A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

IV Congresso Brasileiro de Asma ] Asma. Qual a solução? - A macroeconomia da doença de um programa de tratamento.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "IV Congresso Brasileiro de Asma ] Asma. Qual a solução? - A macroeconomia da doença de um programa de tratamento."— Transcrição da apresentação:

1 IV Congresso Brasileiro de Asma ] Asma. Qual a solução? - A macroeconomia da doença de um programa de tratamento.

2 X 150 milhões asmáticos em todo o mundo X Prevalência aumentando na maior parte dos países (20–50% a cada 10 anos) X Causa significativa de falta ao trabalho / escola X Gastos muito altos com Saúde X 1 milhão de mortes desnecessárias a cada década X 150 milhões asmáticos em todo o mundo X Prevalência aumentando na maior parte dos países (20–50% a cada 10 anos) X Causa significativa de falta ao trabalho / escola X Gastos muito altos com Saúde X 1 milhão de mortes desnecessárias a cada década ASMA - MAGNITUDE DO PROBLEMA Global Initiative for Asthma (GINA). WHO/NHLBI, 1995

3 PREVALÊNCIA DA ASMA - ADULTOS European Community Respiratory Health Survey. Eur Respir J 1996 Prevalência (%) Australia Denmark UK Ireland New Zealand Norway USA Portugal Sweden Switzerland Estonia Netherlands Iceland Greece Austria France Spain Belgium Germany Italy India Algeria Australia Denmark UK Ireland New Zealand Norway USA Portugal Sweden Switzerland Estonia Netherlands Iceland Greece Austria France Spain Belgium Germany Italy India Algeria

4 International Study of Asthma and Allergies in Childhood (ISAAC). Eur Respir J 1998 PREVALÊNCIA ANUAL (%) OCEÂNIA AMÉRICA NORTE AMÉRICA LATINA OESTE EUROPEU TOTAL MUNDIAL LESTE MEDITERRÂNEO NORTE + LESTE EUROPEU ÁFRICA ÁSIA - PACÍFICO SUDESTE ASIÁTICO OCEÂNIA AMÉRICA NORTE AMÉRICA LATINA OESTE EUROPEU TOTAL MUNDIAL LESTE MEDITERRÂNEO NORTE + LESTE EUROPEU ÁFRICA ÁSIA - PACÍFICO SUDESTE ASIÁTICO PREVALÊNCIA DA ASMA - CRIANÇAS

5 PREVALÊNCIA DA ASMA NO BRASIL População urbana, Cascavel, PR, 1991 = 12% Campos H População urbana, Cascavel, PR, 1991 = 12% Campos H Escolares anos, Porto Alegre, RS 1981 = 6,7%1989 = 16,5%Fritscher C Escolares anos, Porto Alegre, RS 1981 = 6,7%1989 = 16,5%Fritscher C ISAAC : Recife, Salvador, Itabira, Uberlândia, São Paulo, Curitiba, Porto Alegre Crianças : 6 -7 e anos Prevalência cumulativa média : 13,3% ISAAC : Recife, Salvador, Itabira, Uberlândia, São Paulo, Curitiba, Porto Alegre Crianças : 6 -7 e anos Prevalência cumulativa média : 13,3% PNCA

6 COEFICIENTES DE MORTALIDADE (/ hab) POR ASMA BRASIL, Fonte: DATASUS e IBGE / 100.OOO habit.

7 Número absoluto de mortes por asma. Brasil, Número absoluto de mortes por asma. Brasil,

8 COEFICIENTES DE MORTALIDADE (/ hab) POR ASMA POR REGIÃO GEOGRÁFICA BRASIL, COEFICIENTES DE MORTALIDADE (/ hab) POR ASMA POR REGIÃO GEOGRÁFICA BRASIL, Fonte: DATASUS e IBGE / 100.OOO habit.

9 CUSTO DA ASMA CUSTOS DIRETOS Serviços médico-hospitalares RemédiosEquipamentos CUSTOS INDIRETOS AbsenteísmoMortalidade Trabalho domésticoDeslocamento CUSTOS INCALCULÁVEIS Vidas Sofrimento Ansiedade CUSTOS DIRETOS Serviços médico-hospitalares RemédiosEquipamentos CUSTOS INDIRETOS AbsenteísmoMortalidade Trabalho domésticoDeslocamento CUSTOS INCALCULÁVEIS Vidas Sofrimento Ansiedade

10 CUSTO ESTIMADO DA ASMA - EUA, 1998 US$ 7.5 bilhões US$ 3.8 bilhões $ 3.9 – OUTROS CUSTOS DIRETOS $ 3.9 – OUTROS CUSTOS DIRETOS $ 3.6 – HOSPITAL $ 2.4 – MORBIDADE $ 1.4 – MORTALIDADE NIH/NHLBI : Asthma statistics 1999 US$ 11.3 bilhões

11 CUSTO FINANCEIRO DA ASMA *1991. Population 16.5m, asthma prevalence 8.5% **1975. Population 8.6m, asthma prevalence 3.0% † Population 57.2m, asthma prevalence 6.0% ‡ Population 249m, asthma prevalence 4.0% *1991. Population 16.5m, asthma prevalence 8.5% **1975. Population 8.6m, asthma prevalence 3.0% † Population 57.2m, asthma prevalence 6.0% ‡ Population 249m, asthma prevalence 4.0% Global Initiative for Asthma (GINA). WHO/NHLBI, 1995 Global Initiative for Asthma (GINA). WHO/NHLBI, 1995

12 ASMA EM PAÍSES DE BAIXA RENDA 100 a 200 milhões de asmáticos 40 a 50 mil mortes 10 a 20 bilhões de dólares 100 a 200 milhões de asmáticos 40 a 50 mil mortes 10 a 20 bilhões de dólares UIATLD, 1996 PNCA

13 Custo médio das hospitalizações US$ 166, US$ 215, US$ 217, US$ 217, US$ 230,66 Custo médio das hospitalizações US$ 166, US$ 215, US$ 217, US$ 217, US$ 230,66 HOSPITALIZAÇÕES POR ASMA Brasil (SUS) hospitalizações - US$ (1993) hospitalizações - US$ (1994) hospitalizações - US$ (1995) hospitalizações - US$ (1996) hospitalizações - US$ (1997) Brasil (SUS) hospitalizações - US$ (1993) hospitalizações - US$ (1994) hospitalizações - US$ (1995) hospitalizações - US$ (1996) hospitalizações - US$ (1997)

14 Norte ,4% 4 o Nordeste ,3% 3 o Centro-Oeste ,9% 4 o Sudeste % 4 o Sul ,8% 3 o Brasil % 4 o Norte ,4% 4 o Nordeste ,3% 3 o Centro-Oeste ,9% 4 o Sudeste % 4 o Sul ,8% 3 o Brasil % 4 o HOSPITALIZAÇÃO POR ASMA BRASIL, 1996 Hisbello Campos Fonte: DATASUS* - Excluído CID-9 Região N o Proporção Classificação internações / CIDs* / CIDs*

15 N ,2%2 o N ,2%2 o NE ,6%3 o NE ,6%3 o CO ,8%3 o CO ,8%3 o SE ,8%8 o SE ,8%8 o S ,6%4 o S ,6%4 o Brasil ,8%3 o N ,2%2 o N ,2%2 o NE ,6%3 o NE ,6%3 o CO ,8%3 o CO ,8%3 o SE ,8%8 o SE ,8%8 o S ,6%4 o S ,6%4 o Brasil ,8%3 o CUSTO DAS HOSPITALIZAÇÕES POR ASMA SEGUNDO A REGIÃO GEOGRÁFICA SUS - BRASIL, 1996 Fonte: DATASUS. Região Gastos % gastos / Classif. Gastos / geográfica (000 US$) todos os gastos todos os gastos

16 Custo Asma – SUS -Belém-PA Custo Asma – SUS -Belém-PA n 2001 – R$ ,65 em internações n Mais da metade,com crianças <10 anos

17 Custo Asma – SUS -Belém-PA Custo Asma – SUS -Belém-PA n 2001 – Estimados R$ ,80 em consultas ambulatoriais n Não inclui O 2, medicação, material técnico, pagamento de pessoal, e demais custos

18 PLANO NACIONAL DE CONTROLE DA ASMA Coordenação Nacional de Contrôle de Doenças Endêmicas /SVS/MS PROPOSTA PNCA

19  Diagnóstico padronizado  Tratamento padronizado  Processo educacional padronizado  Medicação inalatória gratuita  Diagnóstico padronizado  Tratamento padronizado  Processo educacional padronizado  Medicação inalatória gratuita Oferecer atenção médica padronizada na rede pública ambulatorial de Saúde PLANO NACIONAL DE CONTROLE DA ASMA

20  Conscientização do problema Órgãos gestores, prof. Saúde, população  Tratamento padronizado na rotina das US Baseado em evidências  Definir indicadores  Reduzir absenteísmo - escola / trabalho  Reduzir mortalidade  Reduzir custos Serviços de Emergência, hospitalizações, pensões e benefícios  Conscientização do problema Órgãos gestores, prof. Saúde, população  Tratamento padronizado na rotina das US Baseado em evidências  Definir indicadores  Reduzir absenteísmo - escola / trabalho  Reduzir mortalidade  Reduzir custos Serviços de Emergência, hospitalizações, pensões e benefícios OBJETIVOS

21  Criar um Plano Nacional de Asma  Formar núcleos supervisores, aliados à Sociedades Médicas e Universidades, para implantação e acompanhamento das ações  Capacitar pessoal médico e paramédico  Padronizar / definir viabilidade financeira de uma farmácia básica  Identificar áreas e grupos prioritários  Desenvolver ações / materiais educativos  Fomentar pesquisas  Criar um Plano Nacional de Asma  Formar núcleos supervisores, aliados à Sociedades Médicas e Universidades, para implantação e acompanhamento das ações  Capacitar pessoal médico e paramédico  Padronizar / definir viabilidade financeira de uma farmácia básica  Identificar áreas e grupos prioritários  Desenvolver ações / materiais educativos  Fomentar pesquisas DIRETIZES ESTRATÉGICAS

22 ] Treinamento de prof. saúde ] Referência e contra-referência ] Padronização terapêutica ] Disponibilização dos remédios e insumos ] Treinamento de prof. saúde ] Referência e contra-referência ] Padronização terapêutica ] Disponibilização dos remédios e insumos ETAPAS DO PNCA

23 Redução dos atendimentos em UE Redução das hospitalizações Redução do consumo de O 2 / equip. neblz. Redução absenteísmo - escola / trabalho Redução dos custos com medicamentos Redução dos Óbitos Redução dos atendimentos em UE Redução das hospitalizações Redução do consumo de O 2 / equip. neblz. Redução absenteísmo - escola / trabalho Redução dos custos com medicamentos Redução dos Óbitos RESULTADOS ESPERADOS

24 MUITO OBRIGADO !


Carregar ppt "IV Congresso Brasileiro de Asma ] Asma. Qual a solução? - A macroeconomia da doença de um programa de tratamento."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google