A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Mass Communication Research A Teoria Hipodérmica Introdução à Comunicação Catarina Duff Burnay 2013.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Mass Communication Research A Teoria Hipodérmica Introdução à Comunicação Catarina Duff Burnay 2013."— Transcrição da apresentação:

1 Mass Communication Research A Teoria Hipodérmica Introdução à Comunicação Catarina Duff Burnay 2013

2 Mass Communication Research – Teoria Hipodérmica Introdução à Comunicação  Sociedade de Massas:  Indivíduos isolados psicologicamente;  Impessoalidade das interacções;  Não exigência de obrigações sociais.

3 Mass Communication Research – Teoria Hipodérmica Introdução à Comunicação  Século XX:  Duas Guerras Mundiais (14/18; 39/45)  Crise Financeira 1929 Relações Públicas e Propaganda

4 Mass Communication Research – Teoria Hipodérmica Introdução à Comunicação  Franklin Delano Roosevelt (1933):  New Deal Tensão nas relações entre partidos, Congresso e Media Opinião Pública

5 Mass Communication Research – Teoria Hipodérmica Introdução à Comunicação  1937 – Public Opinion Quarterly  1940 – Mass Communication Research

6 Mass Communication Research – Teoria Hipodérmica Introdução à Comunicação  A história de Atrocidades foi um grande factor na propaganda inglesa. A maioria era engolida por um público confiante. Teriam estado menos dispostos a aceitar as histórias sobre atrocidades alemãs se tivessem assistido ao nascimento da mais lúgubre história de atrocidade na sede do Departamento de Informação britânico durante a Primavera de 1917.

7 Mass Communication Research – Teoria Hipodérmica Introdução à Comunicação  O general da brigada J. V. Charteris (...) comparava duas fotografias apreendidas com alemães. A primeira era uma reprodução vivida de uma cena horrível, mostrando os cadáveres de soldados alemães sendo arrastados para serem enterrados atrás da linha da frente.

8 Mass Communication Research – Teoria Hipodérmica Introdução à Comunicação  A segunda mostrava cavalos mortos a caminho da fábrica onde a engenhosidade alemã extraía sabão e óleo das suas carcaças. A inspiração para mudar as legendas das duas imagens acudiu ao General Charteris como um relâmpago.

9 Mass Communication Research – Teoria Hipodérmica Introdução à Comunicação  (...) habilmente, o general usou a tesoura e colocou a legenda “Cadáveres Alemães a Caminho da Fábrica de Sabão” em baixo dos soldados alemães mortos. Dali a 24 horas, a fotografia estava na mala do correio para Xangai.

10 Mass Communication Research – Teoria Hipodérmica Introdução à Comunicação  O general Charteris despachou a fotografia para a China a fim de revoltar a opinião pública contra os alemães. A reverência dos chineses para com os mortos alcança as raias da adoração. A profanação dos mortos atribuída aos alemães foi um dos factores responsáveis pela declaração chinesa de guerra contra as potências centrais.

11 Mass Communication Research – Teoria Hipodérmica Introdução à Comunicação  Partia-se da ideia de que cada indivíduo era atingido pelas mensagens e que todos a percebiam da mesma forma, provocando uma reação mais ou menos uniforme.

12 Mass Communication Research – Teoria Hipodérmica Introdução à Comunicação  Mass Communication Research  Herança de tradições conservadoras europeias desenvolvidas no final do século XIX, princípio do século XX:  Gustave Le Bon ( )  Jean-Gabriel Tarde ( )  Charles Horton Cooley ( )  (...)

13 Mass Communication Research – Teoria Hipodérmica Introdução à Comunicação  Mass Communication Research  Herança de tradições conservadoras europeias desenvolvidas no final do século XIX, princípio do século XX:  (...)  Ivan Petrovich Pavlov ( )  Georg Simmel ( )  William McDougall ( )  John Broadus Watson ( )

14 Mass Communication Research – Teoria Hipodérmica Introdução à Comunicação  Mass Communication Research  Teoria da Agulha Hipodérmica ou  Formulação das Balas Mágicas ou  Teoria dos Efeitos Directos e Ilimitados  Trata-se de uma teoria não científica baseada em sentimentos e não em conhecimentos empiricamente verificados.

15 Mass Communication Research – Teoria Hipodérmica Introdução à Comunicação  Desenvolvimento do Cinema:  Necessidade de estudos sobre a influência nos indivíduos, em especial, nas crianças.  Entre 1929 e 1932 são realizados 13 estudos apoiados pela Payne Fund.  Análise de Conteúdo  Composição das Audiências  Efeitos

16 Mass Communication Research – Teoria Hipodérmica Introdução à Comunicação  Conclusões:  Em média, as crianças vão uma vez por semana ao cinema.  Trata-se de uma experiência multi-sensorial.  Tem efeitos negativos.  LEGADO DO MEDO

17 Mass Communication Research – Teoria Hipodérmica Introdução à Comunicação  LEGADO DO MEDO:  1938: A Guerra dos Mundos por Orson Wells.  Criada uma comissão de inquérito  The Invasion from Mars, a Study in the Psychology of Panic (1940) editado por Hadley Cantril ( ).

18 Mass Communication Research – Teoria Hipodérmica Introdução à Comunicação  LEGADO DO MEDO:  1938: A Guerra dos Mundos por Orson Wells.  Inconsistências com o modelo estímulo- resposta e com a Teoria Hipodérmica.  PORQUÊ?

19 Mass Communication Research – Teoria Hipodérmica Introdução à Comunicação  LEGADO DO MEDO:  1938: A Guerra dos Mundos por Orson Wells.  Necessidade de introduzir alterações na teoria  Modelo Psicodinâmico (Cantril, 1940).

20 Mass Communication Research – Teoria Hipodérmica Introdução à Comunicação  Harold D. Lasswell ( ):  Propaganda Technique in World War (1927) – interesse pelo estudo da PROPAGANDA.  1) mobilizar o ódio contra o inimigo;  2) manter a amizade com os aliados;  3) procurar a cooperação dos que se mantém neutros;  4) desmoralizar o inimigo.

21 Mass Communication Research – Teoria Hipodérmica Introdução à Comunicação  Harold D. Lasswell ( ): Processo de Comunicação 1) vigilância do meio, que revela tudo o que pode ameaçar o sistema de valores instituido; 2) relação entre os diversos componentes ou forças da sociedade para produzir uma resposta ao meio; 3) a transmissão de herança social.

22 Mass Communication Research – Teoria Hipodérmica Introdução à Comunicação  Harold D. Lasswell ( )  The Structure and Function of Communication in Society (1948):  «Uma forma adequada para desenvolver um acto de comunicação é responder às seguintes perguntas: Quem, diz o quê, em que canal, a quem, com que efeito?  O estudo científico do processo comunicativo tende a concentrar-se em uma ou outra destas interrogações».

23 Mass Communication Research – Teoria Hipodérmica Introdução à Comunicação  Harold D. Lasswell ( )  The Structure and Function of Communication in Society (1948):  Quem – comunicador/emissor – estudos de controlo  Diz o quê – mensagem – análise de conteúdo  Em que canal – meio – análise do meio

24 Mass Communication Research – Teoria Hipodérmica Introdução à Comunicação  Harold D. Lasswell ( )  The Structure and Function of Communication in Society (1948):  A quem – receptor – estudo de audiências  Com que efeito – efeito – análise dos efeitos

25 Mass Communication Research – Teoria Hipodérmica Introdução à Comunicação  Harold D. Lasswell ( )  Desenvolvimento – Braddock (1958):  Em que circunstâncias se dá a comunicação.  Quais os objectivos.

26 Mass Communication Research – Teoria Hipodérmica Introdução à Comunicação  Harold D. Lasswell ( )  Críticas:  Tendência para o exagero dos efeitos;  Ao compartimentar os elementos do acto de comunicação é impossível perceber os efeitos.

27 Mass Communication Research – Teoria Hipodérmica Introdução à Comunicação  Harold D. Lasswell ( )  Críticas:  Parte-se do princípio que o emissor tem a intenção de influenciar.  Assume-se que a mensagem tem sempre efeito.  Ausência de feedback.

28 Mass Communication Research – Teoria Hipodérmica Introdução à Comunicação  Bibliografia:  DeFleur, M., Ball-Rokeach, S. (1993) Teorias da Comunicação de Massa, Rio de Janeiro, Jorge Zahar Editor.  Mattelart, A. e M. (1997) História das Teorias da Comunicação, Porto, Campo das Letras.  Wolf, M. (1995) Teorias da Comunicação, Lisboa, Editorial Presençaa.


Carregar ppt "Mass Communication Research A Teoria Hipodérmica Introdução à Comunicação Catarina Duff Burnay 2013."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google