico Epidemiologia e Prevenção Dra. Vanessa de Paula Fundação Oswaldo Cruz Lab. Desenvolvimento Tecnológico em Virologia FIOCRUZ de."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google