A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Turismo – um poderoso motor de crescimento Boris Divjak Clima de Investimento IFC, Banco Mundial Fórum dos Economistas São Tomé e Príncipe Maio 2014.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Turismo – um poderoso motor de crescimento Boris Divjak Clima de Investimento IFC, Banco Mundial Fórum dos Economistas São Tomé e Príncipe Maio 2014."— Transcrição da apresentação:

1 1 Turismo – um poderoso motor de crescimento Boris Divjak Clima de Investimento IFC, Banco Mundial Fórum dos Economistas São Tomé e Príncipe Maio 2014

2 TURISMO TEM UM VASTO POTENCIAL EM STP Fórum dos Economistas: 2

3 3 T URISMO É UM P ODEROSO C RIADOR DE E MPREGO E M OTOR DE C RESCIMENTO E EM T ODO O M UNDO o 258 milhões de postos de trabalho (8.8% do emprego global) o US$ 6 trilhões em valor acrescentado (9.1% do PIB global) o US$ 1.1 trilhões de receitas com exportação (5.8% do total) o US$ 652 milhões de investimento (4.5% do total) o Crescimento anual de 4-5% desde 1950

4 4 U MA ACTIVIDADE ECONÓMICA IMPORTANTE PARA STP o Despesas de turismo: US$ 9.4 milhões em 2010 (5.4% do PIB) o Despesas médias por turista: US$ 1,175 o Contribuição directa de 3,500 postos de trabalho (4.6% do total) o Representa 40% as exportações totais de bens e serviços

5 ESTRUCTURA DO MERCADO DE TURISMO DE STP Fórum dos Economistas: 5

6 6 V ANTAGEM COMPARATIVA : RECURSOS NATURAIS E BENS CULTURAIS Recursos Naturais o Pequenas praias aninhadas o Vários ecossistemas diferentes, incluindo florestas tropicais o Parque Nacional de Obô: orquídeas, aves, e borboletas o Lagos cristalinos e cascatas Bens Culturais o Restos de arquitectura colonial portuguesa na capital de São Tomé o Roças em ambas as ilhas o Restos da rede ferroviária que liga as Roças o História de grupos étnicos de escravos

7 7 V ANTAGENS COMPETITIVAS o Segurança o Não-existência da malaria o Estabilidade política o Proximidade de importantes mercados emissores internacionais o Vasta oferta de hospedagem de padrão internacional o Receptividade da população local para o turismo o Relativamente boas condições de ambiente natural

8 POLÍTICA DE TURISMO DE STP Fórum dos Economistas: 8

9 9 O UTROS OBSTÁCULOS QUE LIMITAM O SECTOR o Limitado acesso aéreo (para e dentro do país) o Incapacidade do país em cumprir as normas de segurança aérea internacional o Limitação na oferta de serviços de saúde o Infra-estructuras deficientes e caras que resultam em preços mais altos o Sazonalidade relativamente elevada o Mão de obra com pouca experiencia o Número limitado de operadores turísticos e pacotes integrados o Fraca capacidade da DTH

10 10 C OMPARAÇÃO COM OUTROS PAÍSES NO SEU SECTOR DE CONCORRÊNCIA BotswanaSTPMaldivasRuandaSenegal Chegadas internacionais (milhares) Taxa de crescimento do turismo (chegadas) Contribuição RTI/ PIB (%) Receitas turismo internacional (% do total exportações) Quartos de hotel (2009)n/a Taxa de ocupação 50.3n/a83.9n/a34.59 Total população economicamente activa (000s) ,4505,276 Total Emprego em Turismo (directo + indirecto) (000s) 591.3n/a74154 Superfície (km2) 600, ,338196,190 População (000s) 1, , ,211.18

11 11 O G OVERNO ESTA A AGILIZAR O PROCESSO DE VISTO DE TURISMO o O sistema electrónico que vai permitir turistas a solicitar vistos on-line o Evita a necessidade de enviar o passaporte para os poucos consulados existentes o Vai reduzir o tempo de processamento e também o seu custo o No entanto, será importante considerar também a revisão da sua política de vistos para alguns mercados-chave O Processo de Mudança / Soluções Melhorar a prestação de informações Facilitar o processo de obtenção de vistos Instituir programas de eVisa Tratamento diferenciado para facilitar viagens turísticas Estabelecer acordos regionais

12 12 C OMO MODERNIZAR OS VISTOS EM S ÃO T OMÉ E P RÍNCIPE ♦ Acesso à informação Melhorar o atendimento ao cliente e comunicação – externamente Aumentar o compartilhamento de informações dentro do Governo ♦ Aproveitar a internet para fornecer informações aos clientes ♦ Reduzir os requisitos de documentação e entrevista (on-site e on-line) ♦ Aumentar a capacidade de processamento de vistos on-site: instalações de imigração, especialmente Aeroporto Internat. de São Tomé Direcção de Migração e Fronteira – backoffice ♦ Melhioria de eVisaST -> sistema e-visto proprio ♦ Estender os prazos e limites de validade dos vistos ♦ Iniciar programa de isenção de visto para os nacionais selecionados (expandir além de Angola; por exemplo: os países da UE, EUA, CPLP e outros clientes turísticas importantes) ♦ Permitir chegada sem visto para os titulares de um visto emitido por um país terceiro (por exemplo, portadores de visto Schengen) ♦ Emitir vistos na chegada, isenções de visto para cruzadores, cartões turísticos Curto prazo Longo prazo

13 O CAMINHO A SEGUIR Fórum dos Economistas: 13

14 14 M ELHORIA E DIVERSIFICAÇÃO DAS LIGAÇÕES AÉREAS DE STP COM OS PRINCIPAIS MERCADOS EMISSORES Prioridades o Melhorar a capacidade de cumprir as normas de segurança o Melhorar a infra-estructura no aeroporto o Realizar análise de custo-benefício para avaliar a escala dos incentivos necessários para estimular novos serviços aéreos

15 15 D ESENVOLVIMENTO DE PRODUCTO Prioridades o Focalizar em productos naturais e culturais o Desenvolver productos que incorporam o povo de STP o Modernizar e promover melhor algumas instalações existentes o Desenvolver as roças utilizando o modelo de Parques Nacionais

16 16 R OÇAS - O TESOURO ÚNICO Operador Privado Sub-locatário Fundo Comunitário Locatário & Promotor Autoridade de Gestão da Área Protegida Locador Agência pública de conservação: Foco na perícia ambiental Gestor da área protegida Fornece o conjunto da infraestrutura Optimiza a criação de receitas Fundo Comunitário: Estrutura representativa e& legalmente estável Arrendamento de 45 anos Proposto através de “consultas ao mercado” dirigidas Instrumento de financiamento & desenvolvimento Gere as sub-locações Distribui os benefícios aos associados Parceiro operador privado: Sub-locação de 10 a 15 anos Fornece móveis, utensílios, equipamentos e capital de giro Capacidade e experiência comprovadas Selecçionado por concurso Sujeito a obrigações de apropriação Devolvido após 15 anos


Carregar ppt "1 Turismo – um poderoso motor de crescimento Boris Divjak Clima de Investimento IFC, Banco Mundial Fórum dos Economistas São Tomé e Príncipe Maio 2014."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google