A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A volta do filho mais velho Lucas 15:25-32. Atitudes de “filho mais velho” Cobranças e ressentimento (28-30) Ira – “encheu-se de ira” (28) Quando tento.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A volta do filho mais velho Lucas 15:25-32. Atitudes de “filho mais velho” Cobranças e ressentimento (28-30) Ira – “encheu-se de ira” (28) Quando tento."— Transcrição da apresentação:

1 A volta do filho mais velho Lucas 15:25-32

2 Atitudes de “filho mais velho” Cobranças e ressentimento (28-30) Ira – “encheu-se de ira” (28) Quando tento controlar os outros, quando julgo quem merece receber o perdão e quem não merece, quando sou incapaz de festejar o arrependimento de alguém, eu me torno como o filho mais velho

3 O irmão mais velho Está tão perdido quanto o irmão mais novo Vive na casa do pai, mas não em comunhão com o pai Convive com o pai mas não se tornou compassivo como ele Ele vê o pai mais como um senhor de escravos do que como um pai amoroso (29) Não é assim que podemos nos sentir depois de anos de dedicação à obra de Deus?

4 “O pai não deseja somente a volta do filho mais jovem, mas também a do filho mais velho. O mais velho precisa ser encontrado e conduzido de volta à casa da alegria” (Henri Nouwen)

5 Somos como o irmão mais velho? Somos cristãos há muitos anos Condenamos o que é errado, servimos fielmente Ficamos desgostosos com aqueles que não demonstram o mesmo compromisso Em vez de nos tornarmos compassivos, podemos nos tornar ressentidos, irados Sem percebermos, nos tornamos como os fariseus

6 A volta do filho mais velho Voltamos para casa quando confiamos no amor do Pai O mais velho está incluído na festa. O perdão e a graça são para ele também! Ele reafirma o lugar único do mais velho: “meu filho, você está sempre comigo e tudo o que tenho é seu”

7 A volta do filho mais velho Voltamos para casa quando nos apropriamos de nossa identidade de filhos Eu sou amado por Deus Eu faço parte da família de Deus Eu sou capacitado por Deus

8 IMPORTANTE! Esta nova identidade já nos foi conquistada por Cristo Não é algo que nós fazemos, mas algo que Cristo fez Não precisamos nos esforçar por conquistar esta identidade Precisamos desfrutá-la

9 Jesus, o Filho mais velho que permanece no amor do Pai “O Pai ama o Filho e entregou tudo em suas mãos” (João 3:35) Jesus vivia a realidade de que tudo o que é do Pai é do Filho

10 Jesus, o Filho mais velho que permanece no amor do Pai “O Filho não pode fazer nada de si mesmo; só pode fazer o que vê o Pai fazer, porque o que o Pai faz, o Filho também faz” (João 5:19) Jesus dependia e obedecia o Pai, porque confiava no amor do Pai

11 Jesus, o Filho mais velho que permanece no amor do Pai “Para que todos sejam um, Pai, como tu estás em mim e eu em ti” (João 17:21a) Não havia ressentimentos em relação ao Pai mas amor e afetividade

12 Homem de dores, servo sofredor Jesus não foi poupado pelo Pai de nenhum dos conflitos, decepções e sofrimentos da vida Jesus é chamado o “Servo Sofredor”, o “homem de dores” que foi crucificado (Is 53:3) Mesmo assim Ele nunca duvidou do amor do Pai Pelo contrário, por onde Jesus passava havia sempre uma festa, a festa do Reino de Deus, do perdão, da cura, da aceitação e da graça!

13 Perguntas para reflexão e compartilhar Quais os sintomas de “filho mais velho” que você percebe em sua vida? Releia o v.31. Imagine que Deus está dizendo estas palavras para você. Como você se sente? Escreva três passos práticos sobre como você pode se apropriar e desfrutar de sua identidade de filho amado


Carregar ppt "A volta do filho mais velho Lucas 15:25-32. Atitudes de “filho mais velho” Cobranças e ressentimento (28-30) Ira – “encheu-se de ira” (28) Quando tento."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google