A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Trabalho elaborado por: Daniela Prates Nº 5 8ºA Jéssica Pires Nº8 8ºA Melissa Prates Nº12 8ºA Mónica Serol Nº13 8ºA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Trabalho elaborado por: Daniela Prates Nº 5 8ºA Jéssica Pires Nº8 8ºA Melissa Prates Nº12 8ºA Mónica Serol Nº13 8ºA."— Transcrição da apresentação:

1 Trabalho elaborado por: Daniela Prates Nº 5 8ºA Jéssica Pires Nº8 8ºA Melissa Prates Nº12 8ºA Mónica Serol Nº13 8ºA

2 Aquecimento Global :  Aquecimento global refere-se ao aumento da temperatura média dos oceanos e do ar perto da superfície da Terra que se tem verificado nas décadas mais recentes e há possibilidade da sua continuação durante o corrente século. O fenómeno se manifesta como um problema na temperatura sobre as áreas populosas do Hemisfério Norte, entre Círculo Polar Árctico e Trópico de Câncer. O clima marítimo do Hemisfério Sul é mais estável; embora o aumento do nível médio do mar também o atinge. O clima marítimo depende da temperatura dos oceanos nos Trópicos; e este está em equilíbrio com a velocidade de evaporação da água, com a radiação solar que atinge a Terra e o Efeito Estufa (Albedo). oceanosEfeito EstufaAlbedooceanosEfeito EstufaAlbedo

3 Poluição:  Por poluição entende-se a introdução pelo homem, directa ou indirectamente de substâncias ou energia no ambiente, provocando um efeito negativo no seu equilíbrio, causando assim danos na saúde humana, nos seres vivos e no ecossistema ai presente. ambientesaúde humanaseres vivosecossistemaambientesaúde humanaseres vivosecossistema  Os agentes de poluição, normalmente designados por poluentes, podem ser de natureza química, genética, ou sob a forma de energia, como nos casos de luz, calor ou radiação. químicagenética energialuzcalorradiaçãoquímicagenética energialuzcalorradiação

4 Poluição e Aquecimento Global:

5 Terminologia:  O termo "aquecimento global" é um exemplo específico de mudança climática à escala global. O termo "mudança climática" também pode se referir ao esfriamento global. No uso comum, o termo se refere ao aquecimento ocorrido nas décadas recentes e subentende-se uma influência humana. A Convenção Quadro das Nações Unidas para Mudança do Clima (UNFCCC) usa o termo "mudança climática" para mudanças causadas pelo Homem, e "variabilidade climática" para outras mudanças.O termo "alteração climática antropogênica" é por vezes usado quando se fala em mudanças causadas pelo Homem. mudança climáticaesfriamento globalConvenção Quadro das Nações Unidas para Mudança do Clima mudança climáticaesfriamento globalConvenção Quadro das Nações Unidas para Mudança do Clima

6 Tipos de poluição:  Poluição do solo:  é causada pelos lixos que as pessoas deixam no chão da sua casa, da sua rua, do jardim da sua cidade, do pinhal ou das matas quando fazem um piquenique… da berma das estradas quando vão de carro e atiram lixo pela janela… e também nas praias, quando, no final de um agradável dia de Verão passado à beira-mar, regressam às suas casas mas deixaram os restos e os lixos na areia.  Poluição luminosa:  Em locais com muita luz nocturna, o céu fica coberto por uma enorme bolha luminosa, que nos impede de ver nitidamente as estrelas, luz essa tão forte que nos magoa a vista e nos faz ficar por vezes com dor de cabeça  Em locais com muita luz nocturna, o céu fica coberto por uma enorme bolha luminosa, que nos impede de ver nitidamente as estrelas, luz essa tão forte que nos magoa a vista e nos faz ficar por vezes com dor de cabeça.  À noite, numa cidade, o céu fica menos estrelado do que numa aldeia.  Isso deve-se à iluminação artificial, muitas vezes utilizada de forma incorrecta e que gera uma outra forma de poluição - a poluição luminosa.

7 Poluição do solo e Poluição Luminosa:

8 Poluição Global:  Os problemas de poluição global, como o efeito estufa, a diminuição da camada de ozono, as chuvas ácidas, a perda da biodiversidade, os dejectos lançados em rios e mares, entre outros materiais, nem sempre são observados, medidos ou mesmo sentidos pela população. efeito estufacamada de ozonochuvas ácidas biodiversidaderiosmarespopulaçãoefeito estufacamada de ozonochuvas ácidas biodiversidaderiosmarespopulação  A explicação para toda essa dificuldade reside no fato de se tratar de uma poluição cumulativa, cujos efeitos só são sentidos a longo prazo. Apesar disso, esses problemas têm merecido atenção especial no mundo inteiro; por estar multiplicando-se em curto tempo e com a certeza de um grande balanço em todos os seres vivos.

9 Consequências económicas  As consequências económicas e ecológicas da diminuição da camada de ozono, além de causar o aumento da incidência do câncer de pele, podem gerar o desaparecimento de espécies animais e vegetais e causar mutações genéticas. Mesmo havendo incertezas sobre a magnitude desse fenómeno, em 1984 foi assinado um acordo internacional para diminuir as fontes geradoras do problema (Protocolo de Montreal). camada de ozonoProtocolo de Montreal camada de ozonoProtocolo de Montreal

10 Poluição Global:

11 Chuvas Ácidas:  As consequências da chuva ácida para a população humana são económicas, sociais ou ambientais. Tais consequências são observáveis principalmente em grandes áreas urbanas, onde ocorrem patologias que afectam o sistema respiratório e sistema cardiovascular, e,além disso, causam destruição de edificações e monumentos, através da corrosão pela reacção com ácidos. Porém, nada impede que as consequências de tais chuvas cheguem a locais muito distantes do foco gerador, devido ao movimento das massas de ar, que são capazes de levar os poluentes para muito longe. Estima-se que as chuvas ácidas contribuam para a devastação de florestas e lagos, sobretudo aqueles situados nas zonas temperadas ácidas. chuva ácidapatologiassistema respiratóriosistema cardiovascularmassas de arflorestaslagoschuva ácidapatologiassistema respiratóriosistema cardiovascularmassas de arflorestaslagos

12 A Poluição e a perda de Biodiversidade:  Ao interferir nos habitats, a poluição pode levar a desequilíbrios que provocam a diminuição ou extinção dos elementos de uma espécie, causando uma perda da biodiversidade. As variações da temperatura da água do mar, levam a dificuldades da adaptação de certas espécies de peixes, é igualmente uma das causas da invasão de águas salinas em ambientes tradicionalmente de água doce, causando assim uma pressão adicional nesses ecossistemas, e potenciando a diminuição ou extinção das espécies até então ai presentes. habitats espéciehabitats espécie

13 Chuvas Ácidas e Poluição e a perda de biodiversidade:


Carregar ppt "Trabalho elaborado por: Daniela Prates Nº 5 8ºA Jéssica Pires Nº8 8ºA Melissa Prates Nº12 8ºA Mónica Serol Nº13 8ºA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google