A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ORAÇÃO INDÍGENA Ó, Grande Espírito, cuja voz ouço nos ventos, e cujo alento dá origem a toda a vida, ouça-me, sou pequeno e fraco, necessito de Sua força.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ORAÇÃO INDÍGENA Ó, Grande Espírito, cuja voz ouço nos ventos, e cujo alento dá origem a toda a vida, ouça-me, sou pequeno e fraco, necessito de Sua força."— Transcrição da apresentação:

1

2 ORAÇÃO INDÍGENA

3 Ó, Grande Espírito, cuja voz ouço nos ventos, e cujo alento dá origem a toda a vida, ouça-me, sou pequeno e fraco, necessito de Sua força e sabedoria.

4 Deixa-me andar na beleza. Faze meus olhos contemplarem sempre o vermelho e o púrpura do Pôr do Sol. Faze com que minhas mãos respeitem as coisas que criaste, e que meus ouvidos sejam aguçados para ouvir a Tua voz.

5 Faze-me sábio para que eu possa compreender as coisas que ensinaste ao meu povo. Deixa-me aprender as lições que escondeste em cada folha, em cada rocha. Busco força, não para ser maior que o meu irmão, mas para vencer o maior inimigo: eu mesmo.

6 Faze-me sempre pronto para chegar a Ti, com as mãos limpas e olhar firme, a fim de que, quando a vida se apague, como se apaga o poente, o meu espírito possa chegar a Ti sem se envergonhar. Ahow!

7 Créditos Oração Indígena Música: Shamboo Wokantonka - Oliver Shanti Imagens: Internet Criação: Arlete Funaro Amor e Luz Arlete Funaro 21/8/ :32


Carregar ppt "ORAÇÃO INDÍGENA Ó, Grande Espírito, cuja voz ouço nos ventos, e cujo alento dá origem a toda a vida, ouça-me, sou pequeno e fraco, necessito de Sua força."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google