A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

16º Curso Ab-Initio Turma A Fev 10 Transístor. 16º Curso Ab-Initio Turma A Fev 10 Transístor Constituição –dois díodos de junção PN uma polarizada directamente.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "16º Curso Ab-Initio Turma A Fev 10 Transístor. 16º Curso Ab-Initio Turma A Fev 10 Transístor Constituição –dois díodos de junção PN uma polarizada directamente."— Transcrição da apresentação:

1 16º Curso Ab-Initio Turma A Fev 10 Transístor

2 16º Curso Ab-Initio Turma A Fev 10 Transístor Constituição –dois díodos de junção PN uma polarizada directamente outra inversamente –consoante a união temos PNP NPN Polarização directa Polarização inversa Corrente elevada Corrente baixa

3 16º Curso Ab-Initio Turma A Fev 10 Transístor Polarização directa Polarização inversa EmissorBaseColector EmissorBaseColector Polarização directa Polarização inversa EmissorBaseColector Neg Pos Neg Pos

4 16º Curso Ab-Initio Turma A Fev 10 Transístor Emissor –emitir portadores de corrente maioritários e - no transístor NPN lacuna no transístor PNP –estes quando deixam o emissor, são forçados, através da secção da base, no sentido do colector –mais dopada do que o colector Base –espessura extremamente pequena em comparação com o colector e emissor –duas junções: emissor-base base-colector

5 16º Curso Ab-Initio Turma A Fev 10 Transístor Colector –receber os portadores de corrente (e - ou lacunas) da secção emissora Emissor Base Colector

6 16º Curso Ab-Initio Turma A Fev 10 Transístor NPN NPN - “não pica na placa” junção emissor-base polarizada directamente junção base-colector polarizada inversamente Polarização directa Polarização inversa EmissorBaseColector Neg Pos

7 16º Curso Ab-Initio Turma A Fev 10 Transístor NPN A maioria dos electrões são forçados através da secção da base Emissor BaseColector Alguns electrões vão para a base Bateria de polarização (0,1V) Bateria de colector (6V) Alta velocidade 97% passam do emissor para o colector Os e - são solicitados por duas forças de atracção

8 16º Curso Ab-Initio Turma A Fev 10 corrente de base –pequena corrente do colector –cada e- que sai do colector é substituído por um do emissor, cada um do emissor é substituído por um da bateria de polarização –fluxo contínuo de corrente a bateria de polarização controla a quantidade de corrente do colector –a um pequeno aumento da tensão da bateria de polarização dará origem a que mais e - deixem o emissor e produzam uma corrente de colector maior –esta bateria pode ser substituída por uma rede divisora de tensão ou por uma tensão de sinal a tensão de sinal controla o funcionamento da junção emissor-base pol. direct. e produz sinal amplificado no circuito do colector. Transístor NPN

9 16º Curso Ab-Initio Turma A Fev 10 Transístor PNP PNP - “pica na placa” junção emissor-base polarizada directamente junção base-colector polarizada inversamente Polarização inversa Polarização directa EmissorBaseColector Neg Pos

10 16º Curso Ab-Initio Turma A Fev 10 Transístor PNP A maioria das lacunas são forçados através da secção da base Emissor BaseColector Algumas lacunas vão para a base Bateria de polarização Bateria de colector A polarização directa da junção E-B faz com que as lacunas sejam aceleradas para a base Os portadores maioritários são as lacunas Os e - passam do circuito externo para o colector e daí para o emissor.

11 16º Curso Ab-Initio Turma A Fev 10 devido à polarização directa da junção emissor-base as lacunas são aceleradas para a base. A maioria da lacunas trespassam a base, e entram no colector uma vez no colector, são preenchidas por electrões provenientes do terminal negativo da bateria do colector estes e - deslocam-se no cristal em direcção ao emissor alguns e - da bateria de polarização entram na base e combinam-se com as lacunas, reduzindo deste modo as lacunas que penetram em direcção ao colector Transístor PNP

12 16º Curso Ab-Initio Turma A Fev 10 Os e - do emissor são atraídos para o terminal positivo da bateria de polarização cada e - que passa do emissor para a bateria de polarização, deixa uma lacuna as lacunas deslocam-se para o colector, atravessando a base uma vez no colector, estas combinam-se com os e - que entram no colector. tal como no transístor NPN, podemos aplicar uma pequena tensão de sinal em lugar da bateria de polarização, com o intuito de produzir sinal amplificado na saída do colector. Transístor PNP

13 16º Curso Ab-Initio Turma A Fev 10 Transístor Fluxo de electrões  Fluxo de electrões EmissorBaseColector Fluxo de electrões.. Emissor BaseColector Neg Pos Neg Pos

14 16º Curso Ab-Initio Turma A Fev 10 Transístor


Carregar ppt "16º Curso Ab-Initio Turma A Fev 10 Transístor. 16º Curso Ab-Initio Turma A Fev 10 Transístor Constituição –dois díodos de junção PN uma polarizada directamente."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google