A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

INVESTIMENTOS Empreendedorismo Prof° Carlos Augusto.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "INVESTIMENTOS Empreendedorismo Prof° Carlos Augusto."— Transcrição da apresentação:

1 INVESTIMENTOS Empreendedorismo Prof° Carlos Augusto

2 O que é INVESTIR? Investir é o ato de aplicar dinheiro com a intenção dele render juros ou outra forma de remuneração ou correção! (aumentar o dinheiro)

3 O que é POUPAR? Poupar é acumular valores no presente para utilizá-los no futuro, o que geralmente envolve mudança de hábitos, pois requer uma redução nos gastos pessoais e familiares. Reduzir despesas pode significar desde simples cuidados para evitar o desperdício até o esforço, por vezes árduo, no sentido de conter gastos.

4 Além disso, poupar exige a avaliação objetiva das despesas, a fixação de metas e, principalmente, muita persistência, a fim de manter-se economizando pelo tempo necessário até que sejam alcançados os objetivos que motivaram a poupança.

5 POUPAR é diferente de INVESTIR? O investimento é tão importante quanto a poupança, pois todo o esforço de cortar gastos pode ser desperdiçado quando mal investido. Ainda que a maioria das pessoas esteja acostumada a pesquisar e comparar preços de bens e serviços, isso nem sempre acontece quando o objetivo é escolher serviços financeiros.

6 Quando se trata de finanças, tendemos confiar mais na opinião de amigos e familiares do que em conselhos de profissionais especializados. Isso se deve, em parte, à escassez de informações sobre as características dos investimentos, mas também ao fato de que há opções demais a considerar e comparar. Quando se tem muitas alternativas, a tendência é simplificar o processo de decisão, apoiando-se em opiniões e dicas nem sempre técnicas.

7 Poupar e investir são duas atitudes relacionadas. Sem poupança, é muito difícil acumular recursos para realizar investimentos. Por outro lado, um investimento inadequado ao perfil do investidor pode resultar em prejuízos e, assim, comprometer os recursos poupados.

8 Todo investimento tem risco? É comum o investidor prestar mais atenção à promessa de do que às chances de perda do que foi aplicado. É comum o investidor prestar mais atenção à promessa de rentabilidade do que às chances de perda do que foi aplicado. rentabilidade Mas acredite: NÃO HÁ INVESTIMENTO SEM RISCO!

9 Tipos de Investimentos RENDA FIXA Ao investir seus recursos em um título de renda fixa, seja ele emitido pelo governo ou por uma empresa privada, você está emprestando a quantia investida ao emissor do título para, em troca, depois de um certo período, receber o valor aplicado (denominado "principal"), acrescido de juros pagos como forma de remuneração de seu empréstimo.

10 Tipos de Investimentos RENDA FIXA MAIS COMUM: Caderneta de Poupança

11 Tipos de Investimentos RENDA VARIÁVEL Nos investimentos em títulos de renda variável, o investidor não tem como saber, previamente, qual será a rentabilidade da aplicação. Porém, se a escolha for feita com critério, diante de opções bem avaliadas e com diversificação dos investimentos, a aplicação em renda variável poderá proporcionar ao investidor um retorno maior do que o obtido em aplicações de renda fixa.

12 Tipos de Investimentos RENDA VARIÁVEL MAIS COMUM: Ações


Carregar ppt "INVESTIMENTOS Empreendedorismo Prof° Carlos Augusto."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google