A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Dermatoses Vasculares Luiz Henrique Alves. Dermatoses Vasculares Síndrome dos dedos azuis Livedo reticular Acrocianose Eritromelalgia Raynaud Eritema.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Dermatoses Vasculares Luiz Henrique Alves. Dermatoses Vasculares Síndrome dos dedos azuis Livedo reticular Acrocianose Eritromelalgia Raynaud Eritema."— Transcrição da apresentação:

1 Dermatoses Vasculares Luiz Henrique Alves

2 Dermatoses Vasculares Síndrome dos dedos azuis Livedo reticular Acrocianose Eritromelalgia Raynaud Eritema Pérnio Atrofia branca de Milian Tromboangeíte obliterante Papulose atrófica maligna Tromboflebite Síndrome do Ac. Antifosfolipídico

3 Síndrome dos Dedos Azuis Conceito – coloração e dor Elevação do membro Fisiopatologia: -Fluxo arterial -Escoamento venoso Tromboembolismo Tratamento – causa base

4 Acrocianose Vasoespasmo arteríolas Vasodilatação plexo venoso Coloração persistente Idiopática - maioria Secundária -Autoimunes -Neoplasias -Intoxicação -Distúrbios alimentares -Neuropsiquiátricas -Drogas (interferon alfa) Tratamento

5 Livedo Reticular Trama cianótica Fluxo sanguíneo lento 4 tipos: -Fisiológico -Idiopático -Congênito -Secundário Tratamento Síndrome de Sneddon

6 Eritromelalgia Eritematosas e dolorosas Vasodilatação paroxística Após aquecimento Minutos a horas Idiopática Pródromo (LES, Esc, AR) Intoxicação (Me, Ar, Ta) Tratamento (Comp, analg, Simp)

7 Fenômeno de Raynaud Palidez e entorpecimento Espasmo vascular (capilares e arteríolas) Mulheres jovens Térmicos ou emocionais Idiopática (menos comum - 20%) Colagenoses, traumas, vasculites. Tratamento

8 Eritema Pérnio Ambiente frio e úmido Inverno e primavera Vasoconstrição arteríolas Vasodilatação veias Úlceras, bolhas Susceptíveis -Má nutrição -Lupus -História familiar Tratamento -Nifedipino -Anlodipino e UVB -simpatectomia

9 Atrofia Branca de Milian Mulheres jovens Causa desconhecida Idiopática ou secundária Insuf. Venosa e Varizes Quadro Patogenia – hipert. capilar Tratamento – AAS, dipiridamol

10

11 Tromboangeíte Obliterante Vascular oclusiva Exclusivamente adultos jovens – masculino Tabagismo Claudicação intermitente Palidez, sensibilidade ao frio, diminuição de pulsos. Tratamento

12 Papulose Atrófica Maligna Rara, desconhecida Pele e outros órgãos (SNC, TGI) Necrose isquêmica Artérias de pequeno e médio calibre (oclusão) Trombo microvascular Quadro Tratamento – AAS, Pentoxifilina, anti-plaquet. Ineficaz

13 Papulose Atrófica Maligna

14 Tromboflebite Superficial Fisiopatologia Pródromo – colagenoses, neoplasias, arteriopatias Safena – nódulos, dor, edema do membro. Tratamento – AINE, anticoagulação (complicações)

15 Síndrome dos Antic. Antifosfolípides (SAF) Trombose Abortamentos Trombocitopenia Primária (idiopática) Secundária -Doenças pré-existentes -Neoplasias -Infecções -Drogas: clorpromazina, hidralazina, fenitoína, procainamida, cocaína.

16 Síndrome dos Antic. Antifosfolípides (SAF) Manifestações Cutâneas -Livedo – Trombose de pequenos vasos. Mais comum. -Tromboflebites superficiais, úlceras, necroses, cianose. -Doença de Degos

17 Síndrome dos Antic. Antifosfolípides (SAF) - Diagnóstico 1. Critérios clínicos Trombose vascular: um ou mais episódios de trombose arterial, venosa ou de pequenos vasos Complicações da gestação (Pré-Eclâmpsia, retardo do crescimento intra-uterino e síndrome HELLP) Uma ou mais mortes de fetos morfologicamente normais com 10 semanas ou mais de gestação ou Um ou mais partos prematuros de recém-nascidos morfologicamente normais com 34 semanas ou menos ou Três ou mais abortamentos inexplicados consecutivos antes de 10 semanas de gestação 2. Critérios laboratoriais Anticorpos anticardiolipinas, IgG ou IgM em níveis moderados ou altos em duas ou mais medidas com pelo menos 6 semanas de intervalo Anticorpos anticuagulante lúpico em duas ou mais ocasiões com pelo menos 6 semanas de intervalo Anticorpos B2-glicoprotéina I (apolipoproteína H) em duas ou mais ocasiões com pelo menos 6 semanas de intervalo

18 Síndrome dos Antic. Antifosfolípides (SAF) Tratamento -Profilático em pacientes sem clínica -AAS em baixas doses -Hidroxicloroquina -Heparina ou Cumarínicos

19 Obrigado!!


Carregar ppt "Dermatoses Vasculares Luiz Henrique Alves. Dermatoses Vasculares Síndrome dos dedos azuis Livedo reticular Acrocianose Eritromelalgia Raynaud Eritema."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google